Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Um pobre porquinho nasceu sem as perninhas traseiras. Mas isso não o impediu de aprender a andar à seu próprio modo. Quanto mais eu olho, mais estranho me parece, hehehe.

Um porquinho sem pernas que anda plantando bananeira é estranho, mas não sei se é tão estranho quanto o cachorro sem duas pernas que anda em pé:

O porquinho de duas pernas aprende a andar

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

8 ideias sobre “O porquinho de duas pernas aprende a andar

  • 17 de outubro de 2010 em 14:34
    Permalink

    No cara, eu ja vi um cachorro que andava igual ao porquinho na cidade natal da minha mãe no interior de minas, na época eu estava sem uma câmera para poder filmar, mas fiquei impressionado! Ele subia e descia morros altos com grande facilidade!!!

    Resposta
  • 17 de outubro de 2010 em 15:45
    Permalink

    Putz, aos 25 segs do primeiro vídeo parece uma galinha!

    Resposta
  • 17 de outubro de 2010 em 16:13
    Permalink

    que prejú pro DONO :B do leitãozinho, nasceu sem dois pernis!

    Resposta
  • 17 de outubro de 2010 em 22:16
    Permalink

    Com certeza se trata de um porco de criação pequena, porque em grandes sistemas de produção ele já tinha sido descartado.

    Resposta
  • 18 de outubro de 2010 em 9:35
    Permalink

    Eu tive um cachorro que fazia o mesmo. O coitado quebrou as 2 patas dianteiras, e teve que colocar pino nelas, ou seja, pelo menos uns 6 meses de patas engessadas. Agente imaginou que o cachorro fosse morrrer de tédio, mas não, em poucas semanas ele já estava andando com as patas trazeiras, e até corria. Principalmente quando sentia o cheirinho do almoço.
    Nesse ponto os animais são mais fortes que agente. qualquer um que perde os movimentos da perna fica meses depressivo e chorando, cachorro não, nem da bola e sai por ai pulando.

    Resposta
  • 18 de outubro de 2010 em 10:52
    Permalink

    Ah que fofos! Que belo exemplo!

    Resposta
  • 18 de outubro de 2010 em 12:35
    Permalink

    O cachorro eu ja tinha visto, mas o porco é doidera, até porque andar com as da frente, creio eu, seja muito mais dificil.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Related Posts