Remédio para emagrecer revolucionário

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

dietpill.jpg

Sempre tem aqueles remédios que são exibidos em longos (muito longos e repetitivos) comerciais na Tv. São capsulas de tudo quanto é erva, prometendo emagrecimento milagroso. Eu nunca levei esse lance de remedio para emagrecer a sério. Mas agora parece que tem um que realmente deve funcionar. Não é regime, não é macumba. Não é lipo.  É só um comprimidinho, e vai ser barato!

A idéia está sendo desenvolvida e testada em um centro de pesquisas no hospital Policlinico Gemelli, em Roma, na Itália. Trata-se de uma minúscula pílula, que após ser ingerida, transforma-se numa enorme bola de gelatina sem caloria alguma, mas que ocupa um espaço equivalente ao de uma bola de tênis, provocando a sensação de saciedade.

Ela tem que ser ingerida junto com dois copos de água. Os efeitos da pílula em termos de sensações, equivalem a comer dois pratos cheios de macarrão. Com a sensação de estar “cheio” você não sente vontade de comer mais. A menos é claro que vcê seja um obeso por razões emocionais. Ansiedade a pílula não resolve. Aí quem resolve é só a terapia.
A pílula ainda sem nome é feita de um material de base celulosica, que compõe um gel a base de água. Este gel é similar à aqueles brinquedinhos que a gente coloca pequeno numa grrafa de água e dias depois vira um trambolho gosmento gigante. Só que isso ocorre bem mais rápido com a pílula, que tem poder para crescer a 1000 vezes o seu peso inicial.  A cápsula inicial  pode gerar uma bola que armazena perto de um litro de água.

Não é uma fórmula mágica nem um daqueles bioshakes fajutos que  só vendem  uma ilusão por um alto preço, mas promete ser uma ferramenta importante no auxílio ao combate a obesidade.

A pílula já está sendo avaliada e deverá entrar em venda nos mercados mundiais até o ano que vem.

Nada mal. Antigamente a opção que havia era comer o ovo de uma solitária. O efeito é realmente funcional. Essa eu testei. desde que matei o Harry*, engordei nada menos que 10 kg!

Harry é o nome do 8o Passageiro. 

Fonte: Wired 

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

12 respostas

  1. Acho que não, deve levar alguns minutos para ela crescer. Se a pessoa aspirar o comprimido ela vai engasgar e tossir o infeliz do mesmo jeito que faz com uma bala ou pílula comum. Mas se ele não sair, aí ela morre mesmo. Como morreria com um chiclete, bala ou aspirina.

  2. Não sei não, meio esquisito isso… pra mim, emagrecer é força de vontade. Há tantos ‘incentivos’ pra isso: sibutramina, aerolin, clembuterol, etc…

  3. Com certeza eu usaria, acredito que a partir do momento em um medicamento entra para ser usado pelo homem ele já passou por várias experiências que aprovem ou não o uso por determinado indivíduo.

  4. [quote comment=”5050″]Não sei não, meio esquisito isso… pra mim, emagrecer é força de vontade. Há tantos ‘incentivos’ pra isso: sibutramina, aerolin, clembuterol, etc…[/quote]

    Aerolin é remédio pra Bronquite e Asma sei disso por que eu tomo 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.