O Experimento Carlson parte 15

Jå devia faltar pouco para o amanhecer quando Carlson conseguiu descer a enorme colina de rochas afiadas. A sede torturava-lhe  a alma. Cada passo parecia um suplício.
A cidade estava em ruínas. Logo, Morten observou que a colina de pedras escuras que havia acabado de descer não eram rochas afloradas pela atividade vulcùnica do planeta, mas sim destroços das construçÔes.

O experimento Carlson – Parte 4

Levou mais tempo do que Morten esperava para chegar no ponto de pegar uma nova carona com os baratÔes. Quando chegou mais ou menos na reta de onde as enormes criaturas passariam, ele estava exausto, não aguentava dar mais um passo. A fome tinha chegado com força.

O experimento Carlson

Estava bastante frio naquele dia. Morten lembrou-se dos dias quentes de verão em Malta, conforme esperava a chegada do helicóptero. Ao seu lado estavam Benjamin F. Duncan, gerente de operaçÔes e Malik Devgan, superintendente de planejamento.