Projeto de floresta vertical urbana na China dá ruim

Sharing is caring!

A ideia parecia legal, mas logo se revelou um fracasso de proporções apocalípticas

O complexo residencial Qiyi City Forest Garden foi erguido em Chengdu, China, como uma ideia inovadora e de forte apelo ambientalista: Deveria ser um paraíso verde para seus residentes, ajudando a purificar o ar. Apenas dois anos depois, o conceito de floresta vertical se transformou em um pesadelo.

Em 2018, a ideia de viver entre dezenas de plantas exóticas se mostrou incrivelmente estimulante para o povo de Chengdu, uma das cidades mais poluídas da China. Até abril de 2020 todas as 826 unidades do complexo Qiyi City Forest Garden estavam vendidas. Cada unidade tinha até 20 tipos de plantas crescendo nas varanda, Como dizia no folheto, “filtrando o ar da cidade e a poluição sonora”.

Porém, em vez de um paraíso urbano, o complexo de oito torres agora parece uma cena de um filme pós-apocalíptico, com varandas inundadas por vegetação extensa e repletas de mosquitos.

As plantas saíram do controle e estão se espalhando

Por razões desconhecidas, apenas 10 famílias se mudaram para o complexo residencial até agora, o que significa que a maioria das unidades e seus jardins com varanda estão crescendo sem controle, e virando floresta MESMO. 

Fotos recentes mostram sacadas virtualmente engolidas por plantas, com galhos pendurados sobre as grades. Para piorar a situação, os poucos moradores que se mudaram já estão reclamando que a floresta vertical autônoma se tornou um criadouro de mosquitos.

O complexo é enorme

Fotos da verdadeira selva urbana se tornaram virais tanto na China quanto no exterior e, em resposta, o incorporador prometeu fornecer manutenção aos “jardins” planta quatro vezes por ano e também intensificar os esforços de controle de pragas.

Mosquitos e outros insetos assustam moradores

O estado atual do complexo Qiyi City Forest Garden desencadeou um debate acalorado na mídia social chinesa, com a publicação online HK01 de Hong Kong relatando que parte dos internautas acham que é uma boa ideia viver perto da natureza, enquanto outros citam preocupações de segurança em relação às plantas em expansão e à infestação de pragas.

Visual que parece saído dum filme Sci Fi

“Quando as raízes dessas árvores se desenvolverem o suficiente para penetrar nas paredes, elas afetarão a segurança da estrutura?” uma pessoa perguntou.

Plantas crescendo descontroladamente

“Será que um galho caindo do 30º andar pode matar uma pessoa?” outro questionou.

É fato que plantas são legais, e que um prédio com jardins verticais fica bem interessante, mas acho que se deixar rolar o bunda lelê como ficou vai dar ruim mesmo, afetando ate a estrutura. O que me intriga é como que isso deu tão certo, digo, como que essas plantas cresceram tão bem. Que solo é esse que sem nunca ser adubado dá essa maravilha de crescimento? E como todas as unidades são irrigadas? Não pode ser só pela chuva, porque Há unidades com plantas em diferentes ângulos. Será que o prédio foi edificado com um planejamento de otimização da captação da água da chuva para irrigar essas varadas sozinho? Outro mistério é o completo ser todo vendido e só 5 pessoas morando nele.

Eu não sei dizer como que essa história vai acabar, talvez até esse condomínio seja algum tipo de experimento chinês, porque eles fizeram muitos projetos com o conceito de floresta vertical, saca só:

Este predio aí em cima está sendo planejado para a cidade de Liuzhou, província de Guangxi, na China.

O projeto foi feito por Stefano Boeri Architetti, uma equipe de renome que desenvolve projetos verdes pelo mundo inteiro, a futurística “Forest City” será uma comunidade com cerca de 30.000 habitantes.

A cidade será coberta por vegetação, com quase 1 milhão de plantas de mais de 100 espécies e 40.000 árvores que, juntas, absorvem quase 10.000 toneladas de dióxido de carbono e 57 toneladas de poluentes, e são capazes de produzir aproximadamente 900 toneladas de oxigênio anualmente.

Ela será autossuficiente, funcionará com fontes de energia renováveis, como energia geotérmica e solar.

A cidade também será completamente conectada e terá zonas comerciais, áreas residenciais, espaços recreativos, um hospital e duas escolas. A Cidade Floresta será conectada a Liuzhou por uma linha ferroviária.

O Planejamento Urbano do Município de Liuzhou encomendou o projeto da cidade floresta de 175 hectares, que ficará situada ao longo do rio Liujiang, na parte norte de Liuzhou.

O projeto tem grande destaque na China e, se for bem-sucedido, será um exemplo de cidades verdes em outras partes do país e do mundo. O projeto está planejado para ser iniciada agora em 2020. Vamos ver se o Covid não afetará isso.

O fato é que um projeto desse precisará de permanente cuidado com a “floresta”, porque tudo tenderá a sair do controle rapidamente. Uma simples semente trazida por um pássaro pode colocar tudo a perder nesse tipo de projeto. Dá só uma lembrada aí naquela cidade que esta sendo engolida por uma planta, lá mesmo, na China.

gump!

Comments

comments

Luminária Ufo

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoie este projeto

Criar este website não é uma tarefa fácil. Mais de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários e conteúdo próprio, demandam muito trabalho. Saiba como você pode ajudar a manter o Mundo Gump cada vez melhor e evitar que ESTE SITE ACABE
Ajuda aí?
MUNDO GUMP – © 2006 – 2020 – Todos os direitos reservados.