Álbum de fotos dos mortos


Durante o século XIX, era comum que as pessoas ao morrer fossem fotografados. Esta atividade se chama Post mortem Photos.
Álbum de fotos dos mortos

Isso pode até parece mórbido hoje, mas naquele tempo, isso era um costume natural. Os álbuns dos mortos eram uma espécie de negação da morte ao mesmo tempo que tornavam-se coisas guardadas pela família para lembrar dos entes queridos. Além disso, fotos nesta época eram um grande luxo. A fotografia em si era algo bem caro e funcionava como última homenagem aos falecidos.

Dada a circunstância de fotografar a pessoa ainda fresca, eram criados verdadeiros cenários elaborados com composições muitas vezes complexas de estúdio para fazer os álbuns dos mortos. Em outros casos, depois de instalado o rigor mortis, era necessário inventar situações complicadas para a foto ficar natural. isso envolvia colocar calços sob cadeiras e inclinar a maquina para que a cena se ajustasse a posição fixa do cadáver.

A grande maioria é de pessoas deitadas na cama, como este arrepiante olhar pela janela da foto acima. Mas existem fotos bem estranhas, onde a posição dos cadáveres ficavam assustadoramente naturais. Essas eram obtidas com suportes de madeira ocultos sob as roupas.

Para essas fotos o importante era fazer parecer que as pessoas estavam dormindo. Com isso, era comum fotos de grupos de mortos e também de pessoas vivas sentados fazendo poses com cadáveres. Grande parte das Fotos de bebês eram coloridas artificialmente para dar um tom de vida ao cadáver infante.

Esses álbuns de fotos volta e meia acabam indo a leilão e ávidos colecionadores de bizarrices compram por uma nota preta estes álbuns de fotos para completarem suas coleções. Muitas dessas fotos estão à venda em mórbidos leilões no e-bay.

Há uma súbita tristeza mórbida em muitas dessas fotos, que parecem saídos diretamente dos porta-retratos de casas mal assombradas, como naquele filme “Os outros”, com a Nicole Kidman.

Este é o Mundo Gump patrocinando seus pesadelos. A seguir, uma galeria de fotos com algumas das mais arrepiantes fotos dos álbuns de fotos dos mortos.

Álbum de fotos dos mortos

A pianista

Álbum de fotos dos mortos

Pai com criança Dormindo (ambos mortos)

Álbum de fotos dos mortos

Criança “dormindo”

Álbum de fotos dos mortos

Menino “dormindo” note o blush rosa que colocaram sobre a foto para dar vida ao morto.

Álbum de fotos dos mortos

Vista da moça dentro do caixão

Álbum de fotos dos mortos

A moça morta é a do meio

Álbum de fotos dos mortos

Você consegue dizer quem está morto no momento desta foto? Não é o velho. É a menina no meio.


Álbum de fotos dos mortosJuvenis em cadeirinhas eram um clássico.

Álbum de fotos dos mortos

Maquiadão e geralmente segurando flores.

Álbum de fotos dos mortos

Criancinhas mais jovens apareciam no colo de adultos vivos ou mortos ou ainda em fotos de estúdio. Como esta. Parece até coisa da Anne Guedes.

Álbum de fotos dos mortos
Álbum de fotos dos mortosTambém era um clássico do período as fotos de bebês dentro de caixões


Álbum de fotos dos mortosFamília reunida com o defunto “dormindo” no chão. Note que tá rolando uns quitutes na mesa ali.

Álbum de fotos dos mortos

Irmãos posando com o irmãozinho morto. Note o olhar maníaco do mais velho.

Álbum de fotos dos mortos

Falando em olhar maníaco, observe o olhar de desespero desta menina, forçada a posar com o irmão defunto com o braço no ombro dela. Cruzes!

Álbum de fotos dos mortos

No século XIX o lance era fazer o morto parecer vivo. Pra isso se usava uns suoprtes. Na foto acima podemos vê-los atrás dos pés da moça, que obviamente está morta.

