11 Comentários

  1. Ana Paula

    Olá, como vai?
    Sigo seu blog há 1 ano e sempre amo suas histórias!!!
    Quando o livro sair, tenho interesse em adquirir! Não esquece tá!

    Obrigada!!!

    Responder
  2. Rafael Martini

    Ahhh….mto loco…adoro estorias de ficção!

    Pena que não dei continuidade na minha. Aquela que mostrei pra ti por email.

    Esperando a continuação!
    Tá mto loko!

    Responder
  3. Lucas B

    Caraca Philipe adorei! ficou incrivel mesmo, essa pra mim é uma das suas melhores historias, e olha que eu li muitas(provavelmente todas).
    Gostei do modo que vc conta a história dessa vez, lembra tipo um roteiro, tipo um filme.Muito bem feita e escrita,vc é bom em muitas coisas mesmo…
    Agora falando sério, eu acredito que faria bastante sucesso se vc escrevesse um livro, e eu com certeza iria comprar com muito prazer!!!

    Abraços 😉

    Responder

    1. Então, Lucas, esse é um roteiro de um curta metragem eu que sempre quis fazer mas nunca tive o dinheiro para conseguir. Por isso está escrito numa formatação de roteiro. Este é o post mais antigo do Mundo Gump, pois foi escrito em janeiro de 2003. sem querer fui mexer num backup aqui e achei. Daí resolvi postar. Ainda vai acontecer muita coisa aí, hehehe. Fica ligado.

      Responder
  4. Luiz

    Que sincronia violenta…
    Logo essa semana que estou relendo a Fundação.

    Ótimo repost.

    Responder
  5. Lucas B

    Ah sim, era isso, parece mesmo um curta.Mas vc disse que é o mais antigo do Mundo Gump, escrito em 2003! se foi escrito em 2003, então ele não chegou a ser postado não é? pois desde que eu me lembre, o mundo gump só existe desde 2005 ou 2006, estou certo?

    Responder

    1. Isso mesmo. Este é um roteiro, que ficou na gaveta desde 2003. Na época eu nem sonhava que teria um blog.

      Responder
  6. Kelvin Steiner

    Muito legal !
    “A palavra merda é um comando ignorado.”, ri muito

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.