Falando bonito

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Saber falar bonito é uma arte. A linguagem pode ser o mais intransponível obstáculo cultural numa sociedade. Os políticos que sabem muito bem disso, se arvoram em desfiar discursos recheados de termos complexos e herméticos. Nada mais útil a um político safado do que enfiar palavras complicadas em seu discurso com o objetivo claro de confundir seus interlocutores.
É a tática da confusão e fuga, usada na natureza. Das listras da zebra e do tigre, às cores vibrantes de certos animais, confundir e fugir é uma tética comprovadamente funcional. Fernando Collor de Mello usou e ainda usa destes estratagemas com os descamisados. Sarney e Maluf também.
Hoje, o linguajar complicado virou meio que um padrão até -mas não somente – para o político “podrão”. Mesmo em certas situações onde o cara é um notório analfabeto, falar difícil se faz necessário. É o que o povo espera do seu representante. Que ele roube, que ele vegete drenando o erário público, mas que ao menos faça isso falando bonito com o peito inflado.

Assim, nada melhor que abrir um dicionário e catar palavras complicadas que soem sonoramente eruditas e assim fazer valer o voto de cabresto que os colocou lá no púlpito.
Aqui está um pequeno trecho de rádio onde um deputado que tem a alcunha pitoresca de “carro velho” envia mensagens a seus eleitores.

Realmente, é uma beleza saber o elevado nível de cultura de nossos políticos.

Sem mais para o momento, Volens Nolens, cumpre-me a tarefa de encerrar o vestuto dito, que sem hesitação, aplico nesta missiva.
Insuflado de regozijo malgrado fugaz o ensejo, colho-os para apetecer alvíssaras e enviar um amplexo a todos vós.

Comments

comments

4 respostas

  1. Nossa!
    Escolha de palavras magnificas!
    Estrogonoficamente bem colocadas,fazendo uma total estrambolidade com o português.

    O negocio é falar dificil,enxer linguiça e mandar ver!
    \o/

  2. Considero demasiadamente desassissada a atitude tomada por esses políticos, que transmitem uma idéia ersatz e supérflua, capaz de deixar rubicundo o mais fleumático dos cidadãos e torna-lo um assumido sesquipedalofóbico. Um discursso célere, frugal e estreme pronunciado por um político loquaz, continuaria atraindo os mentecaptos e energúminos, além de ser tácito pelo público elitizado.

  3. CARO AMIGO  erário e com E nao com H outro erro foi dizer  erário público,pois por definição  erário e dinheiro público fora isso excelente texto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eu dei duro aqui

Com 15 anos de sangue suor e lágrimas, eu me esforcei para fazer um dos blogs mais antigos e legais do Brasil. Mis de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários, mais de 20 livros, canal, programa de rádio, esculturas... Manter isso, você pode imaginar, não é barato. Talvez você considere me apoiar no Patreon e ajudar o Mundo Gump a não sair do ar.
Ajuda aí?

Conheça meus livros

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.