Disco voador caiu no Brasil?


Um objeto não identificado foi transportado nas imediações da BR324 perto de Feira de Santana – Bahia. O objeto foi fotografado pelo ufólogo, parapsicólogo e terapeuta, Francisco Baqueiro. A foto foi tirada numa terça- feira, 21 de novembro de 2006.

Boqueiro ficou sabendo do transporte um dia antes por um informante do serviço de inteligência.
O tal informante contou a Boqueiro que o objeto se tratava de um ufo que tivera algum tipo de avaria elétrica, descendo ( ou caindo) e não conseguindo mais decolar numa enorme plantação de cana numa cidade do interior do recôncavo Baiano.
O informante contou que o objeto seria levado do local do acidente para Salvador. Baqueiro não pestanejou e tentou seguir os rastros do tal objeto, e como predisse o informante, realmente lá estava o treco, sendo transportado na estrada sem qualquer preocupação em disfarçá-lo.

O objeto estava sendo levado para um posto de gasolina entre os municipios de Maracangalha e São Felix, Baqueiro seguiu o caminhão sem identificação escoltado pela Policia Federal (*) com dois carros atrás e dois na frente. O UFO estava sendo levado sem nenhuma cobertura.

Segundo o pesquisador, o caminhão seguia devagar diante de várias pessoas que estavam na estrada voltando para Salvador. Com muita sorte, perto de um posto de gasolina, com a camera do celular, Baqueiro tirou fotos do transporte e enviou paraGevard, editor da Revista UFO. Na revista, a foto de Feira de Santana ,comparada com outras imagens, mostrou uma notável semelhança com outra foto de situação semelhante encontrada na internet alguns meses atrás, cuja autenticidade não pôde ser comprovada:

Agora Baqueiro esta investigando onde ocorreu o acidente. As investigações indicam que a nave caiu numa plantação de cana-de-açúcar, perto de refinarias. Ele descarta a possibilidade de transporte de água ou áleo e também rejeita a possibilidade da nave ser parte de uma estrutura de um parque de diversão. Agora, com a foto publicada, o assunto está aberto para opiniões. O engenheiro nuclear Luiz Carlos C. Pires, por e-mail, diz que o objeto é a tampa de uma máquina de refinaria.

Baqueiro, que já trabalhou na Petrobrás, nega veementemente que se trate de alguma peça de refinaria.
Seguindo indicações ele está entrando em contato com várias testemunhas que relataram um estranho ruído muito forte de uma fonte de energia elétrica vindo de algum lugar no meio do canavial.
(* polícia federal escoltando pedaço de equipamento de refinaria?) Suspeito.

Fonte: aliennationsam.com

Artigos relacionados

249 Comentários

Compartilhe suas ideias