38 Comentários

  1. Diogo

    Gostei muito da parte do David comendo , mas achei exagerada a parte sexual. Será que não ficou fora de foco?

    Responder
    1. Philipe3d

      Talvez sim. Mas a ideia é essa. É a barbárie, meu amigo… É a barbárie. E as coisas vão piorar! Não é uma história para a TV… Mas não tem como evitar um lance meio Milo Manara com Serpieri. Quando isso virar quadrinhhos, a gente faz igual a Heavy metal americana, faz uns balões bem grandes, pra tampar tudo, hahaha;

      Responder
  2. Rafa

    Rapaz, quando você descreveu como o David estava comendo, me deu uma fome também o.O

    Responder
  3. DanXP

    Philipe, quando você disse proibidos para menores, você quis dizer para menores de 15 anos né? Eu tenho 15 e me amarrei nessa parte (olha a minha idade e essa pare do conto), Sexo, Carnificina e muito, mas muito Sangue. Me amarrei, aguardando a parte 15. Ih fudeu pra Alice!!!

    Responder
  4. Ivan

    Cara, ainda bem que você colocou o simbolo de Mature lá porque acho que vai ter um pessoal reclamando hahahaha mas ficou foda relaxa.
    Vai virar quadrinho mesmo?

    Responder
    1. Philipe3d

      Cara é mais provável que vire um livro, ilustrado pelos leitores que quiserem e amigos meus. Depois dá uma olhada lá no Forum. (e isso não impede de algumas partes ser tipo quadrinhos, o até melhor, storyboard de cinema) Vou abrir um tópico sobre o projeto do livro lá no forum.

      Responder

  5. Rapaz, não sei se isso é certo ou errado, mas fiquei mais chocado com a cena do estupro do que com a banquete do David.

    E juro que não quero nem saber como você fez essas analogias dos petiscos… XD

    Abraços,

    tio .faso

    Responder
    1. Philipe3d

      Eu imagino, cara… Ou você acha que eu já comi um globo ocular?
      A cena do estupro era pior, mas eu fiquei com vergonha do que eu tinha feito e podei 70% dos detalhes sórdidos. Estilo boca do lixo do cinema nacional no fim dos anos 70.

      Responder
  6. jonas Leonel

    Cara,seus contos são simplesmente incrível,alias o site inteiro é,mas esse conto dos zumbis você se superou,já li muitos livros alguns bons outros nem tanto,mas poucos me prenderam tanto a atenção e seu conto foi um deles,li o enredo inteiro ontem e fiquei apertando F5 para ver se já tinha postado a ultima parte,..hahaha,o engraçado é que bem na parte do prazer mórbido,principalmente na parte em que você descreve como “sofisticado pudim”,eu estava comendo um de verdade,(pó sacanagem)rsrs, parabéns Philipe,to na espera do próximo

    Responder
  7. Diogo

    Oi fhilipe. Eu não estava querendo reclamar no último comentário, apenas estava vendo o conto pela óptica errada. Sempre imaginei ele como um tipo de “Apocalipse Z”, mas a partir de agora vou lê-lo com os olhos do leitor da “heavy metal” que eu sempre fui. Parabéns pela criatividade.

    Responder
  8. Heitor Cunha S

    cara!! boto muita fé de você fazer isso dai virar um livro !! a cada parte fica mais e mais interessante, é íncrivel!

    Responder
  9. Caio Surian

    hi fudeo pra alice, com a alice e caraio … me deu uma vontade de esperimentar um olho XD

    nussa … já comeu cerebro de peixe ? eé identico a descrição !

    Responder

  10. Suspeito que o Philipe já estuprou alguém. hehehehehe

    Brincadeira. Mas ficou muito bom, essa é a parte com mais putaria que eu já vi! Depois dessa, se eu pudesse te daria os parabéns pessoalmente Philipe!

    Responder
    1. Philipe3d

      Não, cara nunca estuprei ninguém, nem comi gente. É tudo invenção.

      Responder
  11. Overload98

    Você poderia fazer um conto sobre um garoto que teve traumas na infância e que ganha um boneco e começa a se criar uma dupla personalidade assassina e sádica, o boneco comando o garoto a fazer assassinatos em série e outras coisas do gênero

    Responder
    1. Philipe3d

      Cara eu acho que já tem um filme assim.. Acho que é baseado inclusive num livro do Stephen King, não?

      Responder
      1. Overload98

        É CARA, MAIS SERIA MASSA VOCÊ CRIAR UM CONTO ASSIM COM SEU JEITO DE ESCREVER VAI COM CERTEZA FICAR MUITO MAIS LEGAL.

        Responder
  12. Heitor Cunha S

    sabe o mais interessante? todos essas partes, todas, foram apenas introdução do história verdadeira, apenas contando oque aconteceu pro david estar naquele estado do incio. e isso é muito FODA!!

    Responder
  13. Dani**

    Não gostei muito dessa parte, não foi nem pela descrição das cenas, mas sim pq ao meu ver não adiantou nada da história, e não fez muito sentido (o que a Alice esperava q fosse acontecer ao ir falar com os caras? não era melhor ter fugido ou se escondido na mata?!)… quero saber logo se afinal David é diferente, se ele tem a solução pra praga, etc…
    PS: curiosidade de saber os 70% q foram podados da parte sexual… hahaha

    Responder
  14. Arthur boelter

    A história está toda mto bem elaborada, mas a melhor sacada pra mim foi essa;

    “Atrás deles, vendo aquilo tudo estava o corpo sem vida do zumbi, agora corno.”

    hahahahhahaa, me segurei pra não rir aqui no trabalho 😉

    Responder
  15. Heitor Costela

    To achando a serie fantastica, mas nao gostei da parte do estupro. Nao pelo estupro, mas a parte em que ela começa a gostar de ser estuprada. Nao consigo imaginar nenhuma mulher que possa gostar de ser estuprada depois de ser espancada. Fora isso tah tudo otimo. A parte dele comendo os caras foi fantastica.
    Vamos vamos para a proxima parte!

    Responder
    1. Philipe3d

      Conhece a expressão “relaxa e goza”? Ela foi cunhada sobre uma mitologia moderna onde a lenda diz que uma mulher rica e poderosa, que teria sido estuprada por vários homens e segundo ela, nunca teve tanto prazer na vida quanto naquele dia. Não sei se é verdade, mas me lembrei deste “causo” que os porteiros do meu prédio contavam quando eu era menino.

      Responder
  16. Pompeia Plotina

    Ainda estava curiosa a respeito do desenrolar da estória (bastante criativa, por sinal) e insisti em ler o conto, ainda que a forma de escrevê-lo – todos os chavões, inúmeros erros gramaticais e de pontuação – apenas me fizessem recordar dos “fanfics” que lia durante a adolescência, mas que também me divertiam. Mas a descrição do estupro foi extremamente infeliz e sua justificativa nos comentários me deixa chocada: como uma “lenda urbana” pode ter se cristalizado tanto na cabeça de uma pessoa inteligente a ponto de servir como base para escrever tal sandice? Prefiro reler “120 dias de Sodoma” na íntegra; por mais absurdo e violento, ao menos é verossímil na reação das vítimas.

    Responder
  17. leitoobservador

    simplesmente amei cara!, seu trabalho é fantastico! vc também se sairia bem escrevendo contos éroticos…
    sua descrição do estupro foi incrivel faltou apenas alguns detalhes que devem estra nesses 70%..
    achei muito detalhado a parte da carnificina que ele come…
    vc tem uma otima imaginação continue assim…
    acho que vc deveria sim colocar isso num livro e faz um com sensura e um sem afinal tem gente que quer ler os otros 70%…. rsrs um grande abraço ai e continue escrevendo espero ansioso pelo livro.

    Responder
  18. Raul Ferrari

    Philipe, estou gostando da história por enquanto (como gostei de muitas outras suas), e confesso que eu acho a coisa mais empolgante cenas que misturam sexo e violência (não sou um sado, só gosto das histórias, tá?), e se você me permite, queria te recomendar um mangá chamado Wolf Guy. Não sei se gosta de mangás, mas todo esse lance forte cria uma tensão cerebral incrível, e é impossível parar de ler, assim como seu conto. Valeu cara, e continue assim. O Mundo Gump é o meu vício aqui no escritório! Haha abraços!

    Responder
    1. Philipe3d

      Fico feliz que goste, Raul. Espero conseguir manter o mesmo clima de tensão no curta metragem do zumbi.

      Responder

  19. Cara, eu senti um misto de nojo com tesão, kkkkk, o cara comendo a carne, o cérebro e a bunda, kkkk! Philipe você é muito doido cara. kkkkk

    Responder
  20. Richard

    Oh minha nossa, em pensar que eu estava morrendo de pena da Alice…
    Mas aí veio a surpresa… que safadinhaaaa! kkkk

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.