O maior livro do mundo


Certa vez alguém me perguntou se seu sabia qual é o maior livro do mundo.

Você pode até pensar que o maior livro do mundo é a Bíblia. Bem, não exatamente… Mas também.

Qual é o maior livro do mundo?

Existem diversos livros gigantes pelo mundo. Um dos mais famosos livros gigantes – e talvez um dos mais estranhos e misteriosos, é o Codex Gigas.

O Codex Gigas, também conhecido como a “Bíblia do Diabo“, é o maior livro do mundo. Ele foi feito no início do século 13 em um monastério na Bohemia.

A criação do Codex Gigas

A criação destes livros era um dos trabalhos mais especializados dos monges. Veja em (O nome da Rosa, do Humberto Eco) Naquele tempo, apenas os iniciados sabiam – e podiam – escrever, e a Bíblia do Diabo com suas características únicas é considerada uma das mais preciosas obras deste tempo. Porque, como e por quem a Bíblia do diabo foi feita, é um mistério até hoje.
Conta a lenda que o livro foi escrito por um monge que recebeu a ordem de fazer o livro em uma única noite como forma de escapar da punição por quebrar o código monástico.
O monge se matou de escrever, e sendo o gênio que era, conseguiu dar conta do recado. O problema é que seu superior, mesmo vendo que o desafio foi cumprido a contento, mandou puní-lo. O monge ficou irado e resolveu pedir ajuda a ninguém menos que Satã.

A prece ao tinhoso foi respondida e o demônio quis que o monge vendesse sua alma.
Este diabo é descrito em detalhes no capítulo penitencial, que faz do códice um manual para magos, listando vários sinais, bestas, seres mágicos e fórmulas mágicas.

O que o maior livro do mundo inclui?

O livro contém também o Velho testamento, o Novo testamento, a necrologia do monastério de Podzalice, uma lista de membros da fraternidade de Pozalice, um tratado de História Natural e a mais antiga crônica latino-grega, computando 11 capítulos ao todo.

O maior livro do mundo Estima-se que a pele de uns 160 asnos foi usada para a confecção das páginas do livro, que foi escrito em latim e inclui fórmulas médicas para tratamento de doenças como a epilepsia e a febre. Mas não só isso.

O maior livro do mundo

O livro tem até fórmulas mágicas para encontrar ladrões, e um dos capítulos mais valiosos é o Chronica Bohemorum – uma cópia do Chronicle Bohemian, redigida entre 1045 a 1125, que é considerado uma das transcrições mais antigas e perfeitas da crônica.

Se eu fizesse isso tudo em uma só noite e os caras me sacaneassem, eu também ia chamar o capiroto!

Falando no maior livro do mundo, eu tenho aqui um concorrente interessante.

Outro livro gigante: O Código tributário Brasileiro

Existe no brasil um outro livro gigante, que não é nem de longe tão famoso, ou importante como o codex gigas, mas ele é um livro, e é gigante, de maneira que eu acho que ele se qualifica para aparecer aqui no blog como um dos maiores livros do mundo. A história desse livro também é curiosa, mas não menos trágica.

Pesando o equivalente a DOIS Hipopótamos adultos este livro é basicamente toda a lei tributaria brasileira impressa e encadernada.

“Pátria amada” – o livro. Tem como o Brasil dar certo? – A imagem já responde.

Só a página é maior que uma pessoa, com 2,1 metros de altura e 1,4 metro de largura. A fonte utilizada é a Arial tamanho 22, que nem parece grande nas folhas enormes.

A obra intitulada “Pátria amada”, com um custo estimado de um milhão de reais, resulta de um árduo trabalho de compilação que abrangeu 23 anos da vida do advogado tributarista Vinicius Leoncio.

Diretamente de seu escritório em Belo Horizonte, Leoncio relata que dedicou aproximadamente cinco horas diárias ao projeto desde 1991, chegando a contar com uma equipe de apoio. Além disso, ele assegura que financiou pessoalmente todo o custo do empreendimento, já que ninguém acreditou na viabilidade do seu ambicioso projeto.

O propósito inicial era criar um objeto que representasse a intricada rede de leis fiscais às quais todos aqueles que desejam pagar impostos de forma correta no Brasil estão submetidos.

Leoncio acredita que “Pátria amada” causará um grande impacto visual e impressionará profundamente os leitores.

Os primeiros destinatários deste grande projeto serão os membros do Congresso Nacional, sob o convite do deputado Valdir Colatto, que integra a Frente Parlamentar da Desburocratização. Leoncio levou o seu livro a Brasília e planeia realizar apresentações em cidades como São Paulo, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre.

Segundo o advogado, a excessiva burocracia causa uma grande incerteza jurídica no país. Empresários, após décadas de trabalho, podem acordar um dia e descobrir que devem todo o seu patrimônio em impostos, não porque deixaram de pagar, mas devido a interpretações da legislação fiscal.

Para Leoncio, é essencial unificar as leis tributárias dos 5,5 mil municípios brasileiros e fazer o mesmo com as leis das 27 unidades federativas.

No entanto, a obra, finalizada em 2008, já se encontra desatualizada. Quando questionado sobre uma possível revisão, Leoncio hesita: “Tenho dúvidas sobre minha capacidade. Já sofri três enfartes. Não desejo um quarto.” Além disso, desde 2008, ele calcula que foram introduzidas mais de 80 mil novas normas tributárias em todo o país.

Se nada for feito, os desafios tributários do Brasil continuam a crescer exponencialmente, tornando-se um verdadeiro “elefante branco” que pode atingir proporções enormes, tal como as baleias de mais de 10 toneladas.

Fonte fonte

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

  1. Uma história impressionante, principalmente para aqueles que já assistiram o filme O Nome da Rosa de Humberto Eco, incrivel…

  2. [quote comment=””]Uma história impressionante, principalmente para aqueles que já assistiram o filme O Nome da Rosa de Humberto Eco, incrivel…[/quote]
    :love:

  3. Filmaço, né? Tá aí um filme que eu pretendo ver em 42 polegadas e com som Dolby 5.1 tão logo este blog comece a dar lucro.
    Pretendo ver tb um clássico da sessão da tarde: O feitço de Áquila. :love:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimos artigos