Project Apocalipz : Atualização do game

Como alguns de vocês sabem, estou fazendo parte da equipe de desenvolvimento de um indie game baseado no universo ficcional do meu livro “Zumbi”. Se vc não sabe do que eu to falando leia aqui.
Estou aqui para trazer umas atualizações do projeto. Sei que muita gente curtiu a história e devem estar curiosos para ver os nossos avanços nesse tempinho.

Vamos começar por uma das trilhas, que resolvemos liberar para o público já ir sentindo o “clima”.

Aqui está a partitura

Nesse tempo saíram algumas artes conceituais, principalmente com relação aos personagens.

%name Project Apocalipz : Atualização do game

 

Este é o Fred. Ele sofreu um acidente e está preso a uma cadeira de rodas. Imagine a merda suprema que é estar numa cadeira de rodas durante um apocalipse zumbi.

 

%name Project Apocalipz : Atualização do game

Aqui temos alguns conceitos para a Alice.

%name Project Apocalipz : Atualização do game

 

Este é um concept do David (ainda normal)

%name Project Apocalipz : Atualização do game

Abaixo alguns dos monstros do demo. A freira zumbi e o butcher:

%name Project Apocalipz : Atualização do game %name Project Apocalipz : Atualização do game

 

 

Aqui vemos o butcher já modelado em com texturas:

%name Project Apocalipz : Atualização do game %name Project Apocalipz : Atualização do game %name Project Apocalipz : Atualização do game %name Project Apocalipz : Atualização do game

Temos também alguns testes de mecânica interna. Como dá pra ver, os tiros estragam o cenário.

Também já fizemos algumas parcerias importantes, como esta, com a Mana de Portugal.

À medida em que as coisas forem saindo, eu vou atualizando a galera. Se você quiser, pode se registrar no site do Project ApocalipZ

Artigos relacionados

Comments

comments

9 comentários em “Project Apocalipz : Atualização do game”

  1. Show de bola… a trilha sonora me lembrou os tempos dos clássicos Doom e Doom 2, com essa pegada! Bateria frenética e aquela sensação de adrenalina e tensão.
    Parabéns!

    • Realmente, a ideia é ser Muito tenso. Mas vai ter umas partes rock and roll. Acho que vai ser divertido. A gente não queria uma sensação muito resident evil no game, ao contrario, a gente ta indo mais para um lado meio zumbilândia, com um toque bem gore a la John Carmack mesmo.

  2. Phillipe, os nomes dos personagens foram escolhidos para serem facilmente reconhecidos em inglês e português? Pois "Fred" "Alice" e "David" são bem comuns nas duas línguas?
    Vai ser pago uma vez e pronto, ou vão rolar microtransações no jogo?
    Onde entrego a alma para ser beta tester?

    • Cara eu não sei se terá microtransações… É uma boa pergunta. Os nomes dos personagens são os nomes dos personagens do livro. David e Alice são dois gringos, na verdade. O Fred é brasileiro. Tem ainda um monte de outros personagens na fila. Quando chegar a fase do beta testing a gente deve recrutar a galera provavelmente por aqui mesmo, hehe.

  3. Muito bom. Por alguma razão seus concepts me fizeram ver esse mundo como se fosse um universo meio caipira (como em resident 4).
    Tomei um baque quando vi o teste de mecânica na cidade grande.

    Muito bacana mesmo. Pelos modelos não está devendo nada aos estudios AAA.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.