fbpx

bizarro, ciência, Curiosidades, incrível

Moleque do Nepal inventa painel solar feito de cabelo

Escrito por Philipe Kling David · 1 Minutos de leitura >

Caraca, meu.  Olha que legal esta notícia: Um jovem de apenas 18 anos, que vivia na distante vila rural de Khotang, um lugarejo sem luz elétrica, encravado em meio a montanhas quase inacessíveis do Nepal teve a brilhante idéia de criar um painel solar sem silício. Na verdade, ele resolveu usar um material muito mais barato e amplamente disponível: cabelo humano.

Segundo o jovem Milan karki, de 18 anos, o cabelo tem propriedades perfeitas para o uso em painéis solares. O melhor de tudo é que isso reduz dramaticamente o custo. Um painel solar feito de cabelo humano sairia por cerca de 23 libras, ou algo em torno de 69 reais.

Milan diz que no início, ninguém acreditava na idéia dele e ainda faziam pouco caso. Foi necessário que ele provasse na prática a geração de energia para que fosse levado a sério pelos companheiros da cidade.

“Antes eles acreditavam apenas em supertições. Mas agora acreditam na Ciência” – Diz o jovem, orgulhoso de seu feito.

Em pouco tempo, o jovem visionário começou a produzir painéis solares caseiros para  a miserável vila onde mora. Agora ele sonha em eletrificar o mundo, com enegia limpa e ecológica.

O painel de cabelo produz 9 volts (18 watts) de energia com 23 libras, mas o jovem prevê que em uma produção em massa, será possível produzir painéis com um décimo deste valor.

O segredo da invenção está na melanina, que dá a cor ao cabelo. O jovem percebeu que a melanina é bastante sensível a luz e também capaz de atuar como um condutor.

O jovem credita aos pais o sucesso de sua invenção; ” se meus pais não pudessem pagar pela minha educação eu teria que começar a trabalhar muito jovem e não poderia estudar”.

Isso nos traz duas importantes lições:

1- A educação de qualidade melhora efetivamente a vida das pessoas.

2- Centros de pesquisa, gastando milhões de dólares diários, podem ser suplantados por pessoas pobres, com boas idéias.

Curioso é que esta idéia do painel solar, tão excepcional, tenha surgido no Nepal, um dos países mais pobres do mundo. Isso é ótimo. Essas pessoas são pobres, mas não são burras.

Fonte

AVISO: Era tudo uma fraude. Confira aqui

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

Hackers atacam a radio misteriosa UVB 76

em Curiosidades
  ·   33 segundos de leitura

O homem que levitava

em Curiosidades
  ·   8 Minutos de leitura

17 respostas para “Moleque do Nepal inventa painel solar feito de cabelo”

  1. Cara, já tinha lido essa reportagem. O cara não apenas é inteligente e teve uma idéia bacana, como está usando esta tecnologia para ajudar a vila onde nasceu.

    Nota 10 pra ele. 🙂

  2. Se ele não se ligar, vai acabar como meu grande ídolo, Nikola Tesla. Energia limpa, gratuita ou de baixo custo, made in home, é sinônimo de alguem morto.

    Muita gente sabe segredos sobre energia e sua geração, mas se tivéssemos energia gratuita, imagina aí Sr Philippe, pensa no papoco!

    O primeiro que iria sofrer uma reviravolta visceral seria o sistema capitalista. E por aí vai….

    Acho que isso não dá certo em grande escala não, ainda não estamos preparados….

  3. Cuidado ao mexer com dados técnicos. Volts e watts são coisas muito diferentes, a libra não é uma unidade usada no Brasil, e falta dizer o mais importante, que é a área do painel.

    1. Não são coisas diferentes, Potencia = Volts*Corrente*(fator de potencia), sendo uma geração CC o fator de corrente é igual a 1, sendo que o fator de potência é igual ao cosseno do angulo entre tensão e corrente que em CC seria 0.
      Logo a informação da potência 18W e da tensão 9V, nos informa que a corrente máxima fornecida será de 2A, ou seja, caso a aplicação necessite de uma corrente maior, deverá as placas serem ligadas em paralelo.

  4. As duas lições que você tirou desta história são muito importantes!!

    O que me deixa impressionada é a quantidade de gênios que aparecem em países miseráveis.
    Pra mim esse rapaz é um gênio, ter uma situação de vida precária e ainda ter capacidade emocional para tamanho invento, útil, barato e ecologicamente correto. Uau!!

    Lembra que outro dia vc estava discutindo sobre “dom”, acho que neste caso podemos usar a palavra “dom” como a capacidade de buscar o conhecimento em uma situação tão adversa e conseguir a solução para sua comunidade e quem sabe para muitos outros no mundo.
    Abraços.

  5. Melanina não é aquele elemento que DÁ COR ESCURA À PELE, também? Então o cara que é meio escurinho já deve ficar meio esperto…aí, óóó…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.