18 Comentários

  1. Daniel Silva Pinheiro

    Caraio, vão tentar botar o Aubut no Mark. Adoro quando o Leonard surge na história com sua delicadeza de coice de mula. Philipe, fugindo um pouco do assunto, e aquela boa notícia que você deu dia 2 de abril? Sobre a coleção de livros do blog? A ideia tá de pé ainda?

    Responder

    1. Cara a ideia ainda está em curso, mas deu uma barrigada porque pintou um outro lance no meio, mas eu não posso falar ainda, porque não tem nada certo.

      Responder
  2. renata

    eeeeeee, sofrendo no feriado aguardando o próximo capítulo.
    Fiquei com fome!!!!

    Responder
  3. Marcosvinicius

    Muito boa a história, como os amigos acima também ansioso pela próxima parte do conto.

    Responder
  4. Gustavo

    Philipe, eu me lembro de quando eu li uma das várias histórias do Leonard, e algumas fotos contidas estavam corrompidas. Você tem uma maneira de disponibilizá-las?

    Responder
  5. Dhiego

    Já está ficando rotineiro vir aqui elogiar, mas você merece todos os parabéns! É inacreditável como os contos em que o Leonard aparece sempre são cativantes e nos deixam a beira de morrer de ansiedade pelo próximo capítulo! Por favor, mande logo a próxima parte!

    Responder

  6. Achei sensacional o nome da criatura ser “Ognuum”! Bela sacada!
    Não sei se você pensou nisso na época pra só revelar agora, mas pior é que Ognuum ficou bem sonoro mesmo como nome de criatura sobrenatural…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.