Álbum de fotos dos mortos

Mais uma  posando com os pais, na clássica foto “dormindo”.  Note que como os pais estão vivos, eles se mexem um pouco e devido a exposição prolongada, ficaram mais borrados. Já a morta aparece super no foco justamente por isso.


Fonte

Fonte

Related Post

121 comentários em “Álbum de fotos dos mortos”

  1. Isso me lembra “Os Outros” com a Nicole KIdman, ela mora naquela casa gigante ai um dia ela descobre fotos de gente morta na casa e finalmente descobre que ela tambem ja se foi!

  2. a pergunta que vei há minha cabeça é a seguinte:
    quantas tentativas foram necesárias pra tirar essas fotos que nem dá pra saber se a pesoa/pessoas estão vivas ou mortas, e o cheiro???

    naquela época ser fotógrafo de defunto devia ser sofrido….

    se bem que eu achei bem interessante…(as fotos!)

  3. OO Carajo, que coisa mais bizarra.

    Philipe, olha isso, total gump : http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL396833-6174,00-ROUPA+FUTURISTA+AUMENTA+FORCA+DO+USUARIO+EM+ATE+DEZ+VEZES.html

  4. ALGUÉM PERCEBEU QUE NA ÚLTIMA FOTO TEM UMA MOÇA DE COSTAS NO COLO DA QUE ESTÁ NO MEIO….
    SE A QUE ESTÁ SENTADA FOSSE HOMEM, PODERIA SE DIZER QUE ERA UMA FOTO PORNÔ-PÓS-MÓRTEM ( NÃO SEI SE É ASSIM QUE SE ESCREVE).

  5. Confesso que senti uma coisa estranha ao ver as fotos, não só pelas fotos, mas de imaginar os parentes dos mortos ou os fotógrafos mexendo e remexendo nos corpos até encontrar o “melhor ângulo”.
    Aqui, no interior, também ainda se preserva um costume que me dá calafrios, que é de velar o defunto na sala de sua própria casa. Várias pessoas da minha família foram veladas assim e sempre que voltei nestas casas, era como se eu sentisse que o caixão ainda estava lá.

    • Aqui em Barbalha-Ce também é assim. Me sinto igual a voçê. Meu avô e meu tio morreram e sempre que entro na casa da minha avó tenho a impressão de que o caixão ainda está lá.

  6. engraçado, porque isso parece tão mórbido hoje em dia?
    eu também acho, óbvio, e já conhecia a prática, mas queria
    entender…talvez o jeito como encaramos a morte?
    vai saber!

  7. [quote comment=""]valha-me Deus, que coisa sinistra. por que alguém iria querer foto de morto? aliás, ‘os outros[/quote]
    Parece estranho para nós, que fazemos parte de uma época diferente, onde os costumes ~são outros.
    Mas devemos saber que outras culturas diferentes da nossa, devem achar tb “sinistro”, ficar todos envolto de um caixão, chorando, enquanto o morto está exposto por um bom tempo, até ser enterrado.
    Cada cultura, tem sua época…e cada qual, seu costume!

  8. bom. antes d terminar o post eu já estava pensando no tal filme com a Nicole Kidman.
    Pois bem, li um coment. aí acima se perguntando quem iria querer a foto de um morto.. e tbm me fiz a mesma pergunta.. sei lá pra que [a resposta]… sei q outro dia cheguei na casa da minha avó [o pessoal da minha familia por parte de pai é do norte].. aí lá tem uma gaveta na sala.. exclusiva pra fotos…albuns.. coisa mt velha.. aí vendo entre um album e outro.. achei uma foto q um bolo d gente em volta d um caixão.. parecia q estavam prestando homenagens.. tipo a foto era no proprio cemitério e maioh galerão fazendo pose d quartel.. super imponente em volta do caixão.. eu nao entendi porra nenhuma.. daí.. perguntei..logicamente… acabei descobrindo q eh comum no norte.. essa atitude..
    Portanto povooo… bizarrice com morto existe por aki tbm…

  9. Isso me lembrou aquelas comunidades do Orkut para pessoas que morreram… a pessoa morre e deixa o profile lá, e outras pessoas vão visitando e conversam na comunidade sobre a história do defunto e coisas do gênero…

    É o presente re-inventando o passado… creeeeepy….!!!!

