Vem aí o navio vertical

Veja que coisa curiosa a forma deste navio vertical. Criado por Jacques Rougerie, sua forma de faca permitirá que ele navegue com estabilidade, mantendo uma parte fora da água e outra abaixo. Achei curioso. Este deve ser o navio que o Jacques Custeau sempre sonhou em ter.

Um arquiteto francês apresentou publicamente o protótipo do que deve ser o primeiro navio vertical do mundo e que deve possibilitar ao homem uma nova maneira de explorar o fundo do mar. Jacques Rougerie, de 64 anos, diz que sua invenção, uma estação oceanográfica batizada de SeaOrbiter, será realidade “em um futuro próximo”.
Ele afirma já ter metade dos 35 milhões de euros necessários para a construção da estrutura, que, ao contrário das atuais estações submarinas, será móvel e poderá navegar pelos oceanos.

“Atualmente, os oceanógrafos só podem mergulhar por curtos períodos de tempo e depois têm de ser trazidos para a superfície. É como se fossem levados para a Amazônia e depois tirados de lá em um espaço de uma hora”, comparou. “O SeaOrbiter vai oferecer uma presença móvel permanente com uma janela para tudo o que está abaixo da superfície do mar.”

Plataformas
Segundo o projeto de Rougerie, a estação terá 51 metros de altura e contará com uma parte submersa e outra para fora da água. Equipamentos de navegação e comunicação ficarão acima da superfície, juntamente com uma plataforma de observação.

Os cientistas viverão debaixo d’água e haverá uma plataforma pressurizada de onde mergulhadores poderão partir em missão. O projeto conta ainda com a consultoria de Jean-Loup Chrétien, o primeiro astronauta da França, que está envolvido no design da estação.

O sistema anti-colisão da estrutura é baseado no que é atualmente utilizado na Estação Espacial Internacional. Rougerie, que dirige um carro-anfíbio, vive e trabalha em um barco e já passou 70 dias em uma expedição submarina, disse que as chances de o SeaOrbiter ser realmente construído “são de 90%”.

Um grande estaleiro francês já assinou sua participação no projeto, que também ganhou o apoio do presidente francês, Nicolas Sarkozy.

Dica do tio Arlindo, o fera do krav magá

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

  1. Eu me lembro de ter visto esse projeto ou um outro muito parecido há mais de 10 anos numa superinteressante. Esse “futuro próximo” está muito relativo ainda!

  2. será que não tomba? todo mundo sabe que para o oxigênio permanecer em baixo d’água e não submergir, deve haver uma força segurando-o, mas tbm depende da quantidade. mudando de assunto, adorei a comunidade do orkut, desde que descobri esse site, venho todo santo dia! mto show! :lol:

      • Dá pra ver que o navio-faca tem uma aba entre o cabo e a lâmina.
        Aquilo deve ajudar no equilíbrio.
        Poderíamos chamá-lo também de navio-iceberg, pois a parte submersa é mais volumosa que aquela que está à tona.

  3. Isso pra mim é mais uma doidice para matar incautos, lembram do “Titanic”, que diziam que jamais afundaria, pois é, afundou; e por causa justamente de um iceberg, que tem a maior parte dele submerso. De qualquer maneira espero que seja melhor do que os navios atuais.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimos artigos

Gripado

O dia da minha quase-morte

Palavras têm poder?