8 Comentários

  1. Claudio Barrozo Prado

    Eu acredito fortemente que exista um número limitado de “templates” para humanos… Se você pesquisar direitinho, verá que existem pessoas que seguem uma determinada matriz, não falo pelo fato de serem brancas ou negras, altas ou baixas… É como se fossem construídas usando a mesma plataforma com algumas variações. Pode ver… Os padrões se repetem, e não existem tantas formas assim. Ocorre que como a “plataforma” é a mesma para um determinado grupo de indivíduos, uma hora elas acabam repetindo a mesma forma com características idênticas…

    Responder
    1. Ramón Rodrigues

      Gostei da ideia dos templates limitados! Eu por exemplo já fui confundido com um cara que nem fazia parte do meu grupo de conhecidos, quando encontrei meu sósia tivemos um momento “A ilha”.

      Responder
    2. Hermínio Neto

      É verdade. São poucos genes que definem os traços e cores do rosto, então um bom conjunto de pessoas pode ter 90% desses genes idênticos, especialmente quando seus ancestrais vieram do mesmo país (Inglaterra, no caso da maioria das pessoas citadas no post, que tinha apenas 6mi de pessoas em 1800, época das fotos em preto e branco do post…).

      Responder
    3. Hermínio Neto

      Todo mundo conhece, por exemplo, pessoas que são, ao mesmo tempo: narigudas, com queixo pequeno e furado, tem orelhas de abano e caídas, e olhos com olheiras e inclinados pra baixo na parte de fora…

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.