fbpx

Curiosidades

Os homens-galáxia e suas condecorações

Os militares adoram uma condecoração, mas alguns países tendem a exagerar um pouco. Veja, por exemplo, neste retrato do Marechal Zukhov, da...

Escrito por Philipe Kling David · 1 Minutos de leitura >

Os militares adoram uma condecoração, mas alguns países tendem a exagerar um pouco.

Veja, por exemplo, neste retrato do Marechal Zukhov, da Russia, o tanto de estrelas e medalhas que ele traz no peito:

Os russos curtem uma medalhinha.

Num forum de discussão militar, achei esta engraçada foto de um veterano de guerra que humilha com suas condecorações:

Eventualmente os veteranos de guerra se reúnem em eventos e medem forças ao disputar quem ostenta mais medalhas no peito.

 

 

Outros que gostam dumas estrelas bonitas para enfeitar seu espalhafatoso uniforme são os ditadores. Veja o exemplo do Idi Amin, o “presidente” de Uganda, também conhecido pelo apelido bem humorado de “açougueiro” pela forma “carinhosa” com que ele tratava seus inimigos. É óbvio que ele mesmo se condecorou em cada uma dessas missões.

Outro que arrebenta no quesito “alegorias e adereços” é o Chá do Irã:

E não vamos nos esquecer da figura quase folclórica que foi o ditador da Líbia, Muammar Kadafi.

 

E também o ditador de Mianmar:

Agora, condecorações que beiram o ridículo, só podem vir de um país que é pretensiosamente ridículo, a Coréia do Norte. Olha só a marmota dos comandantes-galáxia:

“Penteadeira de puta”, né?

Com tantas medalhas, você poderia se perguntar se esta porra não é um photoshop exagerado. Em se tratando de internet, eu não duvido de nada, e fui atrás. No inicio, eu estava achando que era 171 mesmo, até porque muitas medalhas desses coroas são iguais, então fiquei na duvida. Após umas pesquisas, me deparei com eles novamente, junto com o Kim Jung Un, e vi que são reais. Pior, eu entendi o quanto essas medalhas idiotas fodem o povo lá.


Para evitar problemas de espaço na roupa por falta de medalhas, a solução é usar ribbons (aqueles retangulinhos coloridos, tipo o do coroa aqui em baixo).




As estrelas simbolizam a disposição da Coréia para investir em suas forças armadas. O governo americano estima que a Coréia do Norte gasta aproximadamente 1/4 de seu PIB nas Forças Armadas. Dá até pra entender porque a Coreia do Norte é hoje, 20 vezes mais pobre que a Coreia do Sul capitalista, e sofre com a escassez de todo tipo de produtos.


A economia e a agricultura do país estão arruinadas após décadas de uma desastrosa administração e de recursos consagrados ao programa nuclear e à defesa militar.
Em meados dos anos 1990, o país passou por uma crise de fome que matou centenas de milhares de pessoas, segundo diversas ONGs. Também, o que esperar de um país que faz uma porra dessa aqui?

 

 

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

A árvore mais cara do mundo

em Curiosidades
  ·   7 Minutos de leitura

Foto Gump do dia: A bicicleta de 200km/h

em Curiosidades, foto gump do dia
  ·   51 segundos de leitura

14 respostas para “Os homens-galáxia e suas condecorações”

  1. Philipe, o site está dando uns probleminhas quando tento acessar de vez em qndo, e simplesmente a pagina nao abre, só pelo webcache da google @.@ sou só eu ou mais alguem ta passando por isso?

  2. Ahem… Marechal Zukhov, por favor. Os russos se amarram, mas pelo menos Zukhov mereceu. E MUITO.

    Já os outros… sabe como é… E geralmente as ‘ribbons’ equivalem à medalhas já recebidas. No mundo ocidental, geralmente medalhas são utilizadas apenas em trajes de gala, enquanto que trajes de serviço, mesmo os mais ‘elegantes’ fazem uso das ‘ribbons’ exatamente para não ficar a baderna de medalhas para tudo quanto é lado. Mas existem medalhas para praticamente tudo, dependendo do governo em questão, como já deu para notar.

  3. Se for dar medalhas eu também quero uma!
    A propósito, as do ID AMIN, são muitos xiques. O cara era “metido”, mesmo heim?
    Agora entendi porque os militares andam com os peitos estufados, é muito “treino”, para conseguir sustentar todo esse peso…rsrsrs!

  4. Só eu que achei estranho o país possuir mais pessoas para comandar do que para serem comandadas? E o valor gasto na produção da medalha é absurdo! (A fonte é um tumblr… poxa Philipe!)

  5. Eae Philipe td bem?

    Sobre as medalhas milionárias e os 21 trocilhões de gerenais…
    A fonte não seria de um site de humor?

    Segundo wikipédia a população da Korea do norte é de 24 milhões de cabeças. Será que eu interpretei algo aqui no post errado?

    1. É verdade, aquilo é uma piada, eu postei, e precisei sair, e no caminho comecei a pensar que não tem como uma medalha custar tanto nem ter tatos generais. Daí me liguei que tinha interpretado um site de humor como sendo uma notícia. Mas eu estava longe da maquina, e o tablet sem bateria. Deixei para arrumar hoje o texto.

  6. cada pais com suas loucuras. kkkkkkkk. brincadeiras à parte o fato é que cada cultura constroi e reconstroi seus valores É dificil aceitar o estranho? É. então pelo menos que compreendamos essas diferenças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.