Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Aqui está uma pequena lista de dez lugares bastante curiosos e estranhos do mundo. Saca só:

1- Rocas Baimbridgen – Galapagos – Equador

Este lugar incrível fica no Equador e pertence ao arquipélago de Galápagos. Esta inacreditável lagoa de águas rasas no meio do mar é uma praça de alimentação para milhões de flamingos.

2- Cratera Nyiragongo – África

Trata-se do maior lago de lava do mundo.

3- Navagio Beach – Grécia

Trata-se de uma das praias mais bonitas do planeta. Banhado pelo mar cristalino, esta praia fica na beira da escarpa de um gigantesco rochedo. Como se a natureza já não tornasse o lugar suficientemente especial, um navio naufragado no meio da praia completa o visual de sonho. Esta praia fica na ilha de  Zakynthos, e atrai milhares de turistas ricos que chegam la a bordo de navios de cruzeiro, veleiros e de lanchas milionárias.

4-Havasu – Arizona Falls – EUA

Tá aqui um lugar tão espetacular quanto inacessível. Para chegar nesta inacreditável cachoeira que fica no meio do deserto do Arizona, só viajando de avião, de carro e finalmente de cavalo. Há também um helicotero que leva as pessoas até o lugar. Este lugar fica no Havasupai Indian Reservation no Grand Canyon National Park.

5- Mont Saint Michel – França

Um dos lugares mais interessantes da Terra é o Monte San Michel que em certas horas é engolfado pela água e revela o esplendor da construção. Ele fica numa cidade medieval chamada Avranches. Lá está o mosteiro que dá o nome ao lugar. Este mosteiro, fortificado no século XIII, integra um conjunto com mais três cidades cujas fortificações e desenvolvimento são notáveis: Aigues Mortes (1270-1276), ponto de reunião dos Cruzados rumo à Terra Santa, Carcassone, célebre por suas defesas, e Avignon, sede alternativa da Cristandade (1309-1377). Estas cidades fortificadas, denominadas “bastides” marcavam a fronteira dos reinos ao final da Idade Média, servindo como elementos de defesa e dando ao povo novas oportunidades sociais. Foram construídas mais de 300 só na França, entre os anos de 1220 e 1350.
6-O vale da morte – Califórnia

No vale da morte (um dos lugares mais secos da Terra) se encontra o lugar chamado Playa Death Valley. Lá um estranho fenômeno acontece. Durante anos o fenômeno intrigou as pessoas. Era o mistério das pedras que andavam. Trata-se de uma área aberta enorme, que contém algumas pedras que ao longo de anos e anos deixaram um rastro marcado no solo, como se elas estivessem andando. Os rastros fazem curvas, mudam de direção e por vezes se  interpõe. Já fiz um post sobre isso aqui no blog, mas o lugar é definitivamente um dos mais Gumps da Terra.

7- Pamukkale -Turquia


Trata-se de um conjunto de piscinas termais que descem em forma de cascata numa colina localizada no sítio Hierápolis-Pamukkaleconsiderado patrimônio da humanidade pela UNESCO, naTurquia.
Pamukkale significa “castelo de algodão” em turco. Olhando parece ser frio, pela impressão de que seja neve, no entanto, a água contida nessas bacias é quente! A explicação científica para esse fenômeno é que os locais térmicos localizados abaixo do monte provocam o derrame de carbonato de cálcio, que solidifica na superfície, como se fosse um mármore.
O local é totalmente propício para banho e a paisagem é fenomenal! O efeito da erosão pela água ao longo do tempo foi dando à colina formas variadas, moldando ela de formas incríveis e até mesmo bizarras, que continuam se transformando continuamente. Tanto a água como as “cascatas” mudam de cor de acordo com a luz solar, resultando num efeito espetacular! Sem duvida um dos lugares mais bonitos do mundo.
8- Os degraus da Índia






Conhecidos como Baoli Stepwell, são formações arquitetônicas incomuns, encontradas no oeste da Índia e também no Paquistão. Os degraus parecem infinitos, e isso foi feito assim porque de acordo com a época do ano, a quantidade de água nos reservatórios era variável. O visual do lugar confere uma aparência incrível, quase onírica.
9- Gruta do Lago Azul – Bonito – Brasil







A gruta do Lago Azul é um dos lugares mais bonitos do Brasil. Tanto que fica num lugar chamado Bonito, em Mato Grosso do Sul. Aliás, o Brasil tem tantos lugares fantásticos que ficou impossível de escolher um só. Vou ter que fazer um post só de lugares Gumps no Brasil. Mas dá só uma olhada que beleza de lugar que é esta gruta, onde a luz tinge de um azul que parece efeito especial mal feito de tão linda. De babar!
10- Palau – Micronesia












De longe, Palau é um dos mais belos e exóticos rincões do planeta.  O mar cristalino,  as rochas cobertas de vegetação, tantas ilhas que é impossível contar. Parece até 3d, mas é real.

10 lugares Gumps

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

60 ideias sobre “10 lugares Gumps

  • 28 de março de 2011 em 22:50
    Permalink

    Rapaz…Bonito fica em Mato Grosso do Sul

    se os do sul lerem isso vao kerer te matar, é = chamar chines de japa

    Resposta
    • 29 de março de 2011 em 10:17
      Permalink

      O que indicará em que grau o estado do Mato Grosso do Sul é cheio de bichinhas frescas e chiliquentas. Sinceramente, eu espero que os caras lá sejam gente boa de chegar e dizer: “Ei, tá errado ali”, ou “bota o do Sul aí, caraio!”
      Pior se entrar uns pela-saco cheio de marra do tipo: “Nunca mais entro neste site porque você errou o meu amado estado da federação!”

      Resposta
  • 29 de março de 2011 em 0:01
    Permalink

    porra Gump….. me decepcionei contigo …. Bonito Mato Grosso foi foda ….. achei que você tivesse um QI acima dos outros blogueiros por aí …
    Bonito fica em Mato Grosso do Sul …. por favor.
    è a mesma coisa que eu querer colocar o Cristo Redentor em São Paulo. É ignorância.

    Resposta
    • 29 de março de 2011 em 10:10
      Permalink

      Cara eu estava tão focado nas imagens que ESQUECI de colocar o “do Sul” no texto. Isso não significa que eu não saiba que é lá. E o Quociente intelectual é uma coisa diferente de grau de erudição, hahahaha

      Resposta
      • 29 de março de 2011 em 13:58
        Permalink

        5 letras que fazem toda diferença…. se ninguém avisa fica por isso mesmo. Isso vem acontecendo desde 1979…. imagina uma pessoa te chamando de Felipe desde que você nasceu.. agora imagina todos te chamando de Felipe e escrevendo teu nome desta maneira… em jornais, revistas, blogs, tv …. É uma questão de respeito com a identidade de um povo.
        Agora vem você escrever como resposta do primeiro comentário “…é cheio de bichinhas frescas e chiliquentas” parece que sua primeira defesa, ao ser chamado atenção pelo fato, é atacar antes. Acompanho o MG há muito tempo e não deixarei de faze-lo. Seja mais humilde, não vejo nenhuma graça nisso tudo.
        só pra fechar, na década de 80 não existia toda essa encanação ecológica dos tempos modernos e passeávamos livremente por todas as cachoeiras e grutas de Bonito… eu já nadei muito nessa gruta e digo que é uma maravilha… agora quando fui lá com uma antiga namorada foi um espetáculo 😉
        Fique em paz ….

        Resposta
        • 30 de março de 2011 em 10:53
          Permalink

          Cara se eu esquentasse com gente que erra meu nome, PQP! Eu tava fodido.
          Eu não ataco nada antes, meu. Quando eu erro o leitor indica, eu vou lá e corrijo. Simples, limpo e sem nhénhénhé.
          Não existe porque atacar? Atacar o que? Se eu errei, vou lá e conserto. Simples.

          Ao meu ver nem é questão de humildade, é simples: Errei, avisam, consertei, pronto.
          Agora, chiliquinho babaca é chiliquinho babaca em qualquer lugar do mundo, né? Seja no Mato Grosso ou no Mato Grosso do Sul.

          Mas vamos botar a mão na consciência? Eu devo ser esculhambado porque desde 1979 OUTROS erram isso? Eu não sou os outros.

          Resposta
        • 11 de abril de 2011 em 16:22
          Permalink

          Também não achei certo o Philipe xingar os mato-grossenses-do-sul, pois é um blogueiro e deveria de dar exemplo de civilidade e não agir feito as pessoas sem noção que se aproveitam do anonimato para ofenderem os outros nos comentários aqui do blog.

          Resposta
          • 11 de abril de 2011 em 23:48
            Permalink

            Ops, calma aí! Não xinguei nenhum matogrossense. De nenhum dos dois estados. Eu só disse que uma coisa é apontar um erro. Outra é dar pit-bicha.

          • 17 de abril de 2011 em 23:14
            Permalink

            Incrível… O cara seleciona paisagens lindíssimas e locais inusitados e o povo entra aqui pra esculhambar porque ele se esqueceu de “do Sul”? Quanto chilique, hein! Se o local fosse o RJ, o povo de lá teria um treco se ele colocasse Rio? Pelo que vcs dizem, sim, pois vai que é Rio das Ostras, Santa Cruz do Rio Pardo, Rio sei lá das quantas… Acorda, né gente! O trabalho do moço merece elogio e não comentários agressivos. No mais, se ele errou, bastava dizer “ô cumpadi, faltou “do Sul” e ele consertava… agora, ficar dando piti por causa disso… vai arrumar uma louça pra lavar que é mais lucro!

          • 18 de abril de 2011 em 9:32
            Permalink

            Foi o que eu disse. E o pior é que eu consertei a parada poucas horas após fazer o post. Assim que me avisaram e o lance continua rendendo nhenhenhé.

      • 21 de setembro de 2011 em 9:37
        Permalink

        Cara otário! Não perca tempo, está tudo muito lindo!@!!

        Resposta
  • 29 de março de 2011 em 0:09
    Permalink

    Post legal demais! Quanto às pedras que caminham no deserto, acho que o fenômeno pode estar ligado à atividade sísmica do local. Micro vibrações vão movimentando as pequenas rochas, compactando o solo logo abaixo (talvez ainda condensando água na parte inferior mais fria) e com isso fazendo o rastro, trazendo a impressão de que ela está andando pelo deserto com o passar do tempo. Essa hipótese (creio eu) também explica porque elas podem mudar de direção e terem os caminhos cruzados.
    Parabéns pelo post, Philipe!

    Resposta
    • 29 de março de 2011 em 10:08
      Permalink

      Se não me engano é isso mesmo a explicação.

      Resposta
  • 29 de março de 2011 em 2:09
    Permalink

    Putz, grande mancada. É impressionante como o Brasil não conhece sua própria história. Já faz 32 anos que houve a divisão dos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. E não vem com esse papo que é tudo a mesma coisa que não é. Cautela pra não perder credibilidade.

    Resposta
    • 29 de março de 2011 em 10:07
      Permalink

      Grande mancada? Amiguinho, da proxima vez que quiser me avisar que eu errei alguma coisa, só precisa dizer: Ei Philipe, está errado aqui… E eu vou lá e corrijo. Faça como todos os outros leitores, não precisa dar este ataquinho de pelanca por causa das palavras “do Sul” não. Já coloquei lá. Satisfeito?

      Resposta
      • 29 de março de 2011 em 14:48
        Permalink

        Bem, Nobre Senhor, pois sua nobreza deve ser maior que a minha, ao dizer grande mancada, eu disse com relação a todos os idotamente canalhas que não assumem o desconhecimento de toda a história de um povo… E você (agora digo você, por não ser melhor que ninguém) poderia levar na boa um comentário de quem, mesmo sem fazer comentários frequentes, tem este blog como um sentinela algoz da sabedora pop; e não, numa defensiva promíscua e mesquinha dizer que sofri um ataquinho de pelanca.
        E sim estou um pouco mais satisfeito, por ter corrigido o “enfadonho equívoco”. hehe, passe bem, Philipe. Torço para que continue com o ótimo blog aberto a elogios e críticas.

        Resposta
        • 30 de março de 2011 em 11:08
          Permalink

          Bem melhor este tom. Parabéns.

          Resposta
  • 29 de março de 2011 em 8:21
    Permalink

    Olá Philipe,
    A terceira foto de Bonito é na verdade o Poço Encantado, que fica em Itaeté na Chapada Diamantina-Ba.
    Tá aí uma dica para um belo poste sobre as belezas da Chapada Diamantina, onde o portal de entrada é o Município de Lençóis.
    Este site mostra as belezas de Lençóis e de toda a Chapada Diamantina:
    http://www.guialencois.com.br/zoup.fit.asp?fit_pagina=15&fit_pagina_pai=0&fit_tipotexto=1&fit_tipogaleria=0&fit_texto_coluna=0&ZoupSkin=Azul

    Resposta
    • 29 de março de 2011 em 10:01
      Permalink

      Pode crer. Tô ligado que as rochas nem combinam, né? Eu devia ter notado. Alterei lá. Valeu pela dica.

      Resposta
  • 29 de março de 2011 em 11:44
    Permalink

    Da hora a cratera em? Da pra fazer um churrasco de campeão ali em??? hAUhauhUHAuAH

    Mas falando sério, post legal de mais! Muito lugar bonito, que da vontade de visitar e ficar por lá, mas o mais louco é essas pedras que se movem… Cara isso tem que ser filmado. Eu não me aprofundei no assunto, mas vou ler o seu post sobre elas, achei muito interessante!

    Abraços!

    Resposta
  • 29 de março de 2011 em 13:37
    Permalink

    O grande sonho da minha vida é conhecer o Mont Saint Michel, eu tenho tantas fotos de lá…, mas este ano eu vou à Bonito com certeza,… ainda bem que eu sei que estado fica…. he he he num vo te trollar, até porque voce não merece…. mas que dá vontade de tirar uma casquinha,… isso dá. Um beijão

    Resposta
  • 29 de março de 2011 em 15:06
    Permalink

    Legal! Mais 9 lugares fodas pra visitar que tenho que colocar na minha to-go list.

    Bonito eu já visitei e é realmente bonito, mas a gruta da lagoa azul hoje tem o acesso bem restrito. Não pode nem colocar a mão na água.

    Mais um lugar que poderia ser acrescentado à lista é Wulingyan, na China. Vi umas fotos de lá e parece paisagem de 3D.

    Resposta
  • 29 de março de 2011 em 17:18
    Permalink

    maravilhosos lugares, principalmente os naturais. Nao gostei mto das escadas da india, achei a imagem meio mórbida, sei lá! hehehehehe

    Conheço Bonito, e realmente é fascinante! Maravilhoso! Tenho amigos lá…

    Faça um post tipo esse de locais do Brasil, Philipe. Daria um top 20! hehehehehe

    Abraço

    Resposta
    • 30 de março de 2011 em 10:27
      Permalink

      Acho que com facilidade o brasil dá um top 80, ou top 50 lugares fodásticos. A merda é que eu não conheço (vergonha) suficiente o meu país. Mas vou tentar.

      Resposta
      • 11 de abril de 2011 em 16:04
        Permalink

        Você não é o único que não conhece direito o Brasil, pois a viagem é muito cara. Muitas vezes uma viagem internacional sai o mesmo preço ou mais em conta …

        Resposta
  • 31 de março de 2011 em 7:01
    Permalink

    “O sabio aponta pra Lua, o idiota olha pro dedo!”

    Tanta coisa bonita pra se ver, tanta coisa interessante pra se falar… Philipe, para de dar tanta atençao pra gente invejosa. Soh erra quem da a cara a tapa, quem nao escreve, nao erra. Eh logico que quem tem um blog onde posta seguido, vai se enganar ou esquecer de colocar algumas coisas as vezes.

    Ja eu to decepcionada comigo mesma: nao conheço NENHUM desses lindos lugares. O que eu to fazendo da minha vida???? E eu que achava que tinha viajado! : )

    Abraço!

    Resposta
    • 31 de março de 2011 em 9:51
      Permalink

      Sim, mas nesse caso a culpa é minha mesmo, fiquei tão focado no lance das imagens legais que esqueci mesmo de completar o nome do estado dos caras. Mas agora já tá tudo certo.

      Resposta
  • 6 de abril de 2011 em 12:02
    Permalink

    Cara, vc deve ter culhões de búfalo para aguentar certos visitantes.

    Resposta
  • 11 de abril de 2011 em 15:02
    Permalink

    Tanta maravilha criada por Deus e esses babacas ficam com piadas. Não têm coisa alguma no cérebro?
    Warner Munhê

    Resposta
  • 11 de abril de 2011 em 16:00
    Permalink

    Amei! Sou louca para conhecer Bonito e Pamukkale!!!!!!!!! 😀
    Você se esqueceu da Great Reef Barrier (Grande Barreira de Corais), na Austrália. É o maior recife do mundo! Fiquei enlouquecida ao ver as fotos!
    Não se equeçam de entrar no site http://www.new7wonders.com/es/ e votarem nas novas 7 maravilhas do mundo! Foz do Iguaçu está entre elas …

    Resposta
  • 11 de abril de 2011 em 16:43
    Permalink

    Adorei as fotos cara, parabéns! Qto a certos comentários, deixa rolar, não vale a pena se estressar. Segue teu caminho irmão, paz e saúde prá mostrar mais fotos lindas como estas. Grande abraço

    Resposta
    • 11 de abril de 2011 em 18:42
      Permalink

      Cara Caroline, se um dia tiveres a oportunidade de conhecer a Gruta Azul e o Poço Encantado na Chapada Diamantina, descobrirá que o photoshop de lá se chama DEUS!!!! é exatamante como vê nas fotas, o azul e as rochas, tudo incrivelmente desenhado por Ele!!!

      Resposta
  • 11 de abril de 2011 em 22:23
    Permalink

    Pedro, so uma bixa como vc pra ter piti.
    VAi aprender a ter educação, que ta faltando neste pais.
    Philipe, otimo blog, meus parabens.

    Resposta
  • 11 de abril de 2011 em 22:27
    Permalink

    Primeira vez que visito seu blog , fiquei facinada com as fotos e a descriçoes sobre os lugares , muito legal mesmo . Como disse a Ivanise ,o photoshop ai é o proprio Deus.Continua ai fazendo suas postagens , e nao liga pra estes criadores de caso por tao pouco. Sao uns invejosos do seu trabalho . Se querem melhor vai e faz .
    um abraço .

    Resposta
    • 11 de abril de 2011 em 23:04
      Permalink

      tbm estou com vc parabens!!!

      Resposta
  • 11 de abril de 2011 em 23:01
    Permalink

    oi ! nossa achei seu blog por acaso e adorei, vi as criticas mas elas sao boas assim na proxima vc vai capricha.bjuss…

    Resposta
  • 12 de abril de 2011 em 8:55
    Permalink

    Muito interessante!! Os degraus da India faz lembrar a tessitura do Tzolkin. Valeu!!

    Resposta
  • 12 de abril de 2011 em 9:01
    Permalink

    Ei Philipe, aqui, Avignon é muito diferente de Carcassonne e o Mont Saint-Michel, ja é bem mais cidade! Tirando o fato de ainda ser murada e ter o Castelo dos Papas no meio, não tem mais o charme de cidade médieval! Outra cidade que é bem legal na França mas muito menos conhecida é Rocamador (a cidade é construida numa falésia e em varias partes a rocha é uma das paredes das casas e Igrejas!! Tem uma grande migração todos os anos de catolicos pra la (que não sei porque)
    bjos

    Resposta
    • 12 de abril de 2011 em 9:42
      Permalink

      Que legal. Valeu pelas dicas Gisele

      Resposta
  • 18 de abril de 2011 em 8:38
    Permalink

    AINDA TÁ ROLANDO ESSA PARADA DE “DO SUL” OU “NÃO DO SUL”??? AH GENTE, TEM COISAS MAIS IMPORTANTES A SEREM DISCUTIDAS NO MUNDO!!! FICAM DISCUTINDO MESQUINHARIAS…FALA SÉRIO!!

    Resposta
  • 2 de maio de 2011 em 2:50
    Permalink

    Legal.. adorei, o interessante é que mudei pro sul do Mato grosso.. e pretendo visistar bonito nas férias.. enfim quando fizer o post sobre os lugares gumps do brasil manda um e-mail avisando 😀
    hd_estena@live.com

    Resposta
  • 31 de julho de 2011 em 22:00
    Permalink

    Adorei. O dedo de Deus está em tudo, basta olhar pro céu todas as manhãs. O colorido da natureza é “amazing”. Abraços
    Caty

    Resposta
  • 8 de agosto de 2011 em 20:45
    Permalink

    Ótimas imagens.. parabénsmas o comentário do final “Parece até 3d, mas é real.”… o que tu quis dizer com isto?
    foi uma brincadeira?
    toda paisagem real tem 3 dimensões…. ahahah

    Resposta
    • 9 de agosto de 2011 em 11:01
      Permalink

      Eu quis dizer que parece até computação grafica.

