O monastério vulcânico

Sharing is caring!

Vocês devem ter notado que não teve post ontem. A explicação para isso é que eu tinha mais de 800 comentários para ler e aprovar, um a um, num único post. Este foi o recorde do Mundo Gump.

Dando prosseguimento aos posts de hoje, aqui está um lugar muito, muito estranho e esplendoroso. Trata-se de um monastério que fica em Burma. Este  monastério é aquele tipo de lugar que só vemos nas revistas National Geographic.

Tem que ter uma certa dose de coragem para ir até lá. Mianmar, país onde fica Burma  passa por complicados momentos políticos, e não é raro que conflitos aconteçam do nada.


Acredite ou não, este lugar é real.

O monastério “pedestal hill” fica em  Taung Kalat e  foi construído sobre o cume de um vulcão já extinto chamado monte Popa.  Ele é o único pico em vários quilômetros ao redor, o que dá aos habitantes do monastério uma vista estonteante.

Mas para desfrutar desta vista magnífica você precisa ter força de vontade e muita energia para vencer os incontáveis degraus que conduzem ao monastério, que mais parece um cenário de filme de fantasia.

Uma curiosidade do lugar é que ele é cheio de macacos que ao longo de décadas se adaptaram à presença do homem. Eles não tem nenhum medo de humanos e são terríveis ladrões de comida. Os visitantes são sempre avisados para segurar bem seus pertences, como câmeras e dinheiro, além de nunca, sob nenhuma hipótese comer perto deles.

Por tudo isso, podemos dizer que o monastério do monte Popa (flor em sâscrito) é um dos lugares mais Gumps do mundo.

fonte

Comments

comments

Luminária Ufo

6 comentários em “O monastério vulcânico”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoie este projeto

Criar este website não é uma tarefa fácil. Mais de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários e conteúdo próprio, demandam muito trabalho. Saiba como você pode ajudar a manter o Mundo Gump cada vez melhor e evitar que ESTE SITE ACABE
Ajuda aí?
MUNDO GUMP – © 2006 – 2020 – Todos os direitos reservados.