A estranha pirâmide da Argentina

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

O Salar de Arizaro, a segunda maior planície de sal da Argentina, é o lar de uma das formações naturais mais misteriosas do mundo – Cono de Arita, uma pirâmide cônica de 200 metros de altura que tem um formato tão perfeito que parece ter sido feito pelo homem.

Na verdade, durante todo o início do século XX, todos estavam convencidos de que o Cono de Arita, como as verdadeiras pirâmides do Egito, havia sido construído por seres daqui (ou nem tanto). Porem, para desespero (leia com a voz do narrador do History) “dos defensores ferrenhos das teorias dos antigos astronautas”, pesquisas científicas mostraram que essa formação imponente é, na verdade, a ponta de um pequeno vulcão que não tinha o poder de romper a crosta terrestre e expelir lava ou desenvolver uma cratera. Hoje é considerado o cone natural mais perfeito do mundo.

Ainda existem muitas incógnitas sobre o Cono de Arita, mas o que as lendas e evidências arqueológicas sugerem é que pode ter sido usado como local cerimonial desde antes da chegada dos Incas. O lugar também parece ser um “ponto quente”, para ufologia, já que numerosos avistamentos de OVNIs também foram relatados na área, o que só aumenta o mistério do lugar.

Cono de Arita é por vezes referido como “o vulcão flutuante”, devido à ilusão de ótica que as pessoas frequentemente veem quando olham para a formação cónica de longe. Contra as vastas salinas, o vulcão às vezes parece flutuar.

Chegar ao Cono de Arita significa atravessar o árido Salar de Arizaro, o que não é uma tarefa fácil, portanto, apesar de seu fator surpreendente, esta formação natural nunca atrai grandes multidões.

Andar através desse terreninho aí é pra quem tem as skills

Não deixa de ser um lugar espetacular, uma paisagem que traz consigo um certo “quê” de alienígena. Já está no caderninho da futura “expedição gump”.

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.