O homem que tem a voz do Darth Vader

Sharing is caring!

Você se lembra daquela versão dublada de Star Wars que passava na sessão da Tarde nos anos 80 e início dos anos 90?

Se lembra, certamente sabe que com uma nova dublagem os caras destruíram completamente todo o terror que era causado pela voz grave do Darth Vader[bb]. Na nova dublagem, feita no final dos anos 90 e que coincidiu com aquele tapa no visual da trilogia que o George Lucas fez, dando uma requentada nos filmes e ganhando a grana toda novamente, eles mudaram as dublagens para algo mais próximo do que é a versão norte-americana, onde Darth Vader tem a voz do James Earl Jones (o famoso Tulsa Doom, que matou os pais do Conan).

Veja só a dublagem clássica como era mais maneira:

Só que eu, como espectador, gostava muito mais da voz brasileira na primeira dublagem. Acho que tem muito mais a ver com a ameaça do personagem, pois era tão grave que parecia modulada no computador. Essa versão foi criada para a Tv Globo, no estúdios Ebert Richars Herbert Richers.
Eu me lembrei dela ao ver a notícia do homem que bateu o recorde de nota mais grave emitida por um ser humano. Roger Menees mora em Anna, Illinois e trabalha como organizador de um coral gospel. É impressionante o tamanho do grave que ele consegue emitir.  Olha só:

fonte

Comments

comments

Luminária Ufo

14 comentários em “O homem que tem a voz do Darth Vader”

    • Reply atrasada 2 anos, mas lá vai.
      Ué, cortou a mão porque é o Darth Vader… Se fosse o Chuck Norris ou o Jack Bauer teria arrancado a cabeça dele no tapa!!

      Responder
  1. Me lembro da voz deste dublador do Darth Vader. Se não me engano o cara era o Sílvio Navas, o mesmo que dublava o Mumm-Ra, do Thundercats.
    Já o cara da voz grossa, pra mim ele tava é arrotando mesmo kkk…

    Responder
  2. Ele cortou a mão do Luke porque teve que desarmá-lo/imobilizá-lo de algum modo. Apesar de filho dele, Luke Skywalker, dominando razoavelmente a Força e tendo habilidades com o sabre, é uma ameaça.

    Quanto ao post, não é “estúdios Herbert Richers“? Nunca vi ninguém chamado Ebert! 😛

    Não entendi a parte que fala “Na nova dublagem (…) eles mudaram as dublagens para algo mais próximo do que é a versão norte-americana, onde Darth Vader tem a voz do James Earl Jones”. Não é o contrário? Na dublagem velha, com a voz mais grave, não fica mais parecido com o James Earl Jones?

    Responder
    • Valeu Patola. Corrigi o nome. Falha minha.
      Sobre a voz do Darth vader, a voz do James Earl Jones é grave, mas nunca foi grave como colocaram na dublagem clássica da tv no Brasil. A versão americana parece menos soturna, mas mais impositiva. Minha impressão é que a dublagem rolou antes de sair o retorno de jedi nos cinemas, e por isso ainda não se sabia que o darth vader era uma pessoa. Havia até o primeiro filme a ideia de que Darth Vader poderia ser um robô. Acho que foi por isso que eles deixaram a voz mais grave por a qui. Mas é só uma suposição.

      Responder
  3. A voz do cara recordista parece mais rouca do que grave pra mim.
    E a dublagem original, realmente era nota dez! Uma outra voz que era bem melhor era a do Yoda, que era feita pelo mesmo dublador do Sr. Miyagi, bem de velhinho capenga, casava bem com a “borrachudice” do Yoda antigo. A dublagem nova é mais fiel ao original americano, mas fica parecendo demais o Fozzie ou a Miss Piggy falando.

    Responder
  4. Cara!Por favor me envie o link p/download com essa dublagem classica,faz tempo que procuro por esta versão.tenho todos os filmes do universo star wars,mas assistir com esta dublagem é voltar no tempo, muito obrigado e que a força esteja com você !!

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoie este projeto

Criar este website não é uma tarefa fácil. Mais de 5000 artigos, mais de 100.000 comentários e conteúdo próprio, demandam muito trabalho. Saiba como você pode ajudar a manter o Mundo Gump cada vez melhor e evitar que ESTE SITE ACABE
Ajuda aí?
MUNDO GUMP – © 2006 – 2020 – Todos os direitos reservados.