Conheça o Volt, o carro elétrico da Chevrolet

Sharing is caring!

Finalmente foi apresentado o carro elétrico Chevrolet Volt, que será comercializado pela montadora a partir do ano de 2010. A principal característica do Volt é que ele poderá ser abastecido na tomada.

Segundo a Chevrolet, o Volt poderá rodar 64km com uma única carga de energia. Isso significa uma redução brutal na poluição.

O Chevrolet Volt é movido por uma bateria de 220 células de lítio-íon. Ao esgotar a energia elétrica entra em cena um motor a gasolina para fornecer carga a um dínamo interno que produz 150 cv de potência. A velocidade maxima do carro elétrico da Chevrolet é 160 km/h.
No futuro é possível a ampliação da capacidade do veículo usando uma nova geração de baterias. Após uma pesquisa nos EUA, o principal mercado do Volt, os especialistas da Chevrolet descobriram que quase 80% da população percorre até 64km para ir e voltar do trabalho. Com o motor a combustão funcionando, ele consegue rodar até 1.030 km com um tanque de combustível. Além do mais, se os caras pretendem criar uma permanente indústria de atualizações nesses veículos (como nos celulares) não vão lançar os carros que andam demais agora. Mas baseado nos avanços obtidos nas pesquisas envolvendo baterias nos últimos anos, não será de se estranhar que até 2030 teremos andando seis vezes meis que isso com uma carga única.

Na parte do interior, o carro é um show a parte. Com design  super bonito, o painel é lotado de equipamentos tecnológicos, como  tela LCD com ajuste da posição do banco e volante, controles de temperatura, musica,  tela para videos, jogos, sistema de navegação GPS e até Bluetooth.(abaixo)

Não é tão sofisticado quanto o conceito exibido no salão do automóvel em Detroit no ano de 2007, mas é bem legal.

Comments

comments

Luminária Ufo

13 comentários em “Conheça o Volt, o carro elétrico da Chevrolet”

  1. Vai lançar em 2010, vai chegar no brasil em 2015 (ultrapassado) e com um valor “risório” x_x .

    P.S. Meu primeiro comment no Mundo Gump, apesar de ser leitor a longa data.

    Responder
  2. A única coisa que me preocupa é quando houverem muitos carros desses nas ruas. De onde virá tanta eletrecidade? Se vier de mais usinas de carvão não será uma solução.

    E mesmo que venha de energia atômica (a mais limpa do meu ponto de vista) terá que haver muitas usinas mais!

    Responder
  3. Eu vejo por outro lado Fabiano. Não tem como popularizar esse tipo de carro por um bom tempo por 2 motivos:
    1- Tão apontando pro publico errado, a grande minoria que nao tem condição de comprar um carro desse. Querem fazer carro eletrico para “o bem do planeta” não, por que nao fazer um modelo eletrico de carro popular?
    2- Uma frota inteira de carros eletricos ia fazer uma puta diferença em muita coisa. Mercado de peças, manutenção, postos de combustivel (os de gasolina desapareceram ou se converterao?). Enfim, do meu ponto de vista a tecnologia no geral nao ta pronta pra milhoes de carros eletricos pela rua.

    Não vou escrever mais pra nao ficar parecendo um post do blog :happy:.

    Responder
  4. Na california ja era bastante comum carros como esse bi-combustiveis e nao eram muito caros nao, alem do que tinha reducao nos impostos quem tinha um carro desses. Ele nao acaba com os postos de gasolina por terem 2 motores, o motor a gasolina entra em acao para recarregar a bateria do eletrico.

    Responder
  5. Assistam o documentário ” Quem matou o carro elétrico ? ”
    A própria GM tinha anteroirmente outro carro elétrico que fez sucesso nos EUA, principalmente na Califórnia, e o retirou de circulação , alegando que não eram viáveis , e agora querem lançar outro carro elétrico com preço estratosférico e que tem apenas 64 km de autonomia, um americano que mora numa cidade grande roda muito mais do que isso em um dia, pelo menos o outro carro que a GM retirou de circulação rodava mais do que isso . Pura jogada de marketing!

    Responder
  6. Acho que quando pudermos adquirir um carro elétrico com preço accessível para a população brasileira, entraremos no século 21 e podendo ajudar o planeta Terra a sobreviver, pois estamos destruindo nosso único lugar que temos para morar no universo. Sem nosso planeta não poderemos existir como seres humanos. 😀
    ABRAÇOS.

    Responder
  7. Essa é uma boa solução para acabar com a poluição dos gases no ar. Mais se eles não apresentarem um projeto com melhor custo benefício, ele podem esquecer!

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoie este projeto

Criar este website não é uma tarefa fácil. Mais de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários e conteúdo próprio, demandam muito trabalho. Saiba como você pode ajudar a manter o Mundo Gump cada vez melhor e evitar que ESTE SITE ACABE
Ajuda aí?
MUNDO GUMP – © 2006 – 2020 – Todos os direitos reservados.