      Resposta
  • 31 de agosto de 2011 em 20:10
    Permalink

    Sou Sul Matogrossense de coração, pois aqui resido há muitos e muitos anos, desde que o MS ainda era MT. Acompanhei toda a trajetória da divisão e consequentemente o  nascimento do MS. Confesso que até hoje não gosto quando esquecem de escreverem o Sul do MS e ainda, de pronunciarem, como muitas vezes vejo nos noticiários…mas não concordo que isso seja um tema pra render tamanha discussão. Como vc mesmo disse, bastava alguém te apontar o erro para o mesmo ser corrigido, assim como o foi. Peço-lhe desculpas em nome do povo Sul Matogrossense e parabenizo-o pelas lindíssimas imagens postadas. Parabéns.
                                                                                                                                   Cléia Brandino

    Resposta
  • 14 de dezembro de 2011 em 11:11
    Permalink

    É isso aí Phillipe, mande esses caras sairem da frente do computador e irem visitar , pessoalmente, esses  maravilhosos lugares que tive o prazer de conhecer , pelo menos alguns, para que possam avaliar melhor suas colocações, nada muda se o lugar é no sul ou não, basta admirar e se intereressar realmente e ir à luta , vá até lá, informe-se e planeje uma visita e sinta-se realizado, seja positivo e não combativo….. Gebê

    Resposta
  • 12 de janeiro de 2012 em 9:07
    Permalink

    Eu simplesmente amei ver essas paisagens, gostaria muito de poder conhecer pelo ao menos uma pessoalmente. parabens a quem teve o trabalho e iniciativa de fazer essa seleção.

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2012 em 22:06
    Permalink

    Olha, são maravilhosas as paisagens. Faça sempre assim no seu blog. Um conselho biblico: Examinai tudo e retenha só o que for bom. Vá em frente.

    Resposta
  • 17 de maio de 2012 em 12:35
    Permalink

    Na Realidade,nós os seres humanos,temos o mundo poderoso,que nos fascina,parabens ao ser humano,que fotografou,estas imagens.

    Resposta
  • 6 de junho de 2012 em 18:21
    Permalink

    ME DISCULPE, MAS O PIOR ERRO É NAO ACEITAR O ERRO, E RESPONDER COM 7 PEDRAS NA MAO, VOCE COLOCOU IMAGENS QUE EU NUNCA VI NA MINHA VIDA, E AMEI, TUA REPORTAGEM, INFELIZMENTE, VOCE ESQUECEU DE POR DO SUL, MAS NAO SE SINTA MAL PORQUE AS PESSOAS TE ESTAO CORRIGINDO, EH NORMAL ERRAR, E EH MUITO, MAS MUITO MESMO!!! MUITO LINDO ACEITAR QUE ERROU COM SOBERANIA, TIPO, OBROGADA PELA DICA GENTE, ESSA EU DEIXEI PASSAR!! (GENTE DISCULPEM-ME PELO PORTUGUES, EU FUI ALFABETIZADA EM ESPANHOL E EM PORTUGUES… E TENHO MUITOS ERROS TAMBEM PELO TECLADO!!!) BEIJOS!!! FUUUUUUUUUUUI

    Resposta
  • 16 de julho de 2012 em 15:17
    Permalink

    Muito bom Philipe, no mínimo inspirador! Quero deixa a dica de um outro local que é incrível: Parque Plitvice – Croácia.

    Abraços

    “O único homem que é isento de erros, é aquele que não se arrisca a acertar.”

    Resposta
  • 14 de maio de 2013 em 5:52
    Permalink

    Já estive algumas vezes em um desses lugares, o Mont St Michel, e é muito legal mesmo. Espero voltar lá pelo menos uma vez e tentar ve-lo com a maré alta!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.