Tinta que fica acesa no escuro por 12 anos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Eu já tinha postado isso aqui faz uns dois ou três anos, mas precisei achar o post e não achei. Então resolvi re-postar este troço, porque ele é muito interessante mesmo.

Um sujeito inventou um jeito de criar uma tinta que brilha no escuro. Até aí nada de anormal, tintas à base de fósforo são tão antigas quanto aqueles star fix no teto do seu quarto quando você era guri. Só que esta tinta do maluco tem um diferencial. As tintas que existem à base de fósforo funcionam armazenando energia luminosa e liberando aos poucos. Com tempo, eles apagam. Em geral uma “carga” funciona para mais ou menos de três a seis horas. Só que esta tinta aqui, o sujeito conseguiu encapsular um produto que reage quimicamente gerando luz de modo constante por um longo tempo. Isso significa que a tinta dele brilha direto, com um brilho fortão e não precisa de luz do sol para funcionar. E isso fica assim por doze anos. A tinta é baseada em microcápsulas que eles chamaram de litrospheres. Não precisa de energia para funcionar. As microcapsulas que contém o material, resistem a uma pressão de 5 toneladas sem se romper. E vem em varias cores:

Além do mais, a tinta é bem baratinha. Ela é vendida em pó e em tinta de modo que pode ser usada para a injeção de moldes, produzindo peças totalmente luminosas.

A empresa do cara que fabrica isso se chama MPK co. Decorrente do material o sujeito desenvolveu uma idéia é que usar uma camada desta tinha num filme de plastico colado sobre uma placa de captação de energia fotovoltaica. O resultado é uma placa que produz energia continuamente por 12 anos. O invento tem potencial para economizar bilhões de dólares em energia.

Com esta idéia, ele abocanhou o primeiro prêmio de inovação da NASA de 2007. O sistema que faz a tinta funcionar não é radioativo. fonte

O material tem um potencial absurdo, mas é praticamente desconhecido.  Acredito que ele tenha uma excelente aplicação em pinturas de segurança para motociclistas, sinalização automotiva e também para demarcar rotas de fuga.

Já comprei para testar e ver se dá certo. Se der, eu posto aqui o que achei.

Fonte

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

45 respostas

      1. Aluguei um galpao para um pessoal que esta montando uma fabrica de tinta fotovoltaica aqui em Santa Catarina. Me disseram que é nanotecnologia, é tudo o que sei.

    1. A amostra que eu comprei foi azul e verde. 28g cada. 7 dolares cada. Mais com o envio e etc deu 50 reais. A finalidade é testar um projeto. Se der certo vou tentar convencer o pessoal a usar uma pintura assim na lateral do Maglev Cobra e na parte de sinalização.

  1. Poxa Philipe, essa coisa é absurdamente legal…
    se a historia de usar par gerar energia for real dispensamos as usinas hidreletricas, termeletricas, nucleares, eolicas, ou qualquer outro tipo…
    ja pensou?
    é só enfileirar placas e mais placas de celulas fotovoltáicas e passar a tinta nelas.
    pronto!
    usinas portáteis.
    muito bom

    1. certamente, a quantidade de energia produzida pelos paineis com litroesferas e baixo. Mas os caras vao aperfeicoar isso. Se pensarmos que em alguns anos teremos notebooks operando com processadores magneticos, que consomem absurdamente menos energia que os eletricos atuais, com telas de oled que nao consomem energia quando mostram imagens estaticas, sera possivel conseguir notebooks que passam decadas sem precisar recarregar.

      1. acho que voce ja escreveu sobre essa telas de oled ne? aquelas telas que podem ser gigantescas e finissimas?

        deve ser legal se fizerem celulares tambem assim pois é um saco quando se esquece de carregar e eles morrem quando mais precisamos… imagina a mensagem na tela, “voce so tem 2 meses de carga´´ vai ser divertido…

  2. Kling, seus posts são muito show.

    E a parte admirável disso são as aplicações voltadas para a melhoria das massas, tipo, você vê as idéias, e bola um modo de elas serem aplicadas pro povão. Parabéns.

    Se der certo, me avisa. Quero pintar o teto da minha casa e nunca mais pagar eletricidade. eheheheheh…

  3. caraa muito manero ! 50reias 28g do po da tinta

    poxa deve nem dar pra pintar mt com isso

    tomara q viabilizem logo essa tinta =D

    muito muito manera

    flw philipe

      1. Cara, mas nao eh soh amostra nao, esse poh deve ser diluido ou misturado com alguma coisa, eles vendem por KG no site, vou perguntar pra algum pintor profissional como eh que se faz.

        Tava pensando em pintar a lona que uso pra acampar, ai nao precisaria de iluminacao! hahaahha

        E tem N finalidades isso ai!

      2. Desculpe a ignorância (absurda :argh: ), mas como você fara tinta a partir do pó? eu gostei demais da idéia, e faz um tempo estava pensando em comprar luz negra e caneta reagente, mas com esse pó, que pode virar tinta, sai o mesmo preço e é colorido.

  4. :love: D: :gasp: :argh: 😐 :$ :B 😎 :*( :curious: x_x :gasp: =D :happy: :/ 😀 :injured: 😆 :lol2: :love: :X :meh: O_o :ohhyeahh: D: :omg: :raisebrow: 😛 🙁 0_0 :shocked: :sly: 🙂 :] ;] :worry: :wow:

    1. No caso a tal tinta que fica acesa indefinidamente eles não me mandaram. Disseram que estava enrolado com o lance de patentes e não tinha entrado em produção ainda, mas me mandaram dois pós, um azul e um verde que são impressionantes! Brilham, MUITO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.