Fracasso

A sombra do fracasso me persegue

Vai onde eu vou

Por vezes atr√°s de mim

Em momentos se p√Ķe √† minha frente e cresce…

Eu queria…

Eu queria… Ter o Naipe do Alain Delon e o dinheiro do Eike Aparecer na capa da revista Ter pisado na Lua Em nome da humanidade Ter peito de dizer a verdade E ganhado na f√≥rmula um Tocado pagode com o Mussum Eu queria ter feito o gol da virada, na copa, de placa, nos …

Leia maisEu queria…

Mulher de malandro

De tudo que me aconteceu voc√™ foi o pior. E √© por isso que eu te detesto, Te abomino, voc√™ n√£o presta. Porque voc√™ n√£o √© nada, N√£o serve pra homem, nem pra menino. Esc√≥ria da ra√ßa humana, bosta decr√©pita, Odiosa e f√©tida, Voc√™ √© lixo. √Č pior do que bicho, √© um erro da …

Leia maisMulher de malandro

Primeiro de abril

Acabou a pobreza do Brasil. Os pol√≠ticos n√£o roubam mais Ningu√©m sabe o que √© corrup√ß√£o A morte voltou atr√°s E devolveu os her√≥is da Na√ß√£o O radio toca Elis Regina e agora Tim Maia faz show no Canec√£o Cazuza venceu a Aids e Ayrton √© campe√£o Raulzito mistura rock e jazz E tem novas …

Leia maisPrimeiro de abril

Di√°stole do ponto final

J√° Turvando o olhar O calor e o cansa√ßo Dor no peito a espetar Espalhando pelo bra√ßo S√£o as √ļltimas batidas numa franca contra√ß√£o Voc√™ pensa que √© fadiga e se agarra no port√£o Quando olha para cima n√£o acha explica√ß√£o Sua perna j√° fraqueja Tentando se apoiar no ch√£o O povo vem correndo, pra …

Leia maisDi√°stole do ponto final

Abdução

Naquela noite bela Escura e estrelada Olhei pela janela E vi, ali, perto da escada… Seus olhos escuros Que me assustaram Sua boca fina N√£o me disse nada Eu quis correr Tentei me esconder Mas perna eu n√£o tinha Congelei de afli√ß√£o foi tudo se apagando e eu ca√≠ no ch√£o Acordei numa mesa Sentindo …

Leia maisAbdução