O russo que usou o chatGPT para encontrar o amor de sua vida

Ele resolveu usar a IA para achar seu amor. E deu certo!

Encontrar o amor de sua vida é o que muitas pessoas mais desejam. Enquanto muitos colocam isso nas mãos do acaso, outros são mais obstinados.
Todos os dias milhares de pessoas usam o ChatGPT para as mais variadas funções. Desde programar scripts e funções específicas para usar no mercado financeiro (uma das primeiras coisas que fiz com o GPT foi isso) até criar funis de venda, copy de produtos, roteiros, ebooks, etc. Mas arrumar uma namorada? Olha que história Gump:

Arrumando namorada com ChatGPT

Um jovem russo de 23 anos recentemente compartilhou como utilizou o ChatGPT para otimizar sua busca por uma namorada. Ele revelou que, após filtrar perfis de namoro de 5.239 mulheres, enfim encontrou sua futura esposa.

Zhadan e sua tese de um dia

Alexander Zhadan chamou a atenção na comunidade online russa há um ano, quando mencionou ter escrito uma tese acadêmica com o auxílio do ChatGPT em apenas 23 horas. Recentemente, ele voltou às manchetes ao usar a mesma ferramenta de IA para filtrar milhares de perfis de namoro online. Sua história gerou debates sobre a ética do uso de IA para encontrar o amor na internet.

Zhadan ficou frustrado com aplicativos de namoro tradicionais, como o Tinder, e decidiu explorar o poder da inteligência artificial do ChatGPT para tornar sua experiência de namoro online mais eficaz.

Ela disse “sim”

Assim esse doido treinou o ChatGPT para analisar e filtrar perfis com base em critérios específicos, como número de fotos, referências astrológicas, religiosas e outros aspectos. Depois de filtrar os perfis, ele treinou o ChatGPT para interagir com os possíveis pares em seu nome.

Fazer o GPT interagir com elas como se fosse ele tem, claro problemas éticos.  Em entrevista à Settlers Media , Alexander disse que levou cerca de 120 horas de trabalho só para levar a ferramenta de IA a um nível que o deixasse satisfeito. Para fazer isso, ele alimentou-o com suas conversas anteriores com meninas, configurou a validação de respostas e monitorou a ferramenta tanto quanto possível. Ainda assim, a experiência não foi perfeita…

Encontrar o amor de sua vida com AI

Embora o processo não tenha sido perfeito e tenha apresentado alguns contratempos, como marcações erradas de encontros, marcação de ume encontro num lugar onde um serial killer matava pessoas,  Zhadan conseguiu ter 12 encontros com suas melhores combinações, incluindo sua futura noiva, Katerina. O ChatGPT também desempenhou um papel significativo nos encontros, fornecendo conselhos sobre o que discutir e avaliando a compatibilidade de longo prazo.

“Não devemos esquecer a interação emocional”, disse Zhadan. “Fui às reuniões, eu mesmo já estava envolvido – avaliei se a menina era adequada para mim ou não. Com base nos resultados da data, fiz uma avaliação (do que gostei e do que não gostei) e adicionei ao banco de dados. Então tomou a decisão de continuar a comunicação ou não.”

Zhadan enfatizou que ele próprio desempenhou um papel crucial no processo de seleção, revisando as interações e fornecendo feedback ao ChatGPT para uma avaliação mais objetiva. Quanto às preocupações éticas, ele reconhece que a comunidade online deve determinar os limites do uso de IA para encontrar o amor online.

Após investir tempo e dinheiro no ChatGPT, Zhadan acredita que a ferramenta economizou significativamente seu tempo e recursos financeiros.

Basicamente o que ele fez foi criar um mecanismo de filtragem de grandes volumes de dados usando IA. No meu entender, um bom uso da ferramenta.

Katerina, futura noiva de Alexander, ainda não comentou sobre o uso do ChatGPT durante o período de namoro, mas o profissional de TI afirma que ele contou a ela sobre isso há um ano, e ela ainda está com ele, então… Quanto à reação do general público, Zhadan reconhece as preocupações éticas de usar ferramentas de IA para encontrar o amor online, mas afirma que cabe à comunidade online determinar seus limites.

Depois de gastar 120 horas de seu tempo e US$ 1.432 em custo de API, Alexander sente que o ChatGPT economizou muito tempo e dinheiro.

Você teria coragem de usar uma IA para achar a pessoa ideal?

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertisment

Últimos artigos