Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

A nossa foto Gump do dia mais uma vez é um lugar de culto religioso. Sem duvida este é um dos lugares mais Gumps do planeta Terra.
As 11 igrejas de pedra construídas pelo rei etíope Lalibela são consideradas a Oitava Maravilha do Mundo. A data exata do governo de Lalibela é desconhecida, mas vários historiadores especulam que ele reinou no final do século 12 ou início do século 13 DC.

Lalibela era um cristão devoto que sonhava em recriar Jerusalém em sua terra natal, a Etiópia . Os invasores muçulmanos haviam interrompido temporariamente as peregrinações à Terra Santa cristã, então Lalibela decidiu criar uma Terra Santa cultivada em casa, construída com lajes de rocha cinzeladas. A visão de Jerusalém de Lalibela incluía igrejas de pedra intrincadamente entalhadas com janelas, colunas, valas de drenagem e catacumbas.

 

 

 

 

A Igreja de São Jorge, conhecida como Bete Giyorgis, é uma das criações mais inspiradoras de Lalibela. São Jorge é frequentemente descrito como um santo militar proeminente vestido com uma armadura valente. São Jorge teria morrido por decapitação. Parece apropriado que um governante poderoso como Lalibela se sinta compelido a venerar um dos grandes santos guerreiros do Cristianismo. A Igreja de São Jorge foi esculpida em uma única laje de pedra incrustada na terra. Uma vista aérea da Igreja de São Jorge revela uma cruz de pedra austera erguendo-se de uma grande caverna esculpida na rocha cor de ferrugem das montanhas circundantes.

Ninguém sabe ao certo se a Igreja de São Jorge foi concluída durante a vida de Lalibela, ou se foi construída após sua morte em uma tentativa de honrar seu legado. A igreja de pedra em forma de cruz tem sido um local popular para os peregrinos cristãos desde que foi construída há muitos séculos. Há ate especulações que a famosa arca da aliança poderia estar oculta no complexo.
A rede escavada de igrejas de pedra de Lalibela parece impossível de ser acessada por olhos destreinados, mas um observador atento notará que há uma pequena entrada feita pelo homem que dá acesso às estruturas de pedra sagrada. Inúmeros peregrinos cristãos vestidos de branco acorreram à Igreja de São Jorge para orar e expressar seu compromisso com sua fé cristã inabalável.

Vista aérea da igreja monolítica escavada na rocha de Bete Giyorgis, Região de Amhara, Lalibela, Etiópia

A cidade de Lalibela está localizada em uma região remota da Etiópia. Os moradores de Lalibela vivem uma vida simples e austera dominada pela prática religiosa. Muitos cristãos devotos acreditam que as igrejas de pedra de Lalibela são um dos locais sagrados mais verdadeiros e puros que ainda existem no mundo moderno. A visão do rei Lalibela de uma nova Jerusalém continua a prosperar muitos séculos após sua morte. Todo peregrino cristão que está diante da piscina batismal da Igreja de São Jorge é grato pela inspiração divina de Lalibela, um dos lugares mais gumps do mundo.

Foto gump do dia: A igreja de São George

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido !!