Artista com o Mal de Alzheimer faz seu autorretrato até esquecer como desenha

Artista com o Mal de Alzheimer faz seu autorretrato até esquecer como desenha

Esta é uma história triste de um homem que sofria do mal de Alzheimer.
Quando o artista norte-americano William Utermohlen foi diagnosticado com o mal de Alzheimer, em 1995, ele decidiu fazer o melhor uso do seu tempo e da memória que se tornaria progressivamente limitada. Ele começou a usar sua arte para compreender-se melhor. Assim, por cinco anos, ele desenhou autorretratos antes que finalmente ele se esquecesse completamente como desenhar.

O resultado de seu experimento artístico é um soco no estômago.