    ;D

  10. Taí um tema bizarro e relativamente conhecido que eu ainda não tinha visto no Mundo Gump. A imagem que tenho do meu avô paterno (que morreu antes da minha mãe se casar) é a foto de todos os filhos e esposa dele arrodeando o caixão e olhando pra ele, cabisbaixos. O caixão tem a tampa aberta. Aqui no interior do Nordeste era comum esse tipo de prática, provavelmente pelas razões descritas no post. Temos que compreender que o fato de ser bizarro ou não vai do contexto cultural da época e/ou do local.

  11. Eu acho que eles tiravam fotos do morto porque não haviam tirado nenhuma foto do mesmo em vida. A minha família tem uma foto de minha irmã no caixão, que morreu antes de meu nascimento, há cerca de 45 anos. O curioso é que esta é a única foto que temos dela, se esta foto não existisse, eu jamais saberia como ela era.

  12. não esta faltando muito para chegar a esse nivel na internet,
    hoje existem sites de homenagem , tipo o respectance.com, quem sabe mais pra frente ….

  13. Oiehhh … naum sei se lembra , mas no ano passado vcx fez um post sobre criaturas abissais … no qual havia uma ft de um filhote de lula gigante .. gostaria de saber se vcx teri a uma ft de uma adulta…
    se tiver me manda por e-mail..

    bjOs vlw :B

  14. [quote comment=""]Oiehhh … naum sei se lembra , mas no ano passado vcx fez um post sobre criaturas abissais … no qual havia uma ft de um filhote de lula gigante .. gostaria de saber se vcx teri a uma ft de uma adulta…
    se tiver me manda por e-mail..

    bjOs vlw :B[/quote]

    Gabryelle, a lula gigante nunca foi fotografada viva até que um grupo de cientistas conseguiu documentá-la em video com uma sonda, tentando se alimentar de uma isca.
    http://blogs.knoxnews.com/knx/silence/archives/squid1.jpg
    http://www.leatherwoodonline.com/ee/images/uploads/giant-squid-3.jpg

    Este video rolou por aí, mas a criatura e tão imensa que não dá pra ver direito. inteuira e com boa definição só dela morta, que existe empalhada em alguns museus oceanograficos.
    Mas com isso dá pra ter uma idéia da criatura.
    http://www.chiba-muse.or.jp/NATURAL/exhibitions/special_ex/2006sinkaiten/image_exp_specimens/architeuthis_fig2.jpg
    :shocked: Bizarro, né?

  15. Caramba,interessante demais!
    Por incrível que pareça,sempre tive vontade de ver fotos desse tipo,já que meu avô foi fotografado no caixão(isso há mais ou menos 15 anos atrás,no interior do nordeste),mas nunca me deixaram ver a foto =p
    Muito Gump mesmo!

  16. Gostaria de saber, como eles conseguiam tanta “naturalidade” nas fotos. As pessoas estão de olhos abertos, algumas com feições até simpáticas. Nem parecem que estão mortas. Como isso é possível?

  17. Puxa vida, eu não fui ao velório dos meus avós, nem de meu pai, simplesmente porque não queria e nem podia vêlos mortos e esse povo aí, parece que se estava premiando por ter um defunto para chamar de seu!
    Sério, como os pais aguentavam ficar olhando o filho morto desse jeito?
    Se as fotos eram tão caras a época, provavelmente só tinham fotos dos filhos mortos!
    Aliás, o alto custo deve ser a explicação para as fotos comunitárias, rateio…
    Bizarrice, maluquice ou luto bem-resolvido? x_x :ohhyeahh: x_x

  18. [quote comment=""]caracas q coisa estranha porém interessante….
    meu dá um pouco de pavor,medo…uma sensação estranha principalmente por eles parecerem vivos.[/quote]
    [quote comment="15411"]ALGUÉM PERCEBEU QUE NA ÚLTIMA FOTO TEM UMA MOÇA DE COSTAS NO COLO DA QUE ESTÁ NO MEIO….
    SE A QUE ESTÁ SENTADA FOSSE HOMEM, PODERIA SE DIZER QUE ERA UMA FOTO PORNÔ-PÓS-MÓRTEM ( NÃO SEI SE É ASSIM QUE SE ESCREVE).[/quote]

    Acho que devem ter acabados as estacas para aparar os corpos ai colocaram aquela apoiada como pivô das outras, provavelmente se a tirassem de lá o resto caíriam…
    Putz vc repararam que tem uma ate fumando ali o que reforça a suposição de uma foto PORNÔ-PÓS-MORTEM… quem sabe…

  19. Nem achei nada demais, achei super interessante. Pra mim, eles faziam isso pra quebrar a morbidez. Nem deu medo ou repulsa. A foto do homem com o bebê ficou linda, acho que ficava legal pra homenagear no velório ou num quadro. É até uma espécie de arte.

  20. nossa isso e de arepea os cabelos eu fiquei orrorisada com essas fotos a pessoa q tirava as fotos deveria ganha bem ,ele merecia porque e assustadox_x

  21. SENSACIONAL! PORÉM ME DEU CALAFRIOS QUANDO ME DEPAREI COM ESSAS FOTOS! BRRRRR!!!
    APESAR QUE QUEM ME ASSUSTA MAIS HOJE EM DIA SÃO OS VIVOS E BEM VIVOS!!!
    REALMENTE É IMPRESSIONANTE O GOSTO DO PESSOAL DAQUELA ÉPOCA…
    PREFIRO FICAR SOZINHO COM UM ALIEN DISSECADO, HEHEHEH…
    ALIÁS, MINHA MÃE TEM UMA FOTO DE UM TIO MEU FOTOGRAFADO NO CAIXÃO (COISAS DO NORDESTE)
    SERIA INTERESSANTE PUBLICAREM MAIS FOTOS BIZARRAS, E QUE TAL FOTOGRAFAREM UM CADAVER NO CAIXÃO JÁ DENTRO DO0 TÚMULO, É POSSÍVEL?

  22. Seu servidor esta bloqueando o site onde elas estão hospedadas. Entra em, http://www.vtunnel.com e no campo dessa pagina cole o seguinte link:
    http://www.mundogump.com.br/album-de-fotos-dos-mortos/

    e mande abrir. Aí vc verá as fotos.

  23. Existe pessoas que criticam com ofensas, se não gostou vai olhar outra coisa, mas depois de olhar fica xingando feito um idiota. Não faz o meu estilo, mas parabens pelo trabalho e pela pesquisa,pois existe pessoas que gosta.Um abraço. :raisebrow:

  24. A FOTO DA CRIANÇA FICOU BIZARRA , MAS TENHO CERTEZA QUE ISSO TENHA ACONTECIDO UM DIA ….POIS ISSO HOJE JA É NORMAL :*( :B x_x x_x x_x x_x x_x x_x

  25. Fotografias Post Mortem

    Inspirado ao assistir o filme “Os outros” com Nicole Kidman

    Relíquia guardada, um velho álbum de fotos…
    Tomei-o em minhas mãos para olhar,
    Antigo, envelhecido era, em lindos ornatos…
    Amarelado folheei, espantado a fitar:

    Fotos envelhecidas em poses escuras…
    Lembranças tristes, daqueles instantes;
    Sentados, e em pé, sombrias figuras…
    Pareciam dormir em soturnos semblantes…

    Vi que eram pessoas que no leito morriam…
    Nas fotografias eram últimos instantes,
    Que tetricamente expostos In Memoriam,
    Figuravam até mesmo pequenos infantes…

    Ao ver aqueles rostos Post Mortem,
    Chorei… Senti pêsames, refleti palpitante!
    -O porvir irá chegar um dia… Mais cedo…
    Mais tarde… Logo mais, ou adiante…

    Postado no Recanto daas Letras

  26. Medos

    (Certa tarde, ao acompanhar meu filho no funeral de um senhor idoso,
    perdi o cortejo, pois estava conversando com um funcionário da
    Necrópole).

    Naquela tarde na necrópole
    Sozinho, sem mais ninguém.
    A procura das pessoas
    Num desencontro total

    Perdi a solenidade e o cortejo
    Perdi-me nas quadras e lápides
    Somente o silêncio permeia
    As flores e sepulcros também

    Caminho a esmo
    Perco-me, no trajeto.
    Onde estavam todos?
    Senti certo medo!

    Bobagem eu sei,
    Medo de quem já se foi?
    Medo faz é dos viventes!
    Senti um soturno silêncio…

    Os espíritos que se foram,
    Sei o que diz o Santo Livro
    Mas senti um calafrio
    Post Mortem talvez

    Voltei de onde parti
    Gelado, tremulo tácito…
    Recompus-me ao ver alguém
    Voltei de novo em mim…

    Algumas canções ouvira
    Decerto melodias breves
    Anos oitenta creio,
    Tornando-se hinos celestes

    Antônio Gomes
    Postado no Recanto das Letras

  27. Nao verifiquei cada foto, somente a última que me interessou mais. E, neste caso, NENHUMA DELAS ESTÁ MORTA :/
    Se vc ler a legenda da foto no site q vc indica como fonte, verá q é UM GRUPO DE MULHERES DE LUTO.
    Cuidado com as infos q publica.

  28. x_x ola parra todos vcvs esta bemm eu particulamente amei esse site de coisas boas e maneiras pra gewnteee ouçam lady gaga bad romanceee

    ladi gaga bad romancee
    lady gaga bad romancee hoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

  29. porra felipe na última foto não tem ninguém morto, no site que vc citou como fonte tá lá “A group of mourners” que se traduz como “Um grupo de rezadeiras”…

  30. Na verdade não era uma negação da morte como diz ai no texto: Mais sim uma crença,

    Na era Vitoriana, as pessoas fotografavam os mortos, porque acreditavam que assim seguravam a alma na fotografia.
    E  no  Brasil isto acontecia, porque os fotógrafos só
    existiam nas grandes capitais, fazendo que com as fotos se
    tornassem muito caras, então os fotógrafos eram chamados nas pequenas
    cidades em casos extremos, no caso a morte.

    Tambem era muito comum enterrar crianças com objetos pessoais no caso de meninas era colocado junto ao corpo uma boneca que tivesse o tecido da roupa da criança ou até mesmo uma mecha de cabelo da crinaça morta.
    Aproposito adorei as fotos até na morte há beleza assim como em alguns cemitérios .

    • “Na era Vitoriana, as pessoas fotografavam os mortos, porque acreditavam que assim seguravam a alma na fotografia. ” – POis é. O nome disso, é negação da morte. Por esta mesma razão os egípcios enterravam os faraós com seus escravos, seus tesouros, barcos, etc. Por esta razão nós maquiamos os nossos mortos para o velório, onde o objetivo é fazer parecer que o morto está “dormindo”. No fundo, por baixo de todas as explicações e racionalismos, tudo isso é a negação da morte.

  31. Isso nasceu da necessidade de mostrar o parente no seu último estado. De ter uma recordação com os familiares…por causa da saudade que viria. Também nao se tiravam tantas fotos, sendo que seria a última oportunidade de fotografar  a pessoa, mesmo que morta. 
    Observe o olhar dos pais, dá pra ver a tristeza pelo filho morto…Uma foto dessas com um parente meu daria mais tristeza ainda. Eu nao faria.

  32. CREEEEEEEEEEDO
    ESTOU ARREPIADO ATÉ AGORA
    Esse povo antigo tinha cada costume estranho…aliás, nem é estranho,  é bizarroooo!

    brrrrrrrrrrrrrrrr!

  33. Achei muito legal essas fotos. Não tem nada de horrível, não me causa medo, pois depois que morrermos esperamos virar o que? Pôneis??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  34. TEORIA DA CONSPIRAÇÃO
    Exite uma foto de Tancredo Neves com a família, que foi divulgada no hospital para acalmar a população na época e afastar os boatos de que ele já estava morto.
    Digitem no google images: Tancredo no Hospital. Uma análise mais cuidadosa dá indícios de que foi feito o mesmo “truque”…

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares