fbpx

Textos

Olhar das estrelas

Olhar das estrelas

Escrito por Philipe Kling David · 25 segundos de leitura >

Olha, veja lá em cima
Essa obra-prima
Os pontos do firmamento
brilhando em espalhamento
rebordando a noite em cacos
esfera de luz em estilhaço
preenchendo a imensidão do espaço
Trago a certeza em desalinho,
No manto infinito da noite preta
que nosso minúsculo planeta
Não há de estar sozinho
Nesse perpétuo e bonito balé espacial,
espetáculo que mais lembra um carnaval.

Lá em cima,
Em algum lugar,
deve haver um orbe.
Longe duma estrela,
mas nem tão distante
que o faça congelar.
Lá, neste pequeno mundo,
no preto mais profundo,
Deve ter um pequeno ser,
com seus olhos esquisitos
observa o infinito
Indagando sem sorrir
se eu também estou aqui.

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

Balanço de 1 ano em Portugal

em Curiosidades, Textos
  ·   9 Minutos de leitura

Fui operado e não posso nada

em mundo gump, Textos
  ·   43 segundos de leitura

O homem solitário

em Textos
  ·   1 Minutos de leitura

4 respostas para “Olhar das estrelas”

  1. Philipe ficou incrível! Adoro o espaço, o sentimento de infinito de que sempre há algo mais para ser desvendado, seu texto traduz essa certeza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.