O item de espionagem mais bizarro que já existiu?

Na época da guerra há poucos limites para a imaginação. Sobretudo, quando se trata de espionagem, o sapato fone do agente 86 ou o relógio magnético de James Bond, são apenas piadas perto do que os espiões poderiam efetivamente usar em suas missões, ao custo de um certo sacrifício, é verdade.

Conheça o infame escroto falso

Com cabelinhos e tudo, ele foi desenvolvido no final dos anos 1960, com um rádio escondido dentro.

A ideia por trás disso era que um espião capturado poderia usar o rádio de fuga para recuperar a liberdade. O inventor e então chefe do disfarce da CIA, Tony Mendez, especulou que os guardas soviéticos não mirariam nos testículos muito de perto durante as revistas corporais.

O escroto falso foi moldado em látex com base no molde de um saco real e cuidadosamente implantado com pentelhos. O tamanho foi apenas ligeiramente ajustado. O agente poderia, assim, puxar a prótese sobre seu escroto real e esconder o radio dentro dele. Claro que ia ser quente e desconfortável, mas é como dizem, “tudo pelo seu país”!

A invenção mais escrota da história a espionagem não funcionou.

No final, porém, a ideia nunca foi colocada em prática, ao que se sabe. Existe apenas um protótipo, que pode ser admirado no Spy Museum em Washington, DC hoje.

Claro, não sabemos exatamente por que a CIA decidiu não usar o escroto falso. Mas eu tenho um palpite.

Se apenas um espião fosse exposto, seria um verdadeiro incômodo para todos os futuros prisioneiros. Afinal de contas, uma bela porrada no saco seria parte do procedimento padrão para todas as revistas íntimas de agora em diante.

Se você curte o assunto espionagem, não deixe de dar uma olhada nesses posts aqui do blog! 

 

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertisment

Últimos artigos