A velha de 101 anos chifruda e seus amigos

O Diones deu a dica e eu fui conferir. Acredite se quiser, na China tem uma velha com um chifre na testa. E ela tem 101 anos de idade. Veja só as fotos:

Reginaldo Rossi estava certo. Cedo ou tarde o chifre aparece…

%name A velha de 101 anos chifruda e seus amigos
A idosa, chamada Zhang Ruifang, vive no pequeno povoado de Linlou. A protuberância  apareceu no ano passado, e desde então vem crescendo, chegando aos seis centímetros atuais. O chifre parece o de uma cabra, como destaca o jornal.

O chifre, formado por queratina (substância encontrada nos pelos e as unhas humanas) não causa dor ou problemas à idosa, embora alguns vizinhos tenham dito que o fenômeno “dá medo”.

Zhang, que não se importa com esses temores, sai todos os dias para passear e realiza alguns trabalhos domésticos. Ela vive com a família de um de seus sete filhos.

As imagens da chinesa ganharam destaque em muitos veículos de imprensa de todo o mundo, especialmente na imprensa britânica, onde foi destacado que este tipo de protuberância é um tumor benigno que costuma aparecer com frequência em pessoas de idade avançada, embora muito raramente alcance tamanho tão grande.

Uma protuberância similar está aparecendo no lado direito da testa da mulher, também de cor negra, embora por enquanto tenha tamanho muito menor, e o aspecto de uma simples pinta. fonte

Mas o mais bizarro é que este não é o único caso não… Existem outros.

Esta aqui é Madame Dimanche fonte

%name A velha de 101 anos chifruda e seus amigos

Uma mulher francesa que viveu em Paris no início do século 19 e aos 76 anos desenvolveu um chifre de 9,8 polegadas na cabeça.

Na própria China existe outra velha com um belo dum chifre na testa. Olha só que bizarro:
%name A velha de 101 anos chifruda e seus amigos

Desde 2003 a senhora Xiou Ling de 95 anos, da província de Zhanjiang, no sul da China tem um belo corno de 12 cm!

fonte

O mais famoso chifrudo da história também era chinês. Ele já morreu, mas um boneco de cera dele ilustra o que era o corno do maluco. Saca só:

%name A velha de 101 anos chifruda e seus amigos

Ele foi registrado em fotos por Robert Ripley na década de 20, o cara que criou o museu do “Acredite se Quiser”. O cara era chamado de “o Homem unicórnio”.

E fora deste tem outro velho chifrido. Dessa vez no Yêmen. Ele se chama Saleh Talib Saleh e tem um baita chifrão na cabeça. Curiosamente o velho também já passou dos 45 do segundo tempo, com 102 anos de idade. Quando o chifre começou a crescer ele tinha 77 anos de idade. Ele acredita que o chifre simbolize uma espécie de bênção divina.

fonte

Há também um velho de 88 anos de Zheng Zou na China, que possui um chifrinho curioso:
%name A velha de 101 anos chifruda e seus amigosfonte

Fora este existe também um outro chinês, que tem um chifre respeitável bem no cocuruto.

 

%name A velha de 101 anos chifruda e seus amigosEmbora todo mundo pense que o resultado dessas deformidades é produto do sobrenatural, isso é explicado pela medicina. Obviamente que humanos não tem chifres na literalidade da palavra. Isso embora pareça ser chifre é doença. Chama-se hiperplasia do córtex. Na maioria dos casos trata-se de um crescimento anormal dos ossos do crânio. A maioria das pessoas corta fora essas protuberâncias e vivem normalmente.

O mais assustador é que esta anomalia pode acontecer com qualquer um. Até com você. Assim, quando um amigo brincar dizendo que chifre não existe, que chifre é coisa que botaram na sua cabeça, manda este link pra ele ver que existem pessoas com “chifres”.

Artigos relacionados

Comments

comments

11 comentários em “A velha de 101 anos chifruda e seus amigos”

  1. Curioso,mais num sei naum………….
    ja parou pra pensar q todos eles são chineses. :/
    e pesquisei no google e……… nada.imagens,videos,textos….nada.

    sei la. :raisebrow:

  2. Pô sacanagem… huahauhuhauha pensei que tinha cinseguindo escrever um post que não tinha igual… Não achei a foto desse coroa no museu de cera. apesar de termos escrito sobre o mesmo assunto, de dou os parabéns assim mesmo. x_x 😆

  3. Meu tio-avô começou a desenvolver um chifre desses na testa. Só que os médicos acharam melhor remover. Não sei a que tamanho teria chegado, mas é bem estranho olhar pra ele, um senhor de mais de noventa anos, branquelão, com uma “mancha” preta na testa (que ficou no lugar onde estava crescendo o ‘chifre’)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.