Ninguém foi capaz de descobrir a origem dessa misteriosa nascente

Durante séculos, as pessoas se perguntaram qual poderia ser a fonte dessa nascente subterrânea, conhecida como “Fosse Dionne”, na região da Borgonha, na França, mas nunca chegaram ao fundo dela, porque literalmente, até hoje ninguém conseguiu chegar ao fundo.

O Fosse Dionne é uma enorme fonte em torno da qual a cidade de Tonnerre foi construída. Desde tempos imemoriais, ela  tem expelido grandes quantidades de água, com um fluxo monumental de cerca de 311 litros de água por segundo em uma base regular, que pode aumentar para 3.000 litros por segundo se chover na região. Os romanos o usavam para beber água, os celtas a consideravam sagrada e os franceses a usaram como balneário público durante os anos 1700, mas ninguém conseguiu localizar sua fonte. Muitos tentaram, e alguns morreram tentando, mas a fonte do Fosse Dionne permanece um mistério até hoje.

Foi por volta do século 18 que as pessoas que olhavam para a piscina aparentemente sem fundo da Fosse Dionne começaram a se perguntar onde isso poderia levar. Alguns alegaram que era um portal para outro mundo, enquanto outros estavam convencidos de que seu fundo era o lar de uma cobra gigante. Por que? Eu também não sei, hehehe.

Décadas passadas e o mistério de Fosse Dionne só se tornou mais fascinante. Em 1974, dois mergulhadores profissionais desceram nas passagens estreitas das rochas calcárias, mas em vez de encontrar a fonte da nascente, encontraram o seu fim, incapazes de navegar adequadamente pelo abismo afilado. Então, em 1996, a cidade de Tonnerre contratou outro mergulhador para chegar ao fundo das coisas, mas ele também morreu tentando.

Até hoje, ninguém conseguiu chegar à fonte de Fosse Dionne. No ano passado, o prefeito de Tonnerre contratou mais um maluco convidou o mergulhador profissional Pierre-Éric Deseigne para finalmente resolver o mistério. Ele desceu mais de 70 m no subsolo, aventurando-se a mais de 370 metros da entrada da cavidade, mas não conseguiu chegar ao fundo dessa nascente.

Não há como negar que a água da nascente cárstica emerge de uma rede de cavernas calcárias subterrâneas, mas neste caso ninguém conseguiu localizar sua origem, e com as histórias dos três mergulhadores que morreram tentando fazer exatamente isso, não é surpresa que os mergulhadores não estejam exatamente fazendo fila para tentar um mergulho ali.

Talvez existam mistérios que estarão para sempre na penumbra da obscuridade de nossos conhecimentos.

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertisment

Últimos artigos