Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Para combinar com o post aí de baixo, aqui está uma notícia no mínimo estranha que saiu no Korea Times.

Um gato clonado aparece vermelho sob a luz ultravioleta. O outro que não possui os genes alterados aparece verde.

Pesquisadores encontraram um jeito de clonar gatos de estimação há alguns anos atrás. Agora eles estão fazendo brincadeiras com os genes dos gatos para mudar a cor deles. O resultado é o que foi divulgado pelo time de pesquisadores genéticos da Gyeonsang National University: Eles fizeram o gato que brilha no escuro. O processo é similar ao que fez os porquinhos fluorescentes e os peixinhos luminoso. Através de uma alteração em uma proteína na pele dos animais é possível ver os mesmos virarem verdadeiras lâmpadas vivas quando expostos a luz ultravioleta.

Para clonar os gatos, pesquisadores da equipa de Kong utilizaram células da pele da mamãe gato. Eles modificaram então os seus genes para torná – los fluorescentes usando um vírus, que foi transplantado para o óvulo. O óvulo foi então implantado no útero da felina doadora.

A investigação que gerou os gatos vermelho-fluorescentes poderá oferecer avanços no diagnóstico e tratamento de doenças genéticas em animais e em seguida em humanos. Os pesquisadores também esperam que o aperfeiçoamento do processo de clonagem permita conter a extinção de grandes felinos.

Gato clonado fluorescente

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

3 ideias sobre “Gato clonado fluorescente

  • 12 de dezembro de 2007 em 15:17
    Permalink

    quero q meu clone seja assim ..

    imagina ele pirando na luz negra da balada .. ahsuahsashasa

    e eu ainda ia dizer: olha lá meu irmão .. ausahsuhasuasauahsa

    abraço

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido !!