A arte da caça – Parte 2

Antes de começar a ler este texto, sugiro que vocĂȘ leia a parte 1.

Um ĂŽnibus corta a estrada no entardecer…

Leia maisA arte da caça – Parte 2

Roubaram até as favelas!

O complexo do AlemĂŁo e seu esplendor Deu na Folha de SĂŁo Paulo hoje: Favelas do Rio somem em filme para o COI OmissĂŁo nĂŁo foi proposital, diz comitĂȘ para Jogos-2016 SERGIO TORRES DA SUCURSAL DO RIO O comitĂȘ organizador da candidatura carioca Ă  OlimpĂ­ada de 2016 apresentou Ă  ComissĂŁo de Avaliação do COI um …

Leia maisRoubaram até as favelas!

VocĂȘ visto de perto

NĂłs costumeiramente temos a tendĂȘncia de pensar que somos aquela pessoa que aparece refletida no espelho para nĂłs. Mas… SerĂĄ mesmo? SerĂĄ que vocĂȘ Ă© realmente como aparece no espelho? Talvez nĂŁo. Quem sabe as pessoas que vĂȘem vocĂȘ tenham uma outra visĂŁo acerca do que vocĂȘ pensa ser vocĂȘ. Eu sei que parece estranho …

Leia maisVocĂȘ visto de perto

Quer ver um 3d bem feito?

Isso sim Ă© propaganda com computação grĂĄfica. O resto Ă© conversa fiada. VocĂȘ nĂŁo vai acreditar… Quer dizer, Vai, mas vai ter horas durante o vĂ­deo que vocĂȘ vai pensar… Ah, nĂŁo. NĂŁo Ă© possĂ­vel ser tudo 3d. * *Editado: E nĂŁo era mesmo. Quando fiz este post ainda nĂŁo havia sido liberado o making …

Leia maisQuer ver um 3d bem feito?

Os melhores filmes dos anos 80

Os melhores filmes dos anos 80

Eu fui uma criança dos anos 80. Juntamente comigo, milhares de pessoas se lembram com saudades dos filmes que passavam nessa Ă©poca. Pensando nisso, eu resolvi elaborar uma nova lista dos melhores filmes dos anos 80. SĂŁo filmes que mais me marcaram. NĂŁo necessariamente feitos nos anos 80, mas que pegaram aquele perĂ­odo de infĂąncia …

Leia maisOs melhores filmes dos anos 80

Kit de sobrevivĂȘncia para momentos de perrengue

Essa Ă© pra galera que gosta de acampar e pescar: Todo mundo jĂĄ se meteu em um perrengue, nĂ©? Bem, talvez nem todo mundo, mas todo bom aventureiro que se mete em enrascadas, sabe como um canivete, um isqueiro, ou mesmo algo banal como um fio de nylon pode ser importante. Com isto em mente, …

Leia maisKit de sobrevivĂȘncia para momentos de perrengue

Uma fĂĄbrica de brinquedos na China

O tão esperado dia das crianças vem chegando e com ele, o sonho de brinquedo de muitos bacuris se aproxima da realidade, ou da decepção, em certos casos.

É inegĂĄvel que os pais, pelo menos os da classe mĂ©dia, sĂŁo altamente afetados por este tipo de marketing que gerou o dia dos pais, dia das mĂŁes, dia das crianças, e agora quer implantar o “dia da sogra” como uma data presenteĂĄvel.

Como se jĂĄ nĂŁo fosse suficiente a pĂĄscoa e seus ovĂ”es de chocolate (a mĂ­dia e o marketing querem que vocĂȘ pense que quanto maior o ovo, maior seu amor pelo presenteado) o natal e seus milhĂ”es de comerciais com velhinhos de Ăłculos sorrindo com panetones ou chester bolinha nos braços, o ano novo e suas roupas brancas com detalhes em prata, e as cores da moda para atrair de tudo, menos desgraça, o carnaval e a cerveja, e seus pacotes de viagem, seus hotĂ©is com traslados, os ingressos, os abadĂĄs e as lembrancinhas de lugares longĂ­ncuos o inĂ­cio das aulas e os materiais, cadernos, mochilas, livros. As Ă©pocas de gastança se espalham pelo ano.

O fato, meus amigos é que somos engrenagens de uma maquina que não se sustenta. Uma bicicleta gigante que estå em permanente pedalar para não cair. Somos forçados pela lei do consumo capitalista. Bem, isso não é necessariamente uma constatação tão ruim, uma vez que, sob certos aspectos, até na natureza o consumo é praticado. Pelos menos nós jå saímos da fase de consumir uns aos outros.

AĂ­ vem a pergunta fatĂ­dica : SerĂĄ?

Leia maisUma fĂĄbrica de brinquedos na China