Olhar das estrelas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Categorias
Night mode

Olha, veja lá em cima
Essa obra-prima
Os pontos do firmamento
brilhando em espalhamento
rebordando a noite em cacos
esfera de luz em estilhaço
preenchendo a imensidão do espaço
Trago a certeza em desalinho,
No manto infinito da noite preta
que nosso minúsculo planeta
Não há de estar sozinho
Nesse perpétuo e bonito balé espacial,
espetáculo que mais lembra um carnaval.

Lá em cima,
Em algum lugar,
deve haver um orbe.
Longe duma estrela,
mas nem tão distante
que o faça congelar.
Lá, neste pequeno mundo,
no preto mais profundo,
Deve ter um pequeno ser,
com seus olhos esquisitos
observa o infinito
Indagando sem sorrir
se eu também estou aqui.

Comments

comments

4 respostas

  1. Philipe ficou incrível! Adoro o espaço, o sentimento de infinito de que sempre há algo mais para ser desvendado, seu texto traduz essa certeza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eu dei duro aqui

Com 15 anos de sangue suor e lágrimas, eu me esforcei para fazer um dos blogs mais antigos e legais do Brasil. Mis de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários, mais de 20 livros, canal, programa de rádio, esculturas... Manter isso, você pode imaginar, não é barato. Talvez você considere me apoiar no Patreon e ajudar o Mundo Gump a não sair do ar.
Ajuda aí?

Conheça meus livros

© MUNDO GUMP – Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização.