Mulher faz uma cesariana em si mesma com faca de cozinha!


Tem certas notícias tão bizarras que são a “cara” do mundo Gump. Saca só a notícia que saiu no SMH:

main mexbirth01 Mulher faz uma cesariana em si mesma com faca de cozinha!   Curiosidades

Sozinha em seu casebre e um quarto nas montanhas do sul do México, Inês Ramirez Perez começou a sentir as fortes dores do parto.

Três dias antes, ela deu a luz a uma menininha que nasceu morta. O sol já havia se posto a algumas horas e a clínica médica mais perto ficava a 80km distante através de uma tortuosa trilha e seu marido, o único que a ajudou nos outros cinco partos que ela teve ao longo da vida, estava enchendo a cara num bar. Nem no pobre casebre e nem no bar havia sequer um telefone.

Então à meia noite, após 12 horas de dores constantes, a pequena mulher de 40 anos, sentou-se em uma pequena banqueta de madeira, pegou uma garrafa de álcool e tomou alguns goles, agarrou uma faca de 15cm e começou a enfiar na barriga.

Sob a luz de um único lampião, Ramirez cortou a própria carne através da pele, gordura e musculos até chegar ao útero e puxar o bebê, que era um menino. Tudo isso sem uma única gota de anestesia. Ela então cortou o cordão umbilical com um par de tesouras e perdeu os sentidos.

A data era 05 de março de 2000. Hoje o bebê que nasceu de uma cesariana caseira feita pela própria mãe, chama-se Orlando Ruiz Ramirez e é um garoto forte e acredita que sua mãe foi agraciada com um milagre de ter sido a única mulher no mundo de efetuar uma auto-cesariana.

Embora não houvessem testemunhas oculares do bizarro fato, dois médicos obstetras que a examinaram 12 horas após o nascimento de Orlando confirmaram o fato aos jornalistas.

Dr. Honorio Galvão e Dr. Jesus Guzman ficaram impressionados e contaram o caso num encontro de médicos mas a coisa realmente só atraiu a atenção qaundo foi publicado no renomado periódico International Journal of Gynecology and Obstetrics.

Ramirez disse que ficou se “operando” por quase uma hora até extrair o bebê e finalmente desmaiar. Quando recuperou a consciência, ela enrolou uma roupa em volta do ferimento e pediu ao filho de 6 anos, Benito, para correr e pedir ajuda. Benito saiu correndo para buscar socorro e algumas horas depois, retornou com Leon Cruz o enfermeiro da região e o pai da criança.

Cruz  suturou o corte de 17cm com uma agulha e linha comuns. Os dois homens levantaram a mulher e colocaram-na numa carroça puxada por cavalos e dirigiram-se pelas estradas tortuosas para a clínica, que ficava a duas horas de viagem dali.

Acredite se quiser. Se não quiser, leia a notícia original



Escreva o que achou deste post. (Apreciaremos sua educação)
  1. koveiro disse:

    isso que é notícia ultra bizzarra

    Responder
  2. Diogo disse:

    putz..cortes regulares oO..a mulher era açougueira…

    Responder
  3. Roberta disse:

    Mães realmente possuem super-poderes…

    Responder
  4. Lu disse:

    Dizem q na hora da dor do parto.. cria-se forças do impossível.. mulheres se tornam x-womens!

    Responder
  5. Leandro Carrasco disse:

    Hanibal Lecter q adoraria fazer esse parto .. shuahsua ..

    Responder
  6. Ramon disse:

    Que nada,eu acho q a clinica tava d prontidão.

    Responder
  7. [quote comment=""]Cruz sewed her 17-cm incision up with a regular needle and thread. [/quote]

    Cara… adoro seu blog, mas vc errou na tradução dessa frase… Não é “Cruz disse que viu abismado o ferimento de 17 cm totalmente regular.”.

    O texto quiz dizer: “Cruz costurou (ou suturou) o corte de 17cm com uma agulha e linha comuns.”

    Até!

    Responder
  8. Sis disse:

    Blog maravilhoso *-* :$

    Responder
  9. Atheu disse:

    fóda! copiei! :D :happy:

    Responder

Responder.