Após um acidente de carro, este australiano passou a falar chinês fluente e esqueceu o inglês

Aqui está a história mais Gump que talvez você encontre hoje

Imagine acordar do coma e só falar chinês!
Ben McMahon se envolveu em um acidente que quase ceifou sua vida e quando acordou do coma só conseguia falar mandarim.

Ele se lembra de como, ao acordar, viu uma enfermeira de aparência asiática parada ao seu lado e disse a ela em chinês:

“Com licença, enfermeira, estou muito dolorido aqui.”

Ele então pediu que ela lhe desse papel e caneta e escreveu em mandarim:

“Eu amo minha mãe, amo meu pai, vou me recuperar”.

Seus pais e médicos ficaram perplexos com sua habilidade linguística recém-descoberta. Os médicos disseram aos seus pais que seria um milagre se ele sobrevivesse.

Recebemos uma ligação do hospital e [o funcionário do hospital] estava dizendo ‘Oh, Mark, olhe, eu só queria ligar e avisar que Ben realmente começou a sair do coma’… e ela disse, ‘Eu não sei como dizer isso… ele só está falando em chinês”

Mark, o pai de Ben, disse ao Channel 10’s, The Project “Nenhum de nós fala mandarim, nunca falamos, então apenas balançamos a cabeça, mas no fundo estamos bastante preocupados com o que está acontecendo.”

Ben estava estudando mandarim na escola, mas ainda não era fluente no idioma. Não foi encontrada ainda uma explicação para ele saber fluentemente a língua.

“Eu não estava pensando conscientemente que estava falando mandarim, foi o que acabou de sair e foi o que era mais natural para mim”

Ele levou cerca de dois a três dias para se lembrar de suas habilidades na língua inglesa. Desde então, sua nova linguagem lhe trouxe enormes oportunidades. Ele agora lidera turnês chinesas em sua cidade natal e apresenta um programa de TV em mandarim. Ele também se mudou para Xangai, onde estuda comércio na Universidade. Ele está grato por estar vivo e por poder falar fluentemente numa segunda língua.

Ben não é a primeira pessoa a passar por tal experiência. Em 2010, uma menina croata de 13 anos acordou falando alemão fluentemente, em vez de sua língua nativa.

Recentemente, um veterano da Marinha dos EUA foi encontrado inconsciente num quarto de motel em 2013. Ele não conseguia se lembrar quem era, mas falava sueco fluentemente.

Pankaj Sah, neurocientista do Queensland Brain Institute, acredita ter uma explicação para o que aconteceu com Ben. Segundo ele, o cérebro possui diversos circuitos que auxiliam na linguagem, na fala, na respiração e no pensamento – assim como nos circuitos eletrônicos. É possível que as partes do cérebro de Ben que conseguiam se lembrar do inglês tenham sido danificadas durante o acidente, enquanto as partes que retinham o mandarim foram ativadas quando ele acordou do coma.

fonte

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertisment

Últimos artigos