7 Comentários

  1. Eudes

    Tive de vir ver com meus próprios olhos. Coisa de loco mesmo. Isso nunca mais vai acontecer. Coincidencia. No mesmp dia. E é muito bom o texto, dinâmico até o último momento.

    Responder
  2. Irmão Fabiano

    Bom. Muito bom. É como se as cenas passassem diante dos olhos.
    Cara, você é bom nisto…

    Responder
  3. Philipe

    Eudes e Irmão Fabiano, ganhei o dia com os comentários de vocês. Sobretudo ver o Eudes aqui no meu blog já é motivo para felicidade, mas vê-lo elogiar a historinha, logo o Eudes que escreve bem pra caralho, ah, isso é motivo pra eu abrir aquele champanhe que tá na geladeira desde o ano passado.

    Responder
  4. Brunno Vieira

    Por não curtir western, achei que não teria paciência de ler. Só não li até o fim, como achei genial o texto. É uma história clássica de western e muito bem redigida.

    E como o pessoal falou acima, dá pra imaginar cada cena.

    Parabéns.

    Responder
  5. Philipe

    Fico contente que você tenha gostado, cara. Se ficou pelo menos melhorzim que uma das cenas da novela Bang bang já tô no lucro, hehehehe.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.