O diário mais longo do planeta


Por nada menos que vinte anos, Robert Shields, de Dayton, Washington escreveu um diário. Até aí nada demais, afinal muita gente tem diários. Mas confie em mim, ninguém nunca foi tão preciso quando Robert Shields.
Este cara escreveu absolutamente tudo o que aconteceu na vida dele desde 1972 a 1996, mantendo notas detalhadas sobre o que ocorreu, dia e noite. Durante um período de quatro horas ao dia, Robert escreveu seu diário atingindo a marca de 35 mmilhões de palavras. Especialistas acreditam ser o mais longo relato pessoal do planeta.
Robert tinha um método tradicional de relatar seu dia, fazendo referências a cada coisa que acontecia, com intervalos de apenas 5 minutos entre elas. Ele relatou sua própria vida e tudo que o cercou de 1972 a 1996, quando teve um derrame cerebral que o impediu de escrever.
Ao lado vemos uma das páginas do diário de Robert.

Receba o melhor do nosso conteúdo

Cadastre-se, é GRÁTIS!

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade

Philipe Kling David
Philipe Kling Davidhttps://www.philipekling.com
Artista, escritor, formado em Psicologia e interessado em assuntos estranhos e curiosos.

Artigos similares

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Advertismentspot_img

Últimos artigos