fbpx

bizarro, Curiosidades, incrível, Tecnologia

Você sabe o que é isso?

Olhe bem para a foto abaixo e responda: O que é isso? Avião? Jumbo? Aeroporto? A resposta está após o leia mais:...

Escrito por Philipe Kling David · 30 segundos de leitura >

Olhe bem para a foto abaixo e responda: O que é isso?

Avião? Jumbo? Aeroporto? A resposta está após o leia mais:

Na verdade isso é um Hotel! Acredite se quiser, um caçador de oportunidades de Estocolmo na Suécia percebeu o enorme desperdício de espaço que eram os aviões sucateados. O cara comprou um jumbo que já não podia mais voar e adaptou-o para virar um hotel. Veja que doideira:

Certamente que as acomodações não são das maiores, mas é um avião, né? Bom para aqueles que tem a clássica fantasia sexual de transar no avião.

Confira o video e veja o site do empreendimento.

A idéia de converter aviões em hotéis não é nada má, afinal o destino final dos aviões acaba sendo o classico cemitério. Veja:

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

Novidade maluca do momento: Pessoas fazendo plástica na voz

em bizarro
  ·   2 Minutos de leitura

7 respostas para “Você sabe o que é isso?”

  1. Bem, esse cemitério de aviões na verdade não são sucatas, e sim são aviões pronto a entrar em operação. O tema dava para uma matéria completa. Os aviões são protegidos e selados peça a peça antes de irem para o deserto. Deserto, sim, porque a taxa de humidade relativa é extremamente baixa e a precipitação anual é inexistente, o que evita a corrosão dos metais. O sol nada provoca na estrutura do avião, pois o metal encontra-se sempre dilatado com o calor, o que tempera a estrutura molecular e fortalece-a. Os motores e as peças são seladas e guardadas em armazéns. Na verdade trata-se de um deposito pronto para entrar em ação quando for preciso em caso de guerra. Resumindo, na verdade é um material mal aproveitado, porque é belico, e o mundo devia estar desprovido de armas para matarem os seus semelhantes, mas do ponto de vista soberano, é um material que significa defesa em hibernação que em horas podem estar todos montados pronto para o combate.

    Victor H.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.