História bizarra: Mulher encontra réplica dela mesma na internet

Tem gente que dá de cara com ela mesma. Isso é uma situação bem bizarra que eu já vivi.

Uma coisa é você ter irmão gêmeo, outra é não ter e dar de cara com alguém que parece tanto com você que você se assusta. Isso acontece bastante e chamam essas “réplicas” de Doppelgangers.

Há uns casos interessantes, como o do cara que foi preso por engano, o cara que foi ao próprio velório por acaso (essa é ótima!), o cara que achou o deppelganger dele na poltrona ao lado do avião e até existem celebridades que são tão parecidos que é difícil saber quem é quem. Mas o caso dessa moça também é bem curioso.

É o caso de uma mulher irlandesa que passou pela situação gumpesca de achar não uma, não duas, mas três outras mulheres que são quase idênticas a ela!

Sósia numero 1

twin-strangers
Passam por gêmeas fácil, hein?

Niamh Geaney lançou um projeto chamado ‘Twin Stranger’ – um site onde as pessoas podem fazer upload de suas fotos e encontrar os seus sósias (pagando). Ela queria encontrar sua própria doppelgänger no prazo de 28 dias, e quase caiu da cadeira ao descobrir uma mulher que era quase uma réplica de si mesma, chamada Karen Branigan, vivendo apenas uma hora de distância.

Logo, as fotografias de Karen e Niamh viralizaram.

twin-strangers3
Niamh Geaney e Karen Branigan
twin-strangers2
Niamh Geaney e Karen Branigan

Emocionada com seu sucesso, Niamh continuou procurando, e dentro de algumas semanas encontrou a segunda sósia – Luisa Guizzardi. Ela voou para Génova, Itália, afim de encontrar a moça que se parecia com ela. E aquilo que era diversão acabou como um encontro épico. Um amigo de Luisa disse que as duas compartilhavam a mesma “aura”, enquanto a mãe de Luisa disse: “De longe, eu pensei que você fosse Luisa.”

Niamh conta que se espantou que ambas se mexiam da mesma maneira e tinham os mesmos trejeitos. Elas até coçavam o nariz do mesmo jeito e penteavam o cabelo exatamente igual. 

Sósia numero 2

twin-strangers4
Niamh Geaney e Luisa Guizzardi
Niamh Geaney e Luisa Guizzardi
Niamh Geaney e Luisa Guizzardi

Sósia numero 3

Niamh então fez sua terceira descoberta de outra moça que parecia com ela. Essa se chamava Irene Adams, que também vivia na Irlanda. Falando sobre isso, Irene disse: “Eu estava fazendo compras e uma menina da escola que eu não encontrava há alguns anos me contou sobre esta “garota das sósias” que tinha virado hit na internet. Quando vi, achei que pareciam minhas irmãs gêmeas!

“Então eu recebi um pedido de amizade no Facebook a partir de Niamh e uma mensagem engraçada sobre como ela pensou que parecíamos iguais. Fiquei intrigada e por isso decidi encontrar com ela “.

Niamh Geaney e Irene Adams
Niamh Geaney e Irene Adams

Niamh viajou para Sligo, na costa oeste da Irlanda, e novamente se impressionou. “Além da semelhança facial e física, como a maneira como os olhos delas  enrugavam quando sorriam, a forma como se davam as rugas no nariz, a forma como o cabelo era e inclusive tinha a mesma cor e que ambas realmente se moviam da mesma maneira eram coincidências impressionantes.

twin-strangers9 twin-strangers8

Niamh agora está obcecada pela ideia de que pode encontrar outras doppelgängers.

fonte

Related Post

9 comentários em “História bizarra: Mulher encontra réplica dela mesma na internet”

  1. Não me lembro onde mas, certa vez, vi ou li a informação de que há pelo menos 5 pessoas parecidas com nós mesmos no mundo.
    O que é de admirar é a sorte de achá-las tão perto.

      • Philipe, eu sempre tive uma curiosidade a esse respeito. Afinal, pessoas parecidas obrigatoriamente têm genes parecidos na mesma proporção – quanto mais parecidos, maior a coincidencia genetica ou não há relação?

        • O volume de genes humano é grande demais, não sei se isso faz muito sentido, pq semelhança estética pode ser só a ponta do iceberg, com o individuo diferindo em variados graus em genes não relacionados com as medidas humanas. Mas seria interessante uma pesquisa que analisasse os genes de pessoas semelhantes tentando encontrar outras potenciais semelhanças, para clarificar a pergunta: “Será que pessoas muito parecidas podem ser parecidas também em nivel genético?”
          Com os avanços no sequenciamento genômico, creio que em alguns anos isso venha a ser possível.

  2. Acho que já contei sobre uma vez que eu e meus pais vimos um cara passar aqui na minha rua que era praticamente uma versão mais velha e mais alta de mim. Mas, há outros. Eu tinha um amigo no senai que disse ter visto um cara cujo rosto era muito igual ao meu, mas o cara era malhado, e o estranho é que o cara estava lendo Assassin’s Creed: Renascença, e eu estava lendo o mesmo livro na época, esse meu amigo filmou o cara pra me mostrar. Outro semelhante foi encontrado por uma amiga minha lá do RS. O cara estudava no mesmo campus do IFRS que ela, e várias vezes ela quase o chamou pelo meu apelido achando que era eu, mas lembrando depois que eu moro no RJ. Uma pena foi ela não ter pego contato com o rapaz.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares