Ana Bella e o peso do saco

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

O meu tio Arlênio lá de Macaé me mandou este áudio. É de matar de rir. Eu fiquei tentando me colocar no lugar do locutor, tentando manter sério para não fazer a tal da Ana Bella passar vergonha. Mas veja se é possível.

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

15 respostas

  1. HUHAUAHuAHuAHuahUAHUA,ri mto.
    tem um livro que diz que até cães, gatos, cavalos e outros animais têm essa noção matemática (de maior e menor).

  2. kramba, acabei de me tocar q ela disse q estava de férias.
    Com q será q essa mulher trabalha?
    AHuAHuAHUAHAUhaUhAUahuHuHuHuAhaUhaU
    imagina ter uma empregada dessas

  3. Mulher burra meu deus. Como Deus permite alguém demorar mais de 3 minutos para descobrir que o saco pesa mais de 4 quilos e meio.
    Até minha cadela descobri isso mais rápido

  4. Antes que comecem a falar que portugues é burro, pensem bem… não conheço portugues pobre no Brasil, só tem portugues bem de vida.

    Muitos brasileiros trabalham para portugueses, dificilmente (raramente) ao contrario.

    1. Há mais ai já estariamos falando de condição social, existe burro rico e burro pobre, diriamos que os portugueses em sua maioria burra são ricos…sabedoria não necessáriamente significa ser rico no sentido monetário… :B

    2. Tem burro em tudo que é lugar do mundo. A burrice não é prerrogativa de nenhuma nação.
      Sobre os portugueses se darem bem aqui, é pura verdade. Nunca vi na minha vida um português pobre no Brasil.
      90% ou mais das empresas de ônibus estão nas mãos de portugueses.
      Eu poderia supor que na verdade isso se explica porque quando uma pessoa emigra, ela o faz com um profundo desejo de se estabelecer em outra nação. As pessoas que emigram o fazem porque já tem uma inquietude interna em seus países. Elas tem um perfil empreendedor. É assim com os Brasileiros que vão para a América, é assim com os Portugueses que vem para o Brasil.
      O ruim é que independente do país, pra cara trabalhador esforçado e dedicado, há uma legião enorme de parasitas preguiçosos e acomodados.

      1. Convive mais com os pobres que mais cedo ou mais tarde vai se deparar com um português…Aqui em São Paulo é fácil basta apenas se dirigir a um restaurante “Bom Prato”…Recomendo o da Lapa lá almoça o Manuel… :B
        Também conheço uma cidade que dia 21 fez 50 anos e é onde mais encontram-se parasitas, preguisosos e acomodados… :B

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.