Você come camarão com aquela linhazinha preta?

Tem no twitter um caso de uma mulher que deu um ataque num restaurante de Florianópolis porque pagou caro para comer camarão, foi comer e… Tinha essa linha no camarão. Ela não considerou que o camarão estava limpo e fez um auê no restaurante já ninguém deu desconto pra ela pelo camarão não estar limpo, uma vez que em toda ilha esse aí é o normal.

[ Atualização] Nosso amigo e leitor Cleiton Silva que faz Biologia Marinha informou que dependendo da espécie do camarão, a aorta e os intestinos do camarão estão praticamente fundidos, o que faria com que este post estivesse errado. Entretanto, Cleiton diz que há pouco ou nenhum risco em comer o camarão com as fezes dele, porque o camarão se alimenta de algas pequenas e microscópicos crustáceos. O processo de cozimento do animal se feito de maneira correta, seria suficiente para exterminar os riscos de contaminação. Cleiton nos diz que o sangue do camarão é azul, uma informação que não acrescenta grandes coisas nesse post, mas eu achei bem legal. Ele nem tem sangue de verdade, tem uma coisa chamada “hemolinfa”. Graças ao Cleiton minha mulher seguirá trabalhando duro com um palito de dente sempre que tiver risoto aqui em casa. 
O Cleiton não disse nada, mas eu acho bom esclarecer também que deve ser mais perigoso comer o camarão de água doce, o vulgo “Pitu” com os intestinos, porque muitas vezes pitus são capturados em córregos e corpos d’água que recebem  esgoto in natura e sabe-se lá mais o que. [Atualização]  
O fato é que muita gente, até minha primeira dama, acredita piamente e de forma totalmente errônea que essa linha é somente a BOSTA do camarão. Não, meus caros, esse é o sistema circulatório do camarão. Isso aí escuro é o sistema circulatório dele. Dá pra tirar? Dá. Eu tiraria. Mas em muitos lugares do Brasil se tira, e em outros não.
Não é cocô, é o SANGUE do camarão. Mas o cocô esta em baixo.
Outra coisa que acontece é o seguinte, na imagem acima podemos ver que há duas linhas vermelhas no corpo do crustáceo, certo? A de cima é o sistema circulatório e a de baixo é o sistema nervoso, como se fosse a medula que passa dentro da nossa coluna.  Essa linha de baixo é mais visível, e é por isso que a grande maioria das pessoas tira o sistema nervoso achando que tirou as fezes.  O fato interessante é o seguinte: todo mundo pode estar comendo camarão com MERDA, porque a merda está dentro do camarão. Nesse video uma mulher ensina como tirar os intestinos e erroneamente também ensina que o sistema nervoso é intestino, um erro totalmente comum.
SIM você comeu a BARATA DO MAR COM MERDA SUA VIDA TODA!
sua cara lendo isso, né?
Outra coisa, muita gente come camarão e passa mal e bota a culpa em alergia ou no camarão. Camarão pode causar alergia? Pode. Até sofá amarelo causa alergia (sério mesmo) em quem é alérgico ao corante da tinta. Muitas vezes o cara se ferra comendo e acha que é alérgico, mas na verdade está só intoxicado de um conservante. O fato é que o camarão é um fruto do mar que degrada muito rápido, então é muito comum que os grandes pesqueiros coloquem o camarão em tanques de sulfito (metabissulfito de sódio), que é um conservante.
O camarão assim que morre sofre de um fenômeno chamado de melanose. Ele fica preto.
Exemplo de melanose
Obviamente isso faz com que ninguém, tirando Ray Charles e o Steve Wonder compre um camarão com manchas pretas por razões estéticas. A conservação em baixa temperatura segura mas não detém a melanose.
É muito difícil achar camarão sem conservante sobretudo em pesqueiro industrial. O sulfito não causa reação alérgica, mas ele pode causar um problema que é associado com a alergia.
Isso porque os sulfitos residuais na carne do camarão podem produzir reações adversas quando ultrapassam os limites máximos permitidos pelas disposições legais. Essas reações podem ser graves em usuários sensíveis e especialmente em asmáticos.
Por esse motivo, os níveis de dióxido de enxofre – SO2 devem ser controlados antes de lançar o produto no mercado. É importante que exista um sistema ou norma que estabeleça um estudo e gestão de riscos para evitar que um produto com falta de segurança entre no mercado.
Isso mesmo. Norma. No Brasil… Você pode imaginar que num país tãããão controlado como o nosso, “vacilos” podem ocorrer.
Bem, os seguintes sintomas já foram observados em consumidores: constrição brônquica; reação semelhante à asma (sem ser alérgica) e pode ter efeitos adversos como irritação da pele, olhos e trato respiratório, dor de cabeça, dificuldade em respirar, náuseas, vômitos, diarreia.
Para finalizar uma dica, se você for numa churrascaria em Curitiba e tiver um camarão verde na churrascaria, não coma.
*A barata do mar foi zoeira, a minha barata do mar preferida é o isópode gigante.
*O Steve Wonder e Ray Charles disseram que não veem problemas na brincadeira

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

  1. A “TRIPINHA” É SIM O TRATO INTESTINAL DO CAMARÃO. Tem cocô dentro
    A imagem da anatomia interna está simplificada.
    O artigo errou,

    O que muita gente confunde é que o nome do trato do camarão é “sand vein” em inglês. Só que apesar do nome não é uma veia (E camarões só tem artérias). Em cima da tripinha preta tem uma artéria que não dá pra ver porque o camarão em geral tem uma hemolinfa bem clarinha.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertismentspot_img

Últimos artigos