Um prefeito que é um gatinho

O Victor Resende me deu a dica deste post. Essa é difícil de acreditar, mas faça um esforço:

Um prefeito que é um gatinho
O prefeito

A pequena cidade de Talkeetna, no Alasca, tem uma população de 800 pessoas e é governada um prefeito peculiar – Stubbs, um gato.

Tudo aconteceu porque, há 15 anos, estava acontecendo uma eleição para o cargo e o povo não gostava muito dos candidatos. Na mesma época, a dona do mercado da cidade, Lauri Stec, se deparou com uma caixa de gatinhos para doação e adotou um dos bichinhos.

Ela o chamou de Stubbs (o equivalente, em inglês, a ‘Cotoco’), porque ele tinha o rabo curto. Todos ficaram tão encantados com o bichano que escreveram (por lá o voto não é eletrônico) o nome do pet em seus cartões de voto. E o prefeito Stubbs permanece em sua posição desde então.

E muitos cidadãos são felizes assim. Afinal, o gato não aumenta impostos, não interfere na vida de ninguém e é ‘honesto’ – pelo menos segundo Lauri Stec, que converteu parte de sua loja em um escritório para o felino.

fonte

Related Post

7 comentários em “Um prefeito que é um gatinho”

  1. Ao ler sobre esse gato, lembrei na hora do falecido macaco Tião e seus mais de 400 mil votos no Rio. Ficou em terceiro lugar e foi incluso no Guinness Book como o Chimpanzé mais votado do mundo. Imagine se funcionasse dessa forma por aqui; Quantas cargos seriam preenchidos por animais queridos. Agora que a cédula se foi, dando lugar à moderníssima urna eletrônica, não temos mais como enviar recados. Basta apertar os botões coloridos e confirmar, como qualquer primata treinado poderia fazê-lo.

    • já botamos uma anta e um veado, além de um pexe …

      que outro animal cairia bem agora … XD

      *(favor ler o lado humoristico no comentário e enfie retrofuricularmente presuposições sobre preconceito…grato XD…)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares