fbpx

ciência

Roupa feita de vinho

Olha que coisa curiosa. Os cientistas da Universidade Western Australia conseguiram criar uma roupa feita com vinho. No processo de criação do...

Escrito por Philipe Kling David · 39 segundos de leitura >

Olha que coisa curiosa.

Os cientistas da Universidade Western Australia conseguiram criar uma roupa feita com vinho. No processo de criação do estranho “tecido” eles usam uma bacteria que transforma o vinho numa especie de gelatina. E esta gosma resultante se produz um material parecido com o algodão.

O processo de criação de roupas com vinho é bem estranho. A bactéria, chamada acetobacter, é adicionada ao vinho. Ela acidifica o vinho, tornando-o vinagre.  No processo, ela gera uma espécie de “nata”, que é então depositado sobre um manequim inflável, que mantém a forma da roupa.

A nata é então curada, e o manequim é desinflado, separando-se facilmente da “roupa” feita de vinho. O material resultante na atual pesquisa ainda é bem frágil, rompendo-se com facilidade, mas os cientistas estão em busca de aperfeiçoar o projeto, afim de melhorar a resistência do tecido, para viabilizar seu uso industrial.

Os caras lá da Western Australia já sabem que não precisa ser só vinho. Qualquer bebida alcoólica já pode gerar roupas, inclusive a cerveja!

 

fonte

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

A solução sem problema que revolucionou o mundo

em ciência, Curiosidades
  ·   4 Minutos de leitura

Cubli: O cubo robô

em ciência, incrível
  ·   35 segundos de leitura

2 respostas para “Roupa feita de vinho”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.