Balada

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Ela só queria amar
Sair pra dançar
Talvez até beber
Saiu pelo portão
Em busca de emoção
Sede de viver

Mas, com pressa de chegar
Foi se arriscar
Num beco qualquer
Surgiu na escuridão
Um ladrão com um tresoitão
“A grana ou vai morrer”

Desesperada e aflita
Com medo de ser agredida
Ela clamou por Jesus
E o bandido indigente
Com seu poder inclemente
Alimentou os urubus

E num estalo de terror
Despencou sentindo dor
Um trapo de mulher.
Pois pra todo perdedor,
Tem um vencedor
Que sabe o que quer.

Bailou nesta noite bandida
Que chega e te deixa perdida
Olhando pra um túnel de luz
É como uma picada ardente
Que fere mais uma inocente
Que vai terminar sob a cruz.

Mas o atirador
Que era de menor
Eles não vão prender.
É só mais um predador
Na selva da dor
Que já deu no pé.

Deixou a moça estendida
desvalida, torta, sem vida
Num beco sujo sem luz
Morreu mais uma penitente
Que saiu pra balada contente
Balada que o destino conduz.

Ela só queria amar
Sair pra dançar
Talvez até beber
Acabou bem na contra-mão
Fez o ganho do ladrão
Balada ao anoitecer

Tá aí. Se alguém quiser fazer uma musica com esta letra, eu gostaria de ouvir.

Comments

comments

15 respostas

  1. Música com algo tão bobo?
    Está muito longe de ser uma letra com ativismo de Chico Buarque.
    É mais um grito egoísta de um carioca burguês que vê a realiade pela sua TV de plasma, seu romertits.

    1. Obrigado mesmo, cara. Você deve gostar muito de mim e do meu trabalho para me comparar logo com um mestre como o Chico.
      Estou há anos luz da capacidade do Chico Buarque de Hollanda e tenho absoluta convicção disso. Mas aí eu pergunto, se eu fosse um Chico Buarque eu seria blogueiro? Possivelmente não.
      Eu só disse que eu gostaria de ver esta letra musicada, só isso. Por que será que isso te incomoda tanto? Alguém tem uma pista?
      Caro incomodado, talvez você honre o seu sobrenome ‘Seixas” e quem sabe possa fazer algo até superior, mas o fato de você considerar bobo não significa que eu não tenha o direito de dar meu grito egoísta burguês, beleza?
      Ah, e minha televisão é de LCD.

  2. Fala Philipe, beleza? Eu sou compositor.
    Achei interessante a idéia da letra, ela sozinha tem musicalidade nas palavras, tem o tema e tem dinâmica. Na minha opinião o que peca é esse tipo de rima conhecida como “pobre”, quando você rima, por exemplo, “amar” e “dançar” ou “vencedor”, “dor” e “perdedor”. Às vezes uma rima inesperada como “creio” e “cabelo”, “cantar” e “acordará” torna a letra mais bonita. Só um ponto de vista mesmo. Acho que o cara do primeiro comentário não leu tudo ou teria entendido melhor a trama.

    Por outro lado, parece um funk (não o do George Clinton ou James Brown), se for essa a intenção, há quem diga que a simplicidade é o melhor caminho. Abraço!

    1. Pois é, eu tenho este hábito da rima pobre. Mas eu fico impressionado que certos leitores me levam muito a sério. Vocês não tem ideia da forma esculhambada que eu invento essas merdas. Esse eu escrevi direto na janelinha do blog (como 99,999% de tudo aqui) e me levou menos de três minutos. Fui fazendo sem saber no que ia dar e deu nisso. Não quis fazer uma musica, não elaborei pra fazer. Só fui fazendo umas riminhas e tal. Aí chega um maluco lá e me compara com… O Chico Buarque, hahahaha. Porra parece que é o publicitario que comparou o Fiesta com a Lamborghini, né?
      E nem é musica, é uma poética vadia. Mas talvez desse um sambinha.
      Eu só queria brincar com a coisa da “balada”.

      1. Hehehe relaxa Philipe, o cara viajou te comparando com o Chico. Você tá muito mais pra Shakespeare, Bob Dylan ou Bill Clinton. Será que essa ele leva a sério também?

  3. Bobo? bem gosto e cd cada um tem o seu, “Atirei o pau no gato” é bobo e aposto que o rapaz conhece decoradamente…
    Lendo me veio a cabeça um rap só faltaria o refrão Como seria Philipe?

    :B

  4. Para ser uma rap precisaria aumenta-la, vou tentar, mas vai demorar um pouco. Acho divertido, e exercita mais o cérebro do que xingar blogueiro. :raisebrow:

  5. Olá!
    Tentei musicar, mas ainda não saiu nada que preste.
    Ainda vou tentar mais, mas nada prometo 🙂

    em tempo:
    tratei de um tema parecido numa canção minha chamada A BALA (q inclusive foi uma das finalistas e premiada no VI festival da Meruoca no Ceará).

    http://clubecaiubi.ning.com/profile/JeffersonPortela é o link para minha pagina de composições no Clube Caiubi, onde, inclusive, vc pode postar outras letras e poesias (vi q tem outras aqui) e finalmente arranjar parceiros de vergonha que não vão ficar lhe comparando com Chicos e Caetanos de maneira pejorativa ao menos.

    Gostaria q vc(s) desse(m) uma escutada n’A BALA.

    Descobri seu blog hj apenas e já está nos meus favoritos!
    Além de músico, faço outras coisas (http://blogsivirino.blogspot.com/), caso vc precise, de um toque!

    Abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eu dei duro aqui

Com 15 anos de sangue suor e lágrimas, eu me esforcei para fazer um dos blogs mais antigos e legais do Brasil. Mis de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários, mais de 20 livros, canal, programa de rádio, esculturas... Manter isso, você pode imaginar, não é barato. Talvez você considere me apoiar no Patreon e ajudar o Mundo Gump a não sair do ar.
Ajuda aí?

Conheça meus livros

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.