Peruca pubiana

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode


Eu nem acreditei quando vi. E o mais estranho é que eu vi isso ainda agora numa livraria aqui do centro do Rio.
Num livro de coisas estranhas, havia um bolinho de cabelo. Quando eu fui ler, descobri que era um produto inusitado. Uma peruca pubiana.
Acredite se quiser, isso é algo que vende no japão. O livro comenta que muitas mulheres tem problemas psicológicos por não crescer pêlos em seus púbis. ( vulgarmente conhecidos pela alcunha de “pentelhos”). Isso se deve a algum problema de natureza genética. Certos grupos de índios também não possuem pelos pubianos.
Mas essas mulheres sofriam terrivelmente por não setirem-se maduras. E ainda por cima experimentavam vergonha ao fazer sexo. Mas isso mudou quando alguém muito esperto resolveu que ia inventar uma peruca de pentelhos.
Agora já posso morrer em paz sabendo que já existe esta coisa sensacional.

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

11 respostas

  1. Caraca, e eu me matando para deixar a Virgínia apresentável. Por que será que chama bigodinho de Hitler? Porque depilação é uma tortura nazista. Agora, será que a peruca é sintética ou lá no Japãp tão comprando pentelho para confeccionar estas perucas?

  2. Cada cultura com suas loucuras: acabei de pagar 100 reais na clínica de estética pra eliminar todo e qualquer pêlo que nasce no meu corpo de uma forma bem dolorida, pois pra mim já sinto vergonha no sexo se estiver peluda, e não ‘pelada’ rsrs. provavelmente eles acham isso bem gump! :B

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.