Democracia da chibata

Democracia da chibata
Queima no lombo do eleitor
eleição escravocrata
Para escolha de um novo feitor
O açoite muda de mão
Mas a volúpia do parasita, não
O escravo espera pelo pão
A receita, pela arrecadação
Novas festas, luxos e mordomias
Toca música no planalto com dinheiro
Distante do povo festeiro
quem dança é o escravo brasileiro
Sem água limpa pra beber
Deitado no chão do hospital
Caído, chamado de marginal
Se arrasta em eterno padecer
Lotando as gaiolas da prisão
Sob as asas de ouro da constituição
O vinho é premiado
O camarão é do graúdo
A carne é importada
Quem manda pode tudo
Quem obedece segura seu prato de nada
O que importa é que o chicote trocou de mão
A taça não veio, mas o carnaval está aí
Segue dançando no meio da multidão
Sem receio, com físico de zumbi
Deposita esperança num auxílio qualquer
Que sempre prometem que vão pagar
Sem comida pra encher a colher
comemora que a chibata vai cantar
vai cantar de novo
no lombo do povo

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.
Previous article
Next article

Artigos similares

Comentários

  1. Uai! pra turma que acredita em conto da carochinha contada por ladrão é só fazer o L, quando os impostos voltarem a subir como já tão dizendo que vão assim como ICMS é só fazer o L, quando um juiz do supremo tirar lei da cabeça dele e disser que é assim e acabou é só fazer o o L! Ain! o outro presidente é malvado! não tem postura de presidente! calma galera! agora vcs vão ver oque é maldade! oque é a verdadeira DEMOCRACIA e quando ja não tiver mais dando pra aguentar é só fazer o L que passa!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertisment

Últimos artigos