Por que os Vapes São uma Armadilha Mortal? Os Perigos Revelados!

Cigarros eletrônicos, também conhecidos como vapes ou e-cigs, tornaram-se uma tendência entre os fumantes em busca de alternativas ao tabagismo convencional. No entanto, é fundamental compreender os potenciais perigos que o vape representa para a saúde. Neste artigo, exploraremos os principais riscos associados ao uso desses dispositivos.

Vale e seu apelo

Riscos Pulmonares do cigarro eletrônico

O perigo do cigarro eletrônico
A quantidade de gente estoporando o pulmão com isso é crescente.

Um dos maiores alertas em relação aos cigarros eletrônicos é o impacto que eles podem ter nos pulmões. A inalação de substâncias químicas presentes nos e-líquidos pode causar danos significativos aos tecidos pulmonares. Isso pode levar a condições como bronquite crônica, inflamação pulmonar e, em casos mais graves, pneumonia.

Quando você pesquisa as histórias de pessoas que se ferraram de verde e amarelo usando vapes, percebe que o panorama disso é assustador!

Nicotina e Dependência

Muitos vapes contêm nicotina, a mesma substância viciante encontrada nos cigarros tradicionais. O uso frequente de cigarros eletrônicos pode levar à dependência de nicotina, tornando ainda mais difícil abandonar o hábito do tabagismo.

 

O perigo do cigarro eletrônico

Efeitos Cardiovasculares

Os efeitos do vape no sistema cardiovascular são motivo de preocupação. A nicotina presente nos dispositivos pode aumentar a pressão arterial e aumentar o risco de problemas cardíacos, como arritmias e ataques cardíacos.

Exposição a Produtos Químicos Nocivos

Os e-líquidos dos cigarros eletrônicos contêm uma variedade de produtos químicos, alguns dos quais podem ser prejudiciais à saúde. A exposição constante a essas substâncias pode levar a irritações na garganta, tosse persistente e até mesmo danos celulares.

População Jovem e Riscos

O vape se tornou popular entre os jovens, tornando-os particularmente vulneráveis aos seus riscos. A exposição precoce à nicotina e a substâncias químicas pode ter impactos duradouros na saúde de adolescentes e jovens adultos. Não se engane. Isso tem grana alta por trás! Sempre teve. Quem já viu a serie Mad Men sabe como essa indústria pode ser cretina.

Don Draper: "cigarro faz bem, confia em mim!"
Don Draper: “cigarro faz bem, confia em mim!”

Mad Men: Uma série muito interessante que mostra como a indústria do tabagismo jogava baixo para conquistar consumidores e ampliar suas fatias de mercado nos anos 50. Na Série, Don Draper é um executivo de criação de uma das maiores agencias de publicidade de Nova York nos anos 50. Ele estava incumbido de “provar” para as pessoas que o cigarro fazia bem para a saúde – algo que realmente aconteceu naquela época. A série é ótima, mostrando diversos elementos e transformações pelas quais a  sociedade ocidental atravessou desde os anos 50 até meados dos 70.

Vape é um negócio milionário!

O perigo do cigarro eletrônico
Vape Expo na China: Mais de 300 expositores, mais de 20,000 compradores de Shenzhen. Mais de  de 20,000m², Mais de 300 marcas, visitantes em 34 países ou áreas,  mais de 2,000 lojas de vapes e distribuidores líderes

Se nos anos 50 havia uma pressão para gerar fumantes, financiando inclusive as estrelas de Hollywood, vivemos todos os anos 80 achando que fumar o cigarro (olha o nome aí de novo) Hollywood era “o sucesso”.

Com a queda nos números dos fumantes devido a um bom serviço de conscientização e coibição do tabaco a partir do final dos anos 80, a indústria precisava de uma nova jogada. Ela se mudou com força para o oriente, onde o cigarro era e ainda é muito forte. O tabagismo atinge até crianças. Lembra do menino que chocou o mundo pois COM DOIS ANOS já fumava 40 cigarros por dia? 

 

A introdução dos cigarros eletrônicos como um  “cigarro mais saudável” foi um PURO GOLPE PUBLICITÁRIO DO MAIS SAFADO, que convenceu muita gente a acreditar, afinal o discurso era “vapor não é fumaça”. Mas o negócio desses caras que é a nicotina, estava lá. Eles voltaram, conquistando um novo público, focado nos jovens, que é lógico, vão ser a vaca leiteira deles durante as próximas décadas.

Funcionou com o cigarrão véio de guerra e vai funcionar com o cigarrinho eletrônico da playboyzada!

 

O perigo do cigarro eletrônico
O crescimento da fatia de mercado do vape nos EUA

Essa ideia de que o vape é menos agressivo que o cigarro, tem base numa campanha orquestrada, não se engane! Tudo é dinheiro.
Eles querem que você pense que é seguro e fique viciado. Ele tem menos substâncias cancerígenas que o cigarro? Possivelmente. O cigarro tem 8 mil? O vape tem 5 mil, mas são 5 mil substâncias cancerígenas para te ferrar! 

Tem que ser muito burro para achar que isso é um bom negócio.

Não obstante essa merda não fazer bem para sua saúde, ainda tem o risco desse troço estourar na tua cara. Outro dia morreu um cara assim. O vape explodiu! 

O perigo do cigarro eletrônico
Buuum!

 Regulamentação para o cigarro eletrônico

A falta de regulamentação rigorosa sobre os cigarros eletrônicos é uma preocupação adicional. A ausência de padronização na produção e rotulagem dos produtos torna desafiador para os consumidores avaliarem o que estão realmente inalando. Muitos são comprados de fontes duvidosas, quase tudo vem de fabriquetas da China, Malásia, Indonésia, Filipinas lugares assim,  é claro.

Tchutchuca fumegante – imagem Wikimedia Commons

É o combo da desgraça. Enquanto os fones de baixa qualidade de Shenzhen ferrarão seus ouvidos, os tênis de qualidade barata ferrarão sua coluna, o vape ferrará seu pulmão. Essa gelara tá lascada e ainda nem se deram conta.

Em resumo, embora os cigarros eletrônicos sejam comercializados como uma alternativa mais segura ao tabagismo, os riscos para a saúde associados a esses dispositivos não podem ser subestimados. A exposição a substâncias químicas nocivas, os efeitos cardiovasculares e a dependência de nicotina são preocupações sérias que devem ser consideradas ao optar pelo uso de vapes.

Zé fumaça amanhã tá no SUS pedindo tratamento com nosso dinheiro.

 

A conscientização sobre esses riscos do cigarro eletrônico é essencial, especialmente entre os jovens, e a regulamentação adequada é necessária para proteger a saúde pública. Portanto, antes de adotar o vape como uma alternativa ao tabagismo, é crucial ponderar os potenciais perigos que ele representa para a sua saúde.

Não deixe de lembrar que existe toda uma indústria gigantesca, multibilionária que QUER que você consuma esse troço. Eu não vou pagar de tiozinho conselheiro. Quer se foder? Se fode aí à vontade. Mas se foda consciente que tem uma indústria que quer tirar seu dinheiro te oferecendo apenas a doença futura em troca.

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertisment

Últimos artigos