Um feto de dragão em conserva no vidro?

Olha só… Parece até a semana do Weekly Daily News no Mundo Gump. Tudo começa com aquele conto sobre um email enviado por um agente secreto especializado em pegar Ets.
Depois vem a notícia sobre a bactéria comedora de gente e então vemos um feto de dragão encontrado em um vidro.
Até que é maneiro o dragãozinho. Acredite ou não, tem gente achando que isso aí é de verdade.
A história é deveras interessante.
O bichinho foi encontrado nos fundos de uma velha garagem em Oxfordshire, Inglaterra.

O bebê dragão está num vidro selado contendo algum tipo de líquido que parece ser álcool. Ele foi descoberto envolvido em uma fina folha de papel alumínio fabricada na Alemanha em 1890.

Allistair Mitchell, que está investigando o caso a pedido de um amigo David Hart, que foi quem achou o bichinho, especula que os cientistas alemães tentaram usar o dragãozinho como tática de desinformação no fim do século 19, quando a rivalidade entre Alemães e Ingleses era intensa.

Mitchell acredita que naquele tempo, os cientistas eram verdadeiros estrelas, e o dragão poderia servir para desmoralizar algum cientista ou elevar a moral de algum cientista desconhecido.

Há documentos que sugerem que o Museu de História Natural recebeu a criatura e percebendo tratar-se de um engôdo, enviou o mesmo para ser destruído. Mas o portador do material teria visto a perfeição com que foi feito e resolveu ficar com ele. Esta pessoa seria o avô de David Hart.

Como dragões são criaturas mitológicas, sabe-se que é uma fraude. Entretanto, até o momento não se tem uma definição do que seria feita a criatura. Especula-se que seja de borracha ou até de cera.

FONTE

O nosso leitor Kentaro Mori informa que isso não passou de um hoax criado por artistas de feitos especiais para divulgar a publicação de um livro.
Legal. Agora posso dormir mais tranqüilo sabendo que dragões realmente não existem de verdade. Bem, tem o dragão de komodo… mas aí é outro tipo de “dragão”

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

  1. Ia ser muito massa se descobrissem que é um feto conservado de algum animal que já existiu e não existe mais…
    Tá, viajei…

    Curti teu blog, cheio de coisas divertidas de ver, vou voltar sempre =)

  2. Philipe, o autor do hoax, Allistair Mitchell, admitiu ser uma fraude para a publicação de um livro.
    Os autores do dragão em látex foram os mesmos que produziram modelos para a conhecida série “Caminhando com dinossauros”.
    FOi noticiado em sites, na Fortean Times, e comentei também no blog do CA (que está fora do ar agora :/ )

    Abraços

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertismentspot_img

Últimos artigos