Um raio em camera lenta

Sharing is caring!

Super legal este video aqui. nele podemos observar que com uma câmera de alta velocidade (tipo a super câmera) é possível perceber que um raio geralmente não é só um, e sim dezenas de descargas correndo da atmosfera para o planeta em microscópicas frações de segundo.

Abaixo na tela do vídeo, é possível ver o número de frames. Muito legal mesmo. Isso que eu chamo de “A visão além do alcance”.

O Kaio indicou este gif, que é bem legal também. Olha só:

Comments

comments

15 comentários em “Um raio em camera lenta”

  1. Incrível! Nota dez!

    Sobre teorias, já foi dito que o raio (ou seus elétrons) sobem, ao invés de “cair” do céu. Pelo vídeo, vi pelo menos uns dois raios descendo mesmo (ou pelo menos sua luz).

    :B

    Responder
    • Na verdade considerando a Física um raio pode cair N vezes no mesmo lugar, e dependendo da concentração de elétrons o raio pode ser do céu para o chão ou do chão para o céu

      Responder
  2. Eu gosto de ciência e esse video e foda, pelo que vi o raio aproveita o ar ionizado do primeiro e traça o mesmo caminho caindo no mesmo LUGAR uma 2 e tres vez, a natureza e fodastica.

    Responder
    • É mesmo. O impressionante é a velocidade da filmagem. O raio apaga em menos de um segundo, é incrível tudo que acontece no ar nesse tempo e a gente não vê. As coisas mais legais do universo não estão ao alcance dos nossos limitados sentidos.

      Responder
  3. Isso mesmo, na verdade quando ocorre que um elétron consegue se desprender do chão e é atraido pelas cargas das nuvens ou as cargas das nuvens são atraidas pelo chão buscando uma conexão ao terra ( o movimento de zigue zague é devido o raio procurar sempre o percursso de menor resistencia), permitindo assim o surgimento do que se chama lider escalonado, que é imperceptível a olho nu, quando o mesmo se aproxima do chão é desprendido uma descarga em direção oposta surgindo o que se chama de descarga conectante, quando é feita a conexão surge um caminho de baixa resistência entre o chão e as nuvens , e é nesse momento que ocorre a descarga do raio, digamos assim é ai que o restante dos elétrons encontram caminho e vem com tudo.

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

VEJA TAMBÉM