Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Eu estava navegando quando acidentalmente esbarrei em um link chamado googlism. Eu não entendi bem como o troço funciona, mas ao que parece, o site usa a API do google para gerar uma série de afirmações. Algumas obviamente estão errradas, outras parecem engraçadas e uma ou outra me pareceu certa. Com certeza, a precisão deste tipo de site depende fundamentalmente a presença da pessoa na internet. Pessoas mais imersas no universo virtual tendem a forcener -querendo ou não – mais dados aos mecanisos de busca e isso permite ao computador colher pedacinhos de informações aqui e acolá e projetar frases que podem estar certas.

O lance não é muito útil, é verdade; mas é interessante na medida em que a cada dia mais e mais os mecanismos de busca são alimentados com dados e informações das mais diversas. O cruzamento dessas informações poderá no futuro, ajudar no desenvolvimento de uma mente digital, no melhor estilo Asimov.

Eu fiz o teste e perguntei ao google o que ele sabe sobre mim. Dificultei as coisas colocando apenas o primeiro nome. Obviamente que ele errou muita coisa, na medida em que mais de 90% do que existe na net sobre o dono deste blog está em português e o sistema só faz o trabalho em, inglês. Mas na quarta afirmação ele acertou retumbantemente. Veja:

Ele acertou que eu sou ilustrador e  3d designer, acertou até que sou do Brasil, agora eu não poderia esperar aquele “Philipe is sooooo hot”, hahaha. Propaganda enganosa no google.

Outro site que eu achei muito interessante, surgiu mais como uma espécie de arte digital do MIT, que usa os sistemas de busca para montar uma espécie de mapa de DNA de determinada pessoa. Novamente, é necessário que a pessoa a ser pesquisada tenha algum conteúdo na rede senão o sistema não consegue realizar a proeza. Novamente, tentei com meu nome e obtive este mapa de DNA da minha presença na rede:

Obviamente que eu não sou o melhor caso para testar coisas assim. Então apelei e testei o Steven Spielberg:

A seguir uma pequena compilação de alguns nomes e seus DNAs digitais:

Isaac Asimov

Michael Jackson

Mike Tyson

Pelé

Fernandinho Beira-mar

Barak Obama

Jesus Cristo

Dá pra perceber claramente que certas pessoas são melhor caracterizadas que outras em certos segmentos. Por exemplo, o Pelé e o Obama, mesmo se alguém não souber quem são, dá pra sacar que pelé é esportista e o obama político por suas áreas respectivas. Já Michael Jackson foi uma surpresa, o DNA digital dele é muito bem dividido, o que me levou a suspeitar que com o estrondoso volume de informações sobre o astro máximo do pop, o sistema não consegue estabelecer claramente que tipo de personalidade se trata a pesquisa. MAs também, usar o MJ foi sacanagem. Ele se envolveu com a justiça, participou de projetos sociais, se envolveu com musica, entretenimento, games, cinema, televisão. O cara era uma espécie de onipresente em tudo que é mídia. Aí não há google que dê jeito.

O que o google sabe sobre você?

Comments

comments

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

6 ideias sobre “O que o google sabe sobre você?

  • 4 de fevereiro de 2010 em 8:40
    Permalink

    Fala Philipe! Sei que não tem nada a ver com o assunto, mas gostaria de te mostrar este link: http://forum.clubedohardware.com.br/razoes-pelas-quais/663018

    É que como o MundoGump gosta de muitas vezes desmentir algumas coisas dadas como fatos, achei que gostaria de falar sobre isto no seu blog, e ajudar a espalhar este conhecimento. Só para reforçar a curiosidade, o único lugar do mundo que vende estabilizador é no Brasil. Se procurar no Newegg não vai achar nenhum à venda.

    Resposta
  • 4 de fevereiro de 2010 em 11:04
    Permalink

    O primeiro site acertou uma minha também: “ludmilla is a beautiful woman with brown eyes and hair”. auhahuahuahuhua

    Resposta
  • 4 de fevereiro de 2010 em 14:41
    Permalink

    na verdade vc só pos o primeiro nome no site, pq ele não reconheceu o seu nome completo. rsrs

    Com o primeiro nome eh uma coisa generalizada impossível de saber se está gerando informações sobre a pessoa em questão.

    a única coisa que fez sentido com o meu nome foi “Marco Island” na Flórida. E que não tem nada aver comigo… ¬¬

    Resposta
  • 5 de fevereiro de 2010 em 22:33
    Permalink

    na quinta linha aparece uma coisa muito reveladora sobre mi diz :rogério é real
    kkkkkkkk

    Resposta
  • 13 de maio de 2013 em 13:48
    Permalink

    Já no meu caso o nome é muito mais raro, Aqui no brasil existem pouquissimos, Mas lá no google aparece tudo. Até que já fui convocado para fazer parte de um juri. É mais comumente encontrado nas regíoes dominados por judeus e muçulmanos de onde origina esse meu nome (bíblico).

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido !!