Como fazer a fantasia completa do Predador

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

O nosso amigo leitor Tio AlexKid viu o post falando das mascaras e silicone e disse que estava procurando a fantasia completa do Predador. Ele queria saber se eu poderia fazer a roupa inteira do predador pra ele. Certamente, uma coisa dessas não sai barato.Como eu gosto muito do Predador, tenho vários amigos gringos que são realmente loucos pelo personagem e um desses caras já cometeu a nerdice suprema de fazer a roupa inteira do predador em borracha. Mais maneiro que isso só chegar numa convenção pilotando um At-At do Império ou ter o Ed 209 como cão de guarda em casa.

Felizmente, para a felicidade da galera que curte e da galera que faz, o Scott Marshall mostrou em fotos algumas partes do longo e trabalhoso ao cubo processo de fazer o Predador. A fantasia é incrivelmente fiel ao original, aquele com o Anold Shwarzenegger.

Vamos ao passo-a-passo. Eu não tenho certeza, mas tudo indica que ele começou fazendo a cabeça do monstro. Para isso, usou um busto standard que é usado por quase todo mundo que fabrica máscaras. Em seguida, sobre o busto, usando imagens e fotos da fantasia original do Stan Winston Studios, como referência, o cara começou a esculpir em oil base clay a cabeça do predador.

Após modelar a mascara, Scott tira o molde dela. Para isso ele usa silicone, que é aplicado sobre a escultura. Em seguida, um berço de gesso é adicionado, para manter a rigidez da fôrma. Com cuidado ele tira a peça de massa lá de dentro e pode começar a derramar o látex. Deixa-se varias horas o látex gelificando no interior da forma e depois derrama-se o excesso. A operação é repetida diversas vezes para dar rigidez ao látex. Quanto mais repetições, mais rígida ela fica.

Note que a forma da cabeça vai desmontada em algumas partes, (dentes, espinhos, dreadlocks) porque elas dariam ângulos negativos, o que estragaria a fôrma.  Essas partes são posteriormente montadas na mascara com cola de poliuretano.

Após tirar as primeiras máscaras, Scott começa o trabalho de pintura que envolve máscaras e aerógrafo. A pintura é feita em etapas, e ela dá uma vida da peça que chega a parecer mágica. Tintas especiais para látex são usadas nesta fase.

Em seguida, ele esculpe um dreadlock matriz, do qual será feta uma fôrma, para reproduzi-los aos montes. Não tenho certeza, mas parece que esta peça é feita em clay e suas replicas em um material composto chamado espuma de latex.

Após a pintura, acabamento e colagem dos dreadlocks na mascara, ela fica assim:

Show, né?

Agora chegou a vez da roupa propriamente dita. Scott começa esculpindo o tronco com massa clay. Sobre a massa, ele aplica silicone. ( o procedimento é o mesmo descrito acima)

A peça é esculpida com os braços abertos, para facilitar a moldagem. Após cobrir a escultura com uma camada generosa de silicone, ele recobre tudo numa concha de gesso. Barras de metal ajudam a dar resistência aos braços abertos.

Depois que o gesso seca, ele abre a forma, retira a escultura lá de dentro e fecha novamente. A peça está pronta para receber o latex. No peitotal ele começa aplicando camadas de latex intercaladas com o molde aberto. Ele faz isso para evitar bolhas e acumulação de material em certas partes.

Para peças grandes, uma grande quantidade de material é necessário. Ele adaptou um soprador termico que é encaixado na forma para facilitar e acelerar a secagem do latex. Fibras de tecido são depositadas com o latex, para aumentar sua resistência ao rasgo.

Posteriormente, o molde é fechado e é adicionada uma quantidade de latex que dá uniformidade e cola as duas partes de latex, tornando uma peça só.Após varias horas de secagem a fôrma é aberta e a peça retirada.

Outros elementos da roupa são moldados separados e colados no peitoral, que recebe acabamento (remoção de emendas, ajustes, etc)

 

Em seguida, ele começa a fazer as pernas. O processo parte de duas barras de ferro soldadas. Sobre elas Scott esculpe as formas e seguindo as fotos de referência dá acabamento até ficar como ele quer.

Nada mal, hein?

Após esculpir, ele recobre a peça de silicone e depois faz o berço de gesso. Ele usa cartas de um velho baralho para separar a linha de forma, de modo que o silicone da parte traseira não se conecte com a parte frontal. Isso facilitará a criação da fôrma em duas metades.

 

Após um bom tempo adicionando silicone, a fôrma das pernas finalmente está pronta:

Do mesmo jeito que no peitoral, ele adicional latex e fibras antes de fechar a Fôrma.

Imagino o cheiro de amônia monstruoso que deve estar na casa dele. A etapa seguinte, envolve tirar uma peça das pernas e efetuar os acabamentos.

Antes de pintar, ele veste para ver se ficou legal

Scott achou “aceitável” a roupa. Ele também criou moldes para as mãos e os pés da criatura.

No total, podemos ver o kit completo, composto de nove itens sem contar os dreadlocks:

E então começa a fase de pintura, onde a mágica começa a acontecer.

Com aerógrafo ele pinta o peitoral.

E depois, as pernas:

Ele adiciona os detalhes na peça:

Aqui vemos a roupa vista por trás:
Scott faz um acabamento de aguada, simulando a oxidação no metal, para acentuar o realismo.

O pé da criatura:

E a mão:

Até o colar de ossos que adorna o Predador é feito com moldes:

E então a fantasia está concluída.

Scott veste a roupa do alienígena caçador de cabeças para ver como ficou.


E então está pronto para tirar aquela onda-tsunami na festa a fantasia.

Obviamente que ele não faz isso a toa. Scott vende roupas do predador para os fãs do Predador, e uma fantasia completa custa cerca de U$ 6.000. Ele também vende só a máscara.

fonte: Facebook do cara

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

55 respostas

  1. Acho q o predador é como um tcc do curso universitario de efeitos especiais, pra vc ser visto como apto a criar coisas malucas tem antes q ter feito seu proprio predador. Alias eu preciso terminar o meu!
    deêm uma olhadinha pra ver como esta ficando!!!!
    http://misterconne.blogspot.com

    1. HAhaha, tá muito legal cara. Eu tb já fiz o meu, em escala 1:1. Ele ficava na parede do meu quarto, como troféu. Mas aí quando me casei aquilo não combinava com a decoração, e ele foi para o lixo com um defunto completo, dois aliens 1:1, uma cabeça de filhote de dragão, uma mão de vampiro, e mais um monte de outras coisas estranhas.

  2. Seis mil? Putz, que barato! Não que eu tenha grana sobrando pra gastar num capricho desses, mas uma peça assim é um tesouro de memorabilia! Agora, imagino que seja meio desconfortável vestir isso, não? Esse silicone é daquele tipo que excreta aquele suor oleoso com o passar do tempo? Se for tem que colocar em uma área vedada, pq quando aquilo começa a pegar poeira fica um sebo só, hahaha. Interessante ele fazer as partes da armadura direto na peça de silicone, quando vi sem pintura achei que ele tinha pisado na bola, mas o cara sabia o que tava fazendo.

    1. Deve ser mesmo. E o cara ainda usa uma segunda pele por baixo. Mas se bem que se ele mora no Canadá, isso pra ele é ma vantagem, hahaha.

    1. O cara esculpe a cabeça do monstro. Depois ele faz uma fôrma de silicone e gesso. Em seguida, derrama latex dentro, deixa gelificar, extrai o excesso e espera a secagem do latex. Ao fim do processo ele abre a forma e tira a máscara.

  3. ola amigo tudo bem? teria como vc mandar as fotos ai acima e o preço para meu imail , e tambem queria saber se tem como usar ca mascara eu ja tendo dread ? abraço e parabens trabalho fantastico , \o/ rox